Jornal Regional de Contagem
    Contagem, 01 de Novembro de 2014.





Orkut




Editorial



Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Alunos de Contagem dão lição de respeito aos idosos

Estudantes do 5º ano do ensino fundamental, da Escola Municipal Pedro de Alcântara Júnior, no bairro Jardim Industrial, estão tendo aulas para o aprendizado de respeito e valorização aos idosos. Semanalmente, em torno de 50 crianças são levadas à reflexão sobre o universo da terceira idade, por meio de leitura, documentários e vídeos relacionados com o envelhecimento. As atividades integram o projeto interdisciplinar "Idoso em Ação", desenvolvido desde 2009, em todas as turmas de 5º ano da escola. Neste ano, o auge das atividades será no próximo sábado, 25/10, com uma visita aos 63 idosos atendidos no Asilo Lar Maria Clara, no centro de Contagem, quando farão a entrega de jogos de cama, confeccionados na própria escola. A professora Simone Barcelos, uma das idealizadoras do projeto, diz que a proposta teve início quando percebeu que a grande maioria dos seus alunos resistia em conviver com idosos. "Senti que precisava despertar neles o interesse pela terceira idade e levá-los a refletir sobre a importância do papel do idoso na sociedade". Assim, segundo a educadora, todos os livros e os filmes trabalhados procuram sensibilizar os estudantes para as limitações físicas e comportamentais impostas pelo envelhecimento. Resultados Pelo depoimento dos alunos, o projeto tem alcançado seus objetivos. O estudante Auriel Luiz Ferreira, 11 anos, aprendeu sobre a série de dificuldades enfrentadas pela maioria das pessoas que ultrapassaram os 65 anos. "Hoje tenho mais paciência para ouvir as pessoas mais velhas, antes ficava ansioso com a lentidão que elas contam os casos". Sua colega Camily Vitória Fonseca Dias, 11 anos, também ficou mais tolerante. "Sempre achei difícil ficar perto de minha bisavó, porque ela é muito ranzinza. Agora, compreendo que isso é próprio da idade", relata a menina, que também aprendeu a ouvir, pacientemente, os idosos. O diretor da escola, Moisés Modesto Bispo dos Santos, lembra que para se ter cidadania é preciso trabalhar e conviver no coletivo. "A população do Brasil está envelhecendo. Essas crianças que estão conosco, hoje na escola, vão conviver com muitas pessoas idosas. É preciso que elas entendam que envelhecer bem é um privilégio", enfatiza o dirigente, ao lembrar que a sabedoria do idoso é preciosa. Enxovais Paralelamente às atividades desenvolvidas em sala de aula e na biblioteca, outra personagem trabalha nos bastidores da Escola Pedro de Alcântara Júnior para que educadores e educandos possam concretizar o "Idoso em Ação", todos os anos. A professora Deucilene Correa, afastada das salas de aula, após o tratamento de um câncer de mama, se dedica à confecção de roupas de cama para presentear os moradores do asilo de Contagem. Para ela, contribuir com o projeto é prazeroso por vários motivos. "Estou feliz de ter superado a doença, continuar na ativa, ver o brilho nos olhos dos meninos, que se encantam com os jogos de cama e, ainda, por ajudar a escola nessa ação de solidariedade". A matéria-prima para os enxovais, ou seja os tecidos, vem da doação feita, anualmente, por uma indústria têxtil, com sede no município. Já a máquina de costura foi adquirida com recursos do Programa Mais Educação.
Data: 20/10/2014
Edição: 264
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
VEREADORES de CONTAGEM APROVAM VERSÃO MUNICIPAL DO “MINHA CASA MINHA VIDA”

A Câmara Municipal de Contagem aprovou, nesta semana, o projeto de lei complementar do poder Executivo (PLC 012/2014) que trata do Programa Minha Casa Minha Vida em Contagem. O objetivo do projeto, segundo mensagem da Prefeitura de Contagem, é adequar a legislação municipal ao contexto nacional do programa gerido pelo Ministério das Cidades e operacionalizado pela Caixa Econômica Federal. Para cumprir essa finalidade, a matéria altera a Lei Complementar 065, de 07 de julho de 2009, principalmente em relação aos critérios de renda familiar mensal bruta das famílias contagenses atendidas pelo programa. Se antes as ações do programa eram destinadas a famílias com renda mensal de até três salários mínimos, a nova Lei Complementar institui o valor máximo de R$1.600 mensais para as famílias participantes. Além disso, a nova regulamentação permite que, anualmente e por decreto, o prefeito corrija esse valor, para adequá-lo aos programas habitacionais que o Município vier a aderir. Outra alteração diz respeito aos critérios preferenciais de atendimento, que passa a ser, em primeiro lugar, para famílias que comprovem menor renda bruta mensal; depois, para funcionários públicos municipais que atendam aos requisitos do programa; e, ainda, para responsável por pessoas idosas e/ou com mais filhos menores de 14 anos de idade. E há também mudanças nas diretrizes do projeto arquitetônico. Em justificativa ao projeto, o prefeito Carlin Moura (PCdoB) ressalta que é de responsabilidade de todos os entes da federação concretizar o direito à moradia, promovendo programas para melhoria das condições de habitação. “Compete aos municípios o desenvolvimento de uma política habitacional em âmbito local, capaz de garantir bem-estar de seus habitantes e o desenvolvimento das funções sociais da cidade”, conclui. LEGISLATIVO DE CONTAGEM ABRE ESPAÇO NOVAMENTE PARA REIVINDICAÇÕES DA EDUCAÇÃO O Sind-Ute Contagem questiona três projetos do Executivo que alteram cargos, jornada e condições de trabalho de alguns servidores da Educação. A Câmara Municipal de Contagem recebeu, na reunião plenária desta terça-feira (23), mais uma vez, representantes do Sind-Ute (Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais). O objetivo dos servidores municipais da Educação foi protestar e buscar apoio dos vereadores contra alguns pontos de três projetos de lei complementar (PLC) enviados pelo Executivo para tramitação na Câmara. O PLC 014 se relaciona à flexibilização da jornada de trabalho de servidores efetivos da Educação, seja para redução ou ampliação das horas, com a adequação proporcional do salário às horas trabalhadas. Já o projeto 015 cria cargos de provimento efetivo de professor de educação básica 3 e de pedagogo 2, ambos com jornada de trabalho de 40h semanais, e que atuarão em regiões “com característica de risco e vulnerabilidade social”. E o PLC 016 cria o cargo de professor de educação infantil também de 40h semanais. Durante a plenária, o vereador Alex Chiodi (SDD), membro da Comissão de Educação da Câmara, falou sobre os projetos. “Os PLCs chegaram a esta Casa há 20 dias, e sua discussão tem sido feita constantemente. Com participação da Comissão de Educação e do Sindicato, conseguimos várias correções no 014, que foram avanços importantes. Mas os outros dois só foram encaminhados para a Comissão nesta semana, e o mesmo processo será utilizado, para avaliarmos as alterações possíveis, antes de entrarem em pauta”. Após a reunião do Legislativo, o presidente da Câmara, vereador Gil Antônio Diniz – Teteco (PMDB), abriu espaço para que os representantes dos servidores da Educação expusessem os pontos em desacordo com os três projetos de lei complementar. E a coordenadora do Sind-Ute, Sueli Rocha, aproveitou para explicar os pontos citados em um manifesto distribuído pelo Sindicato para os vereadores. Reivindicações Em relação ao PLC 014, o manifesto destaca que, com participação da Câmara nos debates, houve avanço em alguns pontos, incluindo o abono, o pagamento das agentes de educação infantil e a possibilidade de considerar os vencimentos da flexibilização na aposentadoria. No entanto, haveria ainda discordâncias na redação, principalmente no que diz respeito a questões da carreira, como quinquênio, e em questões previdenciárias. Sobre os outros dois projetos, os servidores questionam o valor da remuneração e a jornada de trabalho dos novos cargos. Especificamente sobre o 015, o Sindicato quer sua retirada, pois afirma que representará “uma divisão na carreira e uma precarização do trabalho”. Questiona a criação dos cargos em tempo integral para atuar em regiões de vulnerabilidade social, sem que o projeto garanta maior valorização dos profissionais ou a garantia de melhoria na estrutura das escolas. Sueli Rocha propôs o debate desses pontos, e reclamou da falta de investimento na Educação. “A avaliação que fazemos é da tentativa do governo em economizar em cima da Educação, que é uma pasta que deveria ser vista como uma questão de investimento. Criar um cargo com jornada de 40h e sem estrutura nas escolas é inviável e demonstra apenas a vontade de economizar”. Sobre o PLC 015, a sindicalista ressalta que, para fixar profissionais em áreas de vulnerabilidade social, o poder público deve, primeiramente, oferecer condições dignas para a população dessas regiões. Ela questiona, ainda, a criação de cargos de período integral sem uma política municipal estruturada de educação integral. “Precisamos pensar nessas questões, para avaliar a qualidade da educação que esse profissional vai ofertar e qual a qualidade de vida desse profissional nas condições em que está sendo exposto”, completou. Após a fala de outros sindicalistas e servidores, que reafirmaram as posições de Sueli, os vereadores Zé Antônio (PT), Obelino Marques (PT) e William Barreiro (PTdoB) falaram em nome do Legislativo, se dispondo a continuar participando ativamente dos debates com o poder Executivo para reduzir os desacordos e continuar avançando na Educação do Município.
Data: 26/09/2014
Edição: 263
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Funec forma primeira turma do Curso Técnico em Contabilidade

Mais de 750 novos profissio nais chegaram ao mercado de trabalho, somente este ano, por meio dos cursos técnicos oferecidos pela Funec, em parceria com o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Na terça-feira (9/9), foi a vez dos 17 alunos, da primeira turma do Curso Técnico em Contabilidade, receberem o diploma. A Prefeitura de Contagem iniciou a cooperação Funec/Pronatec em 2013, sendo a segunda fundação municipal do Brasil a conseguir a parceria, disponibilizando, desde então, 1.248 pessoas capacitadas para o mercado de trabalho. A presidente da Funec, Karla Roque, ressaltou a importância da instituição em levar o conhecimento a um maior número de pessoas. "Esta formatura é uma conquista de toda a fundação, pois ela só foi possível com o apoio dos professores, diretores e alunos. Nosso objetivo é continuar formando novos profissionais e contribuindo para que a educação em Contagem cresça junto com a cidade". Com carga horária de 800 horas/aula, o curso técnico em Contabilidade foi destinado aos estudantes do 1º ao 3º anos, das escolas públicas. As aulas foram ministradas na Funec Inconfidentes e contou com um corpo docente de 13 professores. Durante a cerimônia, os alunos homenagearam os pais, mestres, amigos e todos que ajudaram de alguma forma com o curso. Os músicos da Orquestra Jovem das Gerais, com sede em Contagem, participaram do evento executando o hino nacional brasileiro e demais apresentações musicais. Além da presidente da fundação, Karla Roque, estiveram presentes à solenidade o diretor da Funec Inconfidentes, Sebastião Perpétuo, as pedagogas Cleuza Felicíssimo e Renata Rosa e o professor homenageado Antônio Luiz.
Data: 19/09/2014
Edição: 262
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Contagem recebe mais uma edição do Festival de Abóboras

O Festival Gastronômico de Abóboras reuniu centenas de pessoas na sexta-feira (22/8), na Praça da Glória, bairro Eldorado, que curtiram boa música, provaram e escolheram a melhor receita típica feita com abóbora. Os 15 pratos do concurso culinário foram preparados por grupos de idosos de Contagem. As três melhores receitas foram escolhidas por um júri técnico e também pelo voto popular. O evento foi uma das principais atrações do calendário de comemorações do aniversário de 103 anos de Contagem. O festival tem o objetivo de resgatar a história da cidade, favorecer a integração entre os grupos de idosos e promover um concurso culinário com um ingrediente símbolo do município. Além de reunir as famílias no espaço público, proporcionando mais lazer e cultura, incentivamos manter a tradição na cidade, além de trabalhar com políticas públicas para os idosos. A secretária municipal de Desenvolvimento Social, Marilene Pimenta, ressaltou que a cada ano o festival fica melhor, com receitas deliciosas que atraem público até de outras cidades. "Quero agradecer a todos os envolvidos e principalmente aos grupos da terceira idade que prepararam os pratos com tanto carinho. Nosso papel é cuidar das pessoas, seja através da arte, da economia solidária, da assistência, e este evento demonstra parte disso", disse. A estudante e moradora de Belo Horizonte, Ana Maria Pereira participou pela primeira vez do festival convidada por uma amiga de Contagem. Ela provou a maioria das receitas e se apaixonou com o consumê de abóbora. "Estou adorando tudo, é muito animado e as comidas são deliciosas, quero levar a receita do consumê", disse. Já a assistente administrativa e moradora de Nova Contagem, Vivian Santos, vai em todas as edições. "Amo esse festival, cada ano fica melhor. É muito importante para a cidade, pois incentiva nossa cultura e tradição", afirmou. Melhores pratos com abóbora O júri técnico formado pelos chefs Décio Gonçalves de Andrade, Marco Túlio Abras e pelo diretor da Revista Ponto Con, Márcio Bonfim, elegeu o risole de abóbora, feito pelo CRAS Eldorado, como o vencedor do concurso. Em segundo lugar ficou o caldo de abóbora com carne desfiada "Pingo de Ouro", do Grupo Bem Viver Primavera - CRAS Petrolândia, e o terceiro foi para o escondidinho de abóbora com carne de sol, do Espaço do Saber, no Eldorado. O júri popular escolheu o pastel frito de abóbora com frango e requeijão, do Espaço Bem Viver Mário Covas, na Sede, como campeão. O segundo mais votado foi o risole de abóbora, eleito vencedor pelo júri técnico, e o terceiro lugar foi para o consumê de abóbora, do Grupo Gente Nova Vida Nova - Espaço Bem Viver Luiz Palhares, em Nova Contagem. Os três melhores colocados receberam premiação em dinheiro no valor de R$ 1 mil (1º lugar), R$ 500,00 (2º lugar) e R$ 300,00 (3º lugar). O título de barraca mais criativa, ou seja, com a melhor ornamentação, foi para o Espaço do Saber no Eldorado, premiado com o valor de R$ 200,00. A autora da receita do risole de abóbora, Maria Madalena Santos, estava radiante de alegria pela vitória. Nas duas últimas edições do concurso, o grupo dela ganhou o terceiro lugar com o macarrão de abóbora e segundo lugar com a coxinha de abóbora, conquistando o título nesta edição. "Agradeço ao nosso grupo do CRAS Eldorado, é uma conquista nossa. Agora, vamos fazer um passeio bem bacana com o prêmio", disse. Eleitos pelo voto popular, a barraca do Grupo do Espaço Bem Viver ficou movimentada o tempo inteiro, todos queriam provar do pastel frito. Marlene Madureira, idealizadora da receita, conta que elas queriam fazer algo diferente. "Surgiu a ideia do pastel, pois todo mundo gosta do salgado e a abóbora dá um toque especial. Ficamos muito felizes com o sucesso", afirmou. Apresentações Culturais Os shows ficaram por conta do Grupo Arvoredo, Banda Atômica e a dupla sertaneja João Wesley e Thiago que animaram o festival. Os sertanejos fazem parte do cadastro cultural da Fundação Cultural de Contagem (Fundac), com o objetivo de fomentar os grupos musicais de Contagem, proporcionando-lhes a chance de apresentação em eventos culturais da cidade.
Data: 29/08/2014
Edição: 261
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
CONTAGEM GANHARÁ O SEGUNDO RESTAURANTE POPULAR

Contagem vai ganhar o seu segundo Restaurante Popular, desta vez na região da Ressaca. O espaço terá capacidade para oferecer 3 mil refeições por dia, no valor de R$ 2,00 cada. O restaurante está em fase final de construção, com previsão de entrega para o mês de novembro. Ele fica na avenida Antônio José da Rocha, nº 64, bairro Guanabara, próximo ao Centro Comercial da Ressaca e ao Shopping Contagem. No último dia 14/8, o prefeito Carlin Moura fez uma visita técnica às obras, acompanhado do vice-prefeito João Guedes, secretários municipais, vereadores e engenheiros responsáveis pelas intervenções. A construção de restaurantes populares em Contagem é uma das prioridades da atual gestão. Segundo o prefeito Carlin Moura, os equipamentos atendem antigos anseios da população contagense. "A política de construção de restaurantes populares já se consolida, na cidade, como uma decisão acertada dentro da política pública de segurança alimentar, em especial para os trabalhadores, que ganham o direito a uma alimentação de alta qualidade nutricional a um preço justo". Para a secretária de Desenvolvimento Social e Habitação, Marilene Pimenta, essa é uma importante ação para a cidade. "A entrega do segundo restaurante popular mostra que o governo está empenhado em investir no contagense. Essa é uma conquista importante para a população. O cardápio será variado e as refeições serão elaboradas respeitando as características e hábitos alimentares dos contagenses, com critérios nutricionais apurados". O gestor de Restaurantes Populares de Contagem, Tarcísio Castro, explica como será o segundo restaurante popular da cidade. "Este equipamento está sendo projetado para servir até 3 mil refeições por dia. Serão 130 lugarres no térreo e mais 132 no mezanino (segundo andar). Além disso, a entrada e a saída será pela rua lateral, para tirar o fluxo de pessoas da avenida Antônio José da Rocha. Trabalhando com sua capacidade máxima de atendimento, a prefeitura investirá mais de R$ 2 milhões por ano para a manutenção e custeio do Restaurante Popular da Ressaca". Ressaca A região da Ressaca foi escolhida para receber a segunda unidade do Restaurante Popular em Contagem. O local selecionado, um prédio na avenida Antônio José da Rocha, foi escolhido pela sua localização privilegiada. "A Ressaca é uma região que está passando por uma forte expansão, com mais moradores, comércio cada vez mais fortalecido, e que possui importantes pontos, como a Ceasa, o Shopping Contagem e o pólo moveleiro. Escolhemos uma avenida importante, com várias linhas de ônibus, para instalar o restaurante na região e beneficiar os trabalhadores, estudantes e moradores", ressalta Carlin Moura. Marlene Santos, 35 anos, moradora da Ressaca há dez anos, esperava seu ônibus próximo ao local que será instalado o novo restaurante. Ao saber que ali será o Restaurante Popular da Ressaca, ela não escondeu sua alegria. "Passo aqui diariamente e via essa obra, mas não sabia que se tratava de um restaurante popular. Fico muito feliz com a notícia. Já almocei no restaurante do Eldorado, a comida é muito boa, a preço baixo. Será muito bom para nós, que vivemos ou trabalhamos na Ressaca. A prefeitura está de parabéns". Estrutura O Restaurante Popular Ressaca, além de representar um ganho importante na política de segurança alimentar, também ofertará novas vagas de emprego no município. A previsão é que trabalhem cerca de 60 funcionários, sendo nutricionistas, chefe de cozinha, cozinheiros, auxiliares de cozinha e saladeiros, além de profissionais administrativos, contábeis e financeiros. Serão aproximadamente setecentos metros quadrados de área construída, com capacidade para servir 3 mil refeições por dia. O restaurante funcionará de segunda a sexta-feira, das 10h30 às 14h. Elaboradas por nutricionistas, as refeições conterão, além dos tradicionais arroz e feijão, opções de carne, guarnição e uma fruta por dia. Carlin Moura ressalta que o acompanhamento das obras é passo importante na gestão pública. "Estamos fazendo o monitoramento coletivo dos programas e obras na cidade. Esse é um passo importante para compartilhar avanços e dificuldades da gestão com a população. Vamos estar perto, acompanhando cada passo, cada etapa e cada novidade da construção do Restaurante Popular da Ressaca". Números 3 mil refeições por dia; Uma opção de fruta por dia; Cada refeição custa R$ 2,00; Funcionará de segunda a sexta-feira, das 10h30 às 14h; Cardápio balanceado; Refeições elaborados por nutricionistas, respeitando os hábitos alimentares do contagense; 700 metros quadrados de área construída, Cerca de 60 funcionários Cerca de R$ 800 mil em investimentos para aquisição de equipamentos.
Data: 22/08/2014
Edição: 260
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Escola em Contagem é destaque em PROGRAMA DE avaliaçÃO DA REDE PÚBLICA

A Escola Estadual Francisco Firmo de Matos, localizada em Contagem (MG), obteve ótimos resultados no Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica – PROEB 2013, divulgado no fim de junho no site do Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação - CAEd, da Universidade Federal de Juiz de Fora – UFJF. O resultado mostra que a Escola teve seu 9º ano do Ensino Fundamental II como destaque dentre as 33 escolas estaduais do município, alcançando o 2º lugar na avaliação de Português e o 3º Lugar em Matemática. Esse excelente resultado é fruto de um trabalho focado em gestão. A escola é parceira da Fundação de Desenvolvimento Gerencial - FDG desde 2011 e implementa a Gestão Integrada da Educação - GIDE, que tem como foco a melhoria do processo ensino-aprendizagem. A metodologia GIDE foi idealizada pela professora Maria Helena Pádua Coelho de Godoy, pedagoga e psicóloga de formação, coordenadora técnica dos projetos da FDG, pioneira em gestão educacional e uma das principais referências no Brasil no assunto. A metodologia contribui com o desenvolvimento integral dos alunos, a partir da integração dos aspectos estratégicos, pedagógicos e gerenciais da instituição. Uma das ações que influenciou positivamente esse resultado foi o projeto ‘Vale a Pena Estudar’ que é desenvolvido nas turmas de 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e Ensino Médio. O projeto faz parte do plano pedagógico da escola e tem como principal objetivo envolver os alunos no processo ensino-aprendizagem, ensinando-os a utilizar ferramentas de gestão para melhorar os resultados e, consequentemente, alcançar as metas de melhoria. Cada aluno tem um caderno do projeto que utiliza no dia-a-dia, anotando as datas das provas, trabalhos e para casa. Após os resultados bimestrais, os alunos colorem o gráfico com seu resultado, analisam os resultados globais da turma, estabelecem metas e propõem ações para melhorar os resultados. Além disso, ao longo do ano são realizadas diversas ações de motivação, mostrando aos alunos a importância de estudar e, bimestralmente, os alunos que alcançam 70% de desempenho e 60% desempenho em todas as disciplinas são premiados. O aluno Ednilson Matias Tavares Chacon, do 9º ano do Ensino Fundamental, relata que o projeto Vale a Pena Estudar tem sido uma boa ferramenta para verificar que pode ser feito para melhorar os estudos. “Quando visualizamos o gráfico de resultado da turma é assustador saber o número elevado de alunos que perdeu média e os poucos que conseguiram alcançar os 70%. Para mim esse projeto tem sido fundamental para me incentivar a estudar, não apenas por nota, mas para adquirir conhecimento”, completa o estudante. A implementação dessa ação tem rendido bons frutos. Em 2013, a escola foi premiada em um concurso de práticas pedagógicas promovido pela Fundação Itaú/Unibanco. O valor recebido pela Escola por essa premiação é revertido na compra de prêmios individuais para os alunos que são destaques ao longo dos bimestres.
Data: 31/07/2014
Edição: 259
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Cidade de Contagem é referência nacional em Economia Solidária

O Programa contempla mais de 400 pessoas em todo o município. A artesã Vânia Souza já sente os reflexos das ações, com a reativação do Programa Economia Solidária, no ano passado. Ela produz chinelos e conta que não tinha local específico para expor os seus trabalhos. Após o retorno do programa, conseguiu aumentar a renda familiar. Vânia Souza elogia o "Economia Solidária" e a atenção dada ao programa pela atual administração. "Depois que entrei no programa e passei a expor meus produtos na Feira do Eldorado, minha renda cresceu e estou até recebendo encomendas", destaca. Outras pessoas como ela também já estão sendo beneficiadas pelo programa, que busca incluir trabalhadores autônomos, que produzem produtos artesanais e recicláveis, além da prestação de serviços, à venda de produtos alimentícios e agrícolas, entre outras formas de organização do trabalho. Virgínia Miranda, que vende bolsas, bijuterias e chinelos decorados também está sendo beneficiada. Segundo ela, depois de conseguir um espaço no "Economia Solidária", a renda dobrou. "Já estou providenciando minha máquina de cartões de crédito para oferecer mais comodidade aos clientes e vender mais", comemorou. A Secretária de Desenvolvimento Social e Habitação assumiu o Programa Economia Solidária, em maio de 2013, que contava com apenas nove empreendimentos, envolvendo apenas 30 pessoas. Hoje, a cidade possui 136 empreendimentos de Economia Solidária ativos e envolvem mais de 400 pessoas. Um crescimento de 120% em relação aos anos anteriores. Também como ação de fortalecimento do programa, a Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação reativou, no início de 2014, o Centro Público de Economia Solidária de Contagem, considerado um dos maiores espaços de qualificação profissional voltado para economia solidária da América Latina. O centro mantém uma parceria com a Funec. Só no primeiro semestre deste ano, qualificou cerca de 120 pessoas por meio dos cursos de artesão em pintura em tecido, confecção de bijuterias, vendas, conservação e limpeza, confecção de roupas e jardineiro. A estimativa é que até o final deste ano qualifique profissionalmente mais de 300 pessoas. Desativado há seis anos, o conselho gestor do Centro Público de Economia Solidária também foi recomposto. Para Mayron Rodrigues, diretor do "Economia Solidária de Contagem", a reativação do centro também foi de extrema importância. "O Centro Público de Economia Solidária é um espaço de qualificação profissional diferenciado, pois atende a um público muito importante para o desenvolvimento social e econômico do município", declarou. Ainda para Mayron Rodrigues, pessoas que antes não tinham acesso a oportunidades para a geração de emprego e renda, estão procurando o programa. "Só este ano tivemos, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação, mais de 1.500 inscrições. O que torna o nosso trabalho mais gratificante é perceber que 80% destas inscrições, foram feitas por pessoas que realmente precisam desta qualificação profissional", concluiu. Pontos de comercialização Em maio deste ano, a Prefeitura de Contagem, inaugurou os primeiros pontos fixos de comercialização do Economia Solidária. Um está localizado na praça Nossa Senhora da Conceição, no Novo Eldorado, e outro na Feira do Eldorado. Dessa forma, o município credenciou-se como a terceira maior cidade do Brasil em comercialização permanente em Economia Solidária, gerando renda para cerca de 180 pessoas. Informações Para mais informações sobre o Programa de Economia Solidária, basta entrar em contato com o Centro Público de Economia Solidária, pelo telefone 3394-8053 ou pelo atendimento presencial, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O centro fica na rua São Marcos, 247, no bairro Água Branca.
Data: 18/07/2014
Edição: 258
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Escolas municipais se preparam para a reposição das aulas

As escolas municipais que aderiram à greve têm até a próxima sexta-feira (27/6) para apresentar proposta de reposição dos dias parados à Secretaria de Educação (Seduc). O prazo foi anunciado pelo secretário José Ramoniele Raimundo dos Santos (professor Ramon) e pelo adjunto da pasta, Ademilson Ferreira, aos diretores, durante reunião no auditório da Escola Municipal Heitor Vila-Lobos, na terça-feira (24/6). As escolas que registraram reduções de carga horária diária e paralisações em dias pontuais, também deverão apresentar calendário de reposição até a próxima sexta-feira (27/6). A reposição será monitorada pela prefeitura, por meio da Seduc, a Corregedoria do município, o Ministério Público e a Procuradoria-Geral do Estado. Juntos, os órgãos vão atuar para assegurar aos alunos da rede a qualidade e a garantia dos 200 dias letivos e 800 horas, determinados pela Lei de Diretrizes e Bases. Na organização apresentada pela Seduc, os meses de junho e julho e o recesso previsto anteriormente para a segunda semana de outubro serão utilizados para a reposição. A secretaria estima que a maioria das 109 escolas da rede deve concluir a reposição até o dia 22 de dezembro. Já as demais unidades escolares devem encerrar o ano letivo na 1ª quinzena de Janeiro de 2015. Durante a apresentação dos parâmetros de recomposição do calendário escolar/2014 aos diretores, o secretário municipal de Educação esclareceu que é preciso retomar o calendário e não suspendê-lo. "Já tínhamos um ano letivo em andamento, por isso essa reposição tem que ocorrer com a maior transparência possível, sendo que cada dia reposto terá que ser muito bem explicado aos pais. Esse dia corresponde aquele tal dia parado, essas horas correspondem àquelas reduzidas de tal dia letivo, e assim por diante", exemplificou Ramon, enfatizando que a oferta da educação de qualidade é um dos principais compromissos da atual gestão. Ensino Médio Cerca de 6 mil estudantes devem concluir o ensino fundamental nas escolas da prefeitura neste ano, informou o secretário-adjunto, Ademilson Ferreira. "Para não prejudicar esses estudantes, a Seduc já iniciou o diálogo com a Fundação de Ensino de Contagem (Funec) e com a Secretaria do Estado de Educação no intuito de assegurar o ingresso deles no ensino médio", destacou.
Data: 26/06/2014
Edição: 257
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
NOVO SECRETÁRIO DE SAÚDE É EMPOSSADO

Tomou posse, na terça-feira 16/6, o novo secretário municipal de Saúde, Luciano Novaes, e o seu adjunto, Luis Fernando Machado
Data: 25/06/2014
Edição: 256
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Grupo Gestor da Bacia da Pampulha promove capacitação

Os servidores das regionais administrativas da Prefeitura de Contagem receberam, na última terça-feira (27/5), capacitação para trabalhar na mobilização da ligação dos esgotos na rede da Copasa. O treinamento foi feito pelo Grupo Gestor da Bacia da Pampulha, do qual a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade e a Copasa fazem parte. Os agentes serão responsáveis por orientar os moradores quanto a ligação dos factíveis, isto é, esgotos das casas que possuem rede disponível na porta mas ainda não fizeram a ligação. A falta de ligação dos esgotos na rede é um dos principais fatores tratados pelo Grupo Gestor da Bacia da Pampulha. Ela traz inúmeros problemas aos próprios moradores e também dificulta a despoluição da Lagoa da Pampulha. A Bacia da Pampulha conta hoje em Contagem com mais de 10.200 esgotos factíveis. Dos 65 bairros componentes da bacia, a maioria que ainda não ligou o esgoto na rede está nas regiões da Ressaca e do Nacional. Da área total da Bacia da Pampulha, 56% fazem parte de Contagem. De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Ivayr Soalheiro, além da bacia da Pampulha, a questão da ligação dos factíveis em toda a cidade é uma ação de governo. "Estamos investindo a princípio na educação ambiental, capacitação e na mobilização. Num segundo momento, quem não fizer a ligação poderá ser notificado e multado de acordo com a legislação", disse. Após receber a capacitação, o administrador da Regional Ressaca, José Carlos Menezes, informa que os agentes trabalharão como parceiros da comunidade. "Muitos moradores não têm conhecimento de como fazer a ligação na rede. Iremos orientá-los e potencializar os serviços para o bem da comunidade e do meio ambiente", afirmou. Principais problemas De acordo com dados da Companhia de Saneamento, quem não realiza a ligação pode estar sujeito a muitos problemas, por exemplo: água de poços, cisternas e nascentes sem tratamento, podem causar graves doenças como amebíase, giardíase, gastroenterite, febres tifóide e paratifoide, hepatite e cólera, entre outras. O esgoto não ligado à rede pode causar mau cheiro, presença de insetos e sérios riscos de doenças causadas por água contaminada. Tudo isso faz com que os moradores tenham gastos desnecessários com despesas médicas. O lançamento incorreto do esgoto também polui os córregos, degradando as bacias hidrográficas que fazem parte de Contagem.
Data: 30/05/2014
Edição: 254
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Contagem abre a primeira Universidade Pública

Contagem entregou à população, nesta sexta-feira (23/5), a primeira universidade pública do município. O prefeito de Contagem, Carlin Moura, acompanhado do senador Cristovam Buarque e do secretário-adjunto de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Vicente Gamarano, representando o secretário Nárcio Rodrigues, inaugurou a Universidade Aberta Integrada de Minas Gerais (Uaitec). A universidade, que é uma parceria entre a Prefeitura de Contagem e os governos estadual e federal, oferece ensino a distância, com aulas por videoconferências e provas presenciais. Os investimentos para a implantação somam mais de R$ 800 mil. O projeto é desenvolvido pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior em parceria com a Secretaria Municipal de Trabalho e Geração de Renda de Contagem. A sede fica na rua Madre Margherita Fontanarosa, 420, esquina com travessa B-Três, no bairro Eldorado (em cima do Restaurante Popular). O prefeito Carlin Moura destacou a importância do empreendimento para a cidade. Segundo ele, Contagem faz um grande esforço para ampliar os investimentos na Educação, que sempre será prioridade para o município. “Já reabrimos 11 unidades da Funec, inauguramos sete novos centros infantis, e chegaremos a dez Cemei´s, no fim de 2014”. Moura, citou ainda que esse é um antigo sonho para a cidade, que se concretiza em seu governo. “Tenho a honra de ser prefeito de uma cidade operária, que entrega um espaço como esse com tecnologia avançada e prima pela acessibilidade”, informou. Com a chegada da Uaitec, Contagem amplia a qualificação profissional, com o que existe de mais moderno nas tecnologias. A cidade foi escolhida como local estratégico para a implantação do projeto. O senador Cristovam Buarque parabenizou Contagem pelos investimentos na Educação, destacando o novo empreendimento. “Estamos inaugurando uma universidade de vanguarda, para as próximas gerações. Isso aqui é o futuro”, afirmou. A universidade pública oferece cursos de graduação, extensão universitária, capacitação profissional, pós-graduação (mestrado e doutorado) e cursos de idiomas. Em Contagem, a Uaitec já está com algumas turmas formadas e as aulas estão acontecendo. As inscrições do MBA em Engenharia e Inovação foram realizadas em abril de 2014. Além disso, estão em andamento os cursos de inglês e capacitação para jovens, com oficinas de excel, google, e-book e tablet. E, em breve, vão iniciar os cursos de graduação, extensão, espanhol e português. O secretário-adjunto de Estado de Ciência e Tecnologia, Vicente Gamarano, fez o lançamento dos cursos da Uaitec, entregando ao prefeito Carlin Moura e ao senador Cristovam Buarque um guia do laboratório virtual. Gamarano citou que Minas possui 80 unidades públicas e pretende chegar a 103 ainda esse ano. “Temos que somar forças para que todos os benefícios possam ser revertidos para a população”, disse. Uaitec O espaço é composto por salas de videoconferência e inclusão digital, laboratório virtual, centro de processamento de dados, núcleo de apoio ao empreendedor dentre outros ambientes. Todos construídos e montados com acessibilidade para pessoas com deficiência. A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior definirá os próximos cursos, com a previsão de início em agosto. As inscrições deverão ser feitas pelo site: http://www.uaitec.mg.gov.br.
Data: 26/05/2014
Edição: 253
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Contagem participa da 12ª Semana de Museus

A Casa da Cultura Nair Mendes Moreira/Museu Histórico de Contagem participa mais uma vez da Semana Nacional de Museus, atividade promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Em sua 12ª edição, o evento traz como tema nacional “Museus: as coleções criam conexões. Para dialogar com esse tema, o Museu Histórico de Contagem propõe uma reflexão sobre a criação do “Centro de Memória do Trabalhador da Indústria de Contagem”. As atividades com mostra de filmes, exposição, debates e visitas guiadas serão realizadas até o dia 29, na Casa da Cultura Nair Mendes Moreira/Museu Histórico de Contagem. A Semana Nacional de Museus faz parte da agenda de eventos permanentes do Ibram e ocorre sempre no mês de maio, em comemoração ao Dia Internacional dos Museus (18/5). O propósito é mobilizar os museus brasileiros a aderirem ao tema da Semana, a partir de um esforço de ações integradas e compartilhadas de suas programações por um período específico, intensificando a relação desses com a sociedade. Em Contagem, este ano, haverá um destaque especial. No dia 13 haverá um debate sobre o projeto museológico do centro. Já no dia 22, o prefeito Carlin Moura vai assinar o projeto de lei para a criação do “Centro de Memória do Trabalhador da Indústria de Contagem” e determinar o início das obras, num galpão da antiga sede da empresa Lafersa, na Cidade Industrial. O museu será o primeiro do gênero em todo o país e irá resgatar a história de vida, o perfil, o cotidiano, a cultura de homens e mulheres operários que já passaram e ainda passam pelas fábricas de Contagem, cidade conhecida pela importância do seu setor industrial, pelas máquinas e chaminés que impulsionam a área produtiva de Minas e do Brasil. De acordo com o coordenador de Políticas de Memória e Patrimônio Cultural da Fundação de Cultura de Contagem (Fundac), Tiago Alves, o espaço será mais do que um olhar sobre o trabalho. “Vamos recuperar a história das pessoas que trabalharam e trabalham no município. Será um espaço para conhecer as primeiras vilas operárias, suas práticas culturais, conhecimentos e contribuições para o desenvolvimento da cidade ao longo das décadas”, observa Alves. Programação até dia 29 De segunda a sexta, das 8h às 17h - Exposição: “Cidade Industrial”, do artista convidado Olister Barbosa. Dia 13 (terça) - Das 20h às 22h - Mesa redonda. Tema: “Centro de Memória do Trabalhador da Indústria de Contagem: construindo o plano museológico”. Debatedores: arquiteto do Museu do Trabalhador da Indústria de Contagem, coordenadora do departamento de Museologia da UFMG, Letícia Julião; presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Belo Horizonte, Contagem, Ibirité, Sarzedo, Ribeirão das Neves, Nova Lima, Raposos e Rio Acima (Sindimetal), Geraldo Valgas de Araújo. Dia 15 (quinta) - 19h às 22h - Cineclube do Trabalhador. Filme: Peões (2004 Eduardo Coutinho) - 1h25min Sinopse: A história pessoal de trabalhadores da indústria metalúrgica do ABC paulista que tomaram parte no movimento grevista de 1979 e 1980, mas permaneceram em relativo anonimato. Eles falam de suas origens, de sua participação no movimento e dos caminhos que suas vidas trilharam desde então. Exibem souvenirs das greves, recordam os sofrimentos e recompensas do trabalho nas fábricas, comentam o efeito da militância política no âmbito familiar, dão sua visão pessoal de Lula e dos rumos do país. Dia 22 (quinta) - 18h às 19h - Entrega do Projeto de Lei para a criação e lançamento do início das obras do Centro de Memória do Trabalhador da Industria de Contagem. Convidados: prefeito de Contagem, Carlin Moura; presidente da Câmara Municipal, vereador Teteco; representante do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural (Compac), Felipe Gonçalves de Moura Bicalho e o representante da Direcional Engenharia, Guilherme Diamante. 19h às 22h - Cineclube do Trabalhador. Filme: Tempos Modernos (Charles Chaplin 1936) 1h23min Sinopse: Um operário de uma linha de montagem, que testou uma “máquina revolucionária” para evitar a hora do almoço, é levado à loucura pela “monotonia frenética” do seu trabalho. Após um longo período em um sanatório ele fica curado de sua crise nervosa, mas desempregado. Ele deixa o hospital para começar sua nova vida, mas encontra uma crise generalizada e equivocadamente é preso como um agitador comunista, que liderava uma marcha de operários em protesto. Simultaneamente uma jovem rouba comida para salvar suas irmãs famintas, que ainda são bem garotas. Elas não tem mãe e o pai delas está desempregado, mas o pior ainda está por vir, pois ele é morto em um conflito. A lei vai cuidar das órfãs, mas enquanto as menores são levadas a jovem consegue escapar. Dia 29 (quinta) - 19h às 22h - Cineclube do Trabalhador. Filme: Eles Não Usam Black-Tie (Leon Hirszman 1981) 2h14min. Sinopse: Em São Paulo, em 1980, o jovem operário Tião (Carlos Alberto Riccelli) e sua namorada Maria (Bete Mendes) decidem casar-se ao saber que a moça está grávida. Ao mesmo tempo, eclode um movimento grevista que divide a categoria metalúrgica. Preocupado com o casamento e temendo perder o emprego, Tião fura a greve, entrando em conflito com o pai, Otávio (Gianfrancesco Guarnieri), um velho militante sindical que passou três anos na cadeia durante o regime militar. Dias 20, 22, 27 e 29 - (terças e quintas) - das 9h às 11h e das 14h às 17h - Visitas guiadas. Os participantes poderão visitar a Cidade Industrial Juventino Dias, percorrendo o traçado hexagonal passando pelas primeiras fábricas instaladas nas décadas de 1950 e 1960. Os interessados em participar das visitas devem agendar na Casa da Cultura Nair Mendes Moreira-Museu Histórico de Contagem, de segunda a sexta, das 8h às 17h. Praça vereador Josias Belém, nº 1, centro. Telefones: (31) 3352 5323 / 3398 7350 casa.cultura@contagem.mg.gov.br
Data: 16/05/2014
Edição: 252
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
EDUARDO CAMPOS RECEBE TÍTULO DE CIDADANIA HONORÁRIA DE CONTAGEM

O ex-governador de Pernambuco e pré-candidato ao Governo Federal, Eduardo Campos (PSB), recebeu o título de Cidadania Honorária de Contagem na segunda-feira (05). O projeto de resolução que outorgou o título ao ex-governador é de autoria dos vereadores Fredim (PROS) e Caxicó (PPS). Minutos antes do início da solenidade, que aconteceu no plenário da Câmara, Eduardo Campos, que também é presidente do PSB nacional, empossou a diretoria do partido em Contagem. A Executiva Municipal do PSB é presidida pelo ex-secretário de Desenvolvimento Econômico de Contagem, Alexis de Freitas, e tem como vice-presidente o ex-embaixador do Brasil em Cuba, Tilden Santiago. A abertura da solenidade de entrega do título de Cidadania Honorária foi feita pelo presidente da Câmara, vereador Gil Antônio Diniz - Teteco (PMDB). Logo depois, o vereador Fredim discursou sobre a satisfação em receber Eduardo Campos no município e leu um breve histórico pessoal e político do ex-governador. "Eu poderia discorrer sobre seu currículo por mais de uma hora. Certamente, estamos na frente de um parceiro de Minas Gerais, (...) estamos diante de uma das maiores lideranças políticas do nosso País", declarou o parlamentar. Por fim, Fredim pediu a Campos que incluísse em seu programa de governo a reforma do sistema prisional, que hoje é "incapaz de ressocializar delinquentes contumazes", de acordo com o vereador. Em nome da diretoria recém-empossada, Tilden Santiago usou o microfone para lembrar alguns fatos históricos envolvendo o avô de Eduardo Campos, Miguel Arraes, que ao longo de sua carreira política foi prefeito do Recife, deputado estadual, deputado federal e por três vezes governador do estado de Pernambuco. Tilden também reforçou a importância da presença do ex-governador em Contagem. Depois de oferecer alguns charutos cubanos artesanais a Eduardo Campos, Tilden finalizou sua fala propondo a Contagem a concretização daquilo que, segundo ele, o pré-candidato propõe ao Brasil: uma nova política. O discurso de Eduardo Campos começou com uma reflexão a respeito da similaridade entre os estados de Minas Gerais e Pernambuco que, de acordo com ele, se manifestaram e fizeram parte de momentos importantes da história do Brasil. "Em todos os momentos em que esse País pensou em independência, o povo de Minas e de Pernambuco esteve à frente deste pensamento", explicou. Além disso, boa parte do discurso do socialista foi voltada para uma análise sobre o, segundo Campos, crescimento insatisfatório do Brasil nos últimos anos. Passando por temas com pacto federativo, reforma tributária, saúde, educação e segurança pública, Eduardo Campos encerrou sua fala agradecendo ao Legislativo municipal pela homenagem e firmando um compromisso com Contagem. "A única forma que posso devolver tamanha atenção é me colocando à disposição para trabalhar em torno dos mais elevados interesses dessa grande cidade brasileira, de uma cidade importante para o povo e para o futuro de Minas. (...) Temos o desafio de melhorar o desempenho da indústria, a produtividade, a moradia, a segurança; essas são pautas do cotidiano, e quero me colocar à disposição como cidadão, como brasileiro, ao lado das lutas e dos sonhos desta terra", encerrou Campos. Entrevista Coletiva Antes da outorga do título, Campos conversou com a imprensa em uma coletiva realizada na presidência da Câmara. Questionado sobre temas ligados à mobilidade urbana, déficit habitacional, economia, educação e saúde, Eduardo Campos não deixou de falar também sobre sua candidatura, que tem como vice a ex-senadora Marina Silva. Ao ser indagado sobre suas propostas para Minas e para a cidade de Contagem, Campos contou que está em fase de elaboração de seu programa de governo, quando tem procurado estimular o partido, em nível municipal e estadual, a levantar as principais demandas de cada região. A respeito de uma possível candidatura própria do PSB para o Governo do Estado de Minas Gerais, o ex-governador esclareceu que há duas posições dentro do partido que serão discutidas e irão à votação nos próximos dias pela diretoria, seguindo o regimento do PSB. "Mas não estamos condicionando a eleição nacional aos palanques estaduais", finalizou.
Data: 09/05/2014
Edição: 251
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Contagem debate Desenvolvimento Urbano e Econômico

O Riacho foi palco da primeira rodada de Audiência Pública do Planejamento Participativo, realizado no sábado (21/9). Entre os temas debatidos estão as Políticas de Desenvolvimento Urbano e Desenvolvimento Produtivo e Sustentabilidade. Os eixos fazem parte do protejo inovador da Prefeitura de Contagem, que tem o objetivo de trazer a população para o debater o Plano Plurianual (PPA). O PPA é a reunião de diretrizes estratégicas para a Gestão Pública da Cidade. Nesse amplo plano são contempladas as demandas da sociedade por políticas públicas de todos os setores da prefeitura. Política de Desenvolvimento Urbano é a área relacionada às ações de trânsito, mobilidade e obras. O debate abordou nove programas relacionados ao tema: Manutenção de Praças, Parques e Áreas Verdes; Gestão Integrada de Vargem das Flores; Planejamento e Requalificação Urbana; Mobilidade Urbana e Acessibilidade; Saneamento Integrado; Contagem Legal; Conservação e Limpeza da Cidade; Execução de Obras, Fiscalização e Monitoramento; Gestão do Sistema de Trânsito e Transporte. A mobilidade urbana foi um das ações mais debatidas pela população. O presidente da Transcon, Agostinho da Silveira, relata a necessidade de dabater esta política. “Se não houver uma solução para mobilidade urbana afetará todas as outras políticas”. A prefeitura trata o tema como prioridade. Segundo a presidente do Instituto de Política Urbana de Contagem (Ipucon), Paula Perim, é preciso pensar alternativas para o problema da mobilidade. “É necessário planejar e pensar a cidade como um todo”, considerou. A limpeza e conservação da cidade também foram temas amplamente debatidos. A Secretaria de Obras e Serviços Urbanos apresentou o programa que envolve agentes comunitários da limpeza urbana. O objetivo é treiná-los para realizar serviços em vilas, onde os caminhões não chegam. O presidente da Conparq, José Carlos Gomes, apresentou um relatório dos espaços verdes da cidade. Segundo Gomes, em Contagem existem 194 praças e nove parques. “O nosso objetivo é revitalizar entre 170 e 180 praças, além dos dois parques que estão inativos”, informou. Em relação às academias da Cidade, atualmente Contagem conta com 44 equipamentos, o intuito é inagurar mais três até o fim do ano, e mais 10 em 2014. Políticas de Desenvolvimento Produtivo e Sustentabilidade estão relacionadas ao desenvolvimento econômico, trabalho e geração de renda, além do cuidado com a sustentabilidade e o meio ambiente. O tema abordou o Desenvolvimento Produtivo Sustentável, Licenciamento e Controle Ambiental, Gestão Ambiental e Recursos Hídricos e Geração de Emprego. Segundo o secretário de Trabalho e Geração de Renda, Tiago Guedes, um dos principais projetos para essa área será a implantação de uma universidade gratuita na cidade. Em parceria com a UFMG, em breve Contagem oferecerá seis cursos para a população. A próxima audiência pública do Planejamento Participativo acontecerá na regional Sede, no próximo sábado, (28/9), na praça Tancredo Neves, bairro Camilo Alves.
Data: 27/09/2013
Edição: 233
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Inaugurada nova sede da Transcon

A Transcon está em nova sede, mais moderna e com estrutura adequada para os profissionais trabalharem. A inauguração do espaço físico da autarquia aconteceu com as presenças do prefeito Carlin Moura, do vice, João Guedes, de secretários, vereadores, lideranças sindicais e empresariais. A Transcon está localizada na avenida João César de Oliveira, 6.165, no bairro Beatriz. Um local mais estratégico para as atividades da autarquia, considerando o estado precário da antiga sede, que ficava no bairro Inconfidentes. Com instalações mais confortáveis, as estações de trabalho serão climatizadas, priorizando a ergonomia e a qualidade de vida dos mais de 100 servidores e colaboradores durante a jornada diária. A nova estrutura ainda abriga a Central de Monitoramento do Trânsito e do Transporte, capaz de localizar e direcionar, por meio de tecnologia GPS, 100% da frota de ônibus gerenciada pela Transcon. Segundo Agostinho Silveira, presidente da Transcon “oferecer respeito e conforto ao servidor é essencial para devolver a dignidade ao servidor”. Na oportunidade, o prefeito destacou a valorização dos servidores e a modernização do serviço público. “Temos que valorizar o espaço público. Sentimos muito orgulho de poder proporcionar isso aos servidores que estavam sem estrutura adequada para trabalhar. Durante anos, eles conviviam com os mesmos problemas. Precisamos desenvolver a capacidade de apresentar soluções rápidas e eficientes”, frisou. Carlin Moura também reafirmou o compromisso de sua gestão com investimentos na retomada da vocação industrial de Contagem. “Não podemos ir contra a modernidade que é imprescindível na mobilidade urbana e na engenharia de trânsito”, afirmou. O presidente da Transcon, Agostinho Silveira, ressaltou os próximos desafios a enfrentar. “Em oito meses de trabalho, a Transcon produziu 35% das ações de trânsito a mais que no ano passado. Isso devido a dedicação e o esforço dos servidores desta autarquia. Ano que vem, teremos grandes desafios pela frente, pois a cidade passará por grandes obras e precisaremos coordenar bem o trânsito. Vamos em frente, valorizando o servidor e atendendo à população com a melhoria do transporte público e o respeito ao condutor”, disse. Servidor da Transcon há 14 anos, Leonardo Reis, relatou as dificuldades que os trabalhadores passavam na antiga sede. “Estávamos expostos a todo tipo de problema estrutural, não tínhamos condições adequadas sanitárias. Na época de chuva, tínhamos infiltrações e goteiras, a rede elétrica estava exposta e ficávamos sujeitos a graves acidentes. Esperamos muito tempo por melhorias e ficamos desmotivados. A inauguração desta nova sede representa muito para todos, agradecemos ao prefeito que teve a devida coragem de investir na modernização”, lembrou. Silveira também reforçou a necessidade da mudança de sede da Transcon. Segundo informou, dentre os motivos, ajustes no espaço físico, já que o antigo prédio não comportava a demanda. Ele explica que havia no local constantes desligamentos da rede elétrica, gerados pela sobrecarga de equipamentos ligados, além da falta de acondicionamento para os materiais, espaço para arquivo e conforto aos usuários. “A estrutura do antigo prédio estava muito precária, com pisos trincados, rachaduras na estrutura predial, rede de esgoto danificada, além da ausência de sanitários para o público externo”, ressaltou.
Data: 06/09/2013
Edição: 232
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Jornalistas recebem títulos de Cidadania Honorária

Sete personalidades que têm contribuído para o desenvolvimento de Contagem receberam, na quinta-feira (22), o Título de Cidadania Honorária do Município, como reconhecimento do Legislativo pelos serviços prestados à cidade. Prestigiados por seus amigos e familiares, receberam a condecoração Ana Lúcia Chompré Silva, Edison Tadeu de Jesus (Galinheiro), Fábio de Arruda Gandra, Jeferson Botelho Pereira, Paulo George Lacerda, Washington Duarte Teixeira Pinto (Xitão) e Welber Geraldo Moreira de Oliveira. O presidente da Câmara, vereador Gil Antônio Diniz - Teteco (PMDB), foi quem abriu a solenidade. Fizeram parte da mesa também os vereadores Eduardo Sendon (PSDB), segundo vice-presidente da Câmara, Beto Diniz (PCdoB) e Decinho Camargos (PHS), primeiro e segundo secretários, respectivamente, o chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, Cylton Brandão da Mata e o empresário Newton Junior. Na sequência foi lido um texto em nome dos vereadores a todos os agraciados. A mensagem reforçava a importância do título e das pessoas que o receberam. “Contagem vem sendo excelente exemplo de garra, de luta e de coragem para inúmeros municípios mineiros. E parte deste mérito foi conquistado pelos que integraram nossa história e que, hoje, estão aqui presentes e muito nos deixam orgulhosos de sua trajetória, traçada com muito esforço, muita dedicação e muito amor a esta terra. Em nome dos vereadores desta Casa Legislativa, agradecemos sinceramente a cada um de vocês”. Quem representou o executivo, na ocasião, foi o secretário municipal de Comunicação e Transparência, Albert Pluck. Em suas palavras, Albert parabenizou os novos cidadãos de Contagem e os vereadores, pela iniciativa. Falando um pouco sobre a contribuição de cada um dos homenageados ao desenvolvimento da cidade, o secretário encerrou seu discurso com incentivos aos agraciados. “Ser contagense é muito bom, e vejo no rosto de vocês muita garra e determinação para continuar contribuindo para o crescimento da cidade”, finalizou. Imprensa de Contagem bem representada Dos sete homenageados da noite, três estão à frente de veículos de comunicação locais. Edison Tadeu é fundador e Diretor do Jornal Contagem é Ação. Washington Duarte (Xitão) é diretor do jornal Perfil, e já trabalhou na Norton Publicidade, Arte Final Propaganda e Marketing, União Fotolito e Clicheria, Republicar, Jornal Gazeta Metropolitana e Jornal Contagem. Já o homenageado Welber Moreira fundou, há cinco anos, o Jornal Notícias de Contagem, que circula quinzenalmente em Contagem e também possui uma versão on-line. Confira a lista dos vereadores e seus respectivos homenageados - Ana Lúcia Chompré Silva - homenageada pelo vereador Jerson Braga Maia - “Caxicó” - Paulo George Lacerda - homenageado pelo vereador Obelino Marques da Silva - Edison Tadeu de Jesus (Galinheiro), Jeferson Botelho Pereira e Washington Duarte Teixeira Pinto (Xitão) - homenageados pelo vereador Rogério Marreco - Fábio de Arruda Gandra e Welber Geraldo Moreira de Oliveira - homenageados pelo vereador William Barreiro
Data: 30/08/2013
Edição: 231
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Projeto propõe proteção de Vargem das Flores

As secretarias de Planeja- mento, Orçamento e Gestão e Desenvolvimento Urbano, apresentou, no dia 24/07, o relatório síntese das ações realizadas em Vargem das Flores. O planejamento das atuações é realizado através de uma parceria entre o município, governo do Estado e a Copasa. O objetivo é fortalecer as ações de proteção das bacias e a preservação do patrimônio ambiental de forma compartilhada com uma política integrada de promoção da ocupação sustentável do local. As ações na Vargem das Flores tem o apoio integral dos governos municipal, estadual e federal. Para a realização de algumas ações, em Vargem das Flores, a prefeitura firmou uma parceria inédita com a Copasa. Segundo o diretor de Meio Ambiente da Copasa, Tilden Santiago, “do investimento de 282 milhões, 78 milhões são destinados para Vargem das Flores, o que demonstra a importância que Contagem tem para a Copasa”. As ações de revitalização abrangem não só a lagoa e sua orla, mas toda a bacia. A Lagoa de Vargem das Flores tem que voltar a ser um cartão de visita para Contagem”, conclui o diretor. Para discutir a revitalização da bacia e o uso sustentável do território, foram criados três grupos: mobilização, ações coercitivas e planejamento e ocupação. O grupo de mobilização ficou a cargo da educação ambiental, o planejamento estabelece as estratégias para o uso sustentável, já a equipe de ações coercitivas debate a fiscalização no território. A prefeitura já desenvolve ações estratégicas para fiscalização e execução de forças tarefas integradas com o estado e Governo Federal. O chefe de gabinete do prefeito, Farley Lima, ressalta as prioridades das ações. “A Várzea das Flores é uma das regiões mais importantes para o município e o governo tem se desdobrado para realizar benfeitorias no local”. Mapeamento da região Algumas medidas já estão em curso, dentre elas, o mapeamento das áreas prioritárias para proteção e conservação de mananciais e ecossistemas; mapeamento da ocupação irregular e definição de novos investimentos em saneamento básico. Além disso, a prefeitura concluirá seu Planejamento Plurianual Participativo (PPAP) em setembro, quando o submeterá à apreciação da Câmara Municipal e da população de Contagem. No PPAP estarão indicados os investimentos municipais previstos para Vargem das Flores. Segundo o gestor da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão, Renê Vilela, o grande desafio desse governo é garantir a proteção das mananciais, essenciais para o abastecimento de água, de Contagem, Belo Horizonte e Betim. “Além disso, é necessário também promover a inclusão social e econômica da região”, completa. Participaram do encontro o secretário de Meio Ambiente, Ivayr Soalheiro; a secretária-adjunta de Habitação, Joyce Campos; a secretária-adjunta de Desenvolvimento Urbano, Paula Perim; o diretor de Áreas Protegidas do Instituto Estadual de Florestas (IEF), Henri Dubois; o gestor da Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana, Gustavo Palhares; os administradores regionais de Vargem das Flores, Francisco Naldo de Assis, do Petrolândia, Emerson Lopes da Rocha, e da Sede, Gislane Andrade Soares.
Data: 09/08/2013
Edição: 230
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Presidenta Dilma recebe Prefeito Carlin Moura

O prefeito de Contagem, Carlin Moura, foi recebido nesta quarta-feira (17/7) pela presidenta da República, Dilma Rousseff, no Palácio do Itamaraty. No encontro, foram discutidos projetos prioritários para Contagem nas áreas de mobilidade urbana, saneamento, habitação e saúde. Segundo Carlin Moura, a presidenta está sensível as demandas de Contagem e se comprometeu ajudar no desenvolvimento da cidade, com obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2), em que o governo federal vai destinar, inicialmente, R$ 194,4 milhões para o município, já publicados no Diário Oficial da União, para grandes obras de saneamento, pavimentação e mobilidade, que incluem a construção de trincheiras, viadutos e alças em toda a cidade. “A presidenta Dilma está focada nos problemas de Contagem e foi muito receptiva. Disse que está atenta aos nossos projetos e reiterou o seu compromisso com as principais demandas do município”. Na reunião, a presidenta lembrou sobre a importância da construção do Centro Materno Infantil para as mães contagenses, parte do Programa Rede Cegonha do governo federal. Na oportunidade, Carlin Moura convidou Dilma Rousseff para participar da inauguração da nova maternidade, prevista para ainda este ano. Depois do encontro com Dilma Rousseff, o prefeito participou de audiência com a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, em que foram discutidos os projetos para Contagem do PAC Mobilidade. Também participaram da reunião, o deputado federal Luis Tibé e os secretários de Governo, Rodrigo Cupim, e de Planejamento, Orçamento e Gestão, Fernando Máximo. Ainda em pauta, o Plano de Integração Intermodal de Transporte -Contagem Integrada, que prevê a melhoria dos serviços de transporte público, com a construção de corredores de transporte para ônibus, viadutos nos principais pontos destes corredores e a integração tarifária dos sistemas por meio do Bilhete Único para as viagens intramunicipais. Os investimentos proporcionarão redução do tempo de deslocamento, mais conforto, confiabilidade, agilidade e segurança para os usuários do transporte coletivo, além da integração tarifária que permitirá o deslocamento por todo sistema de ônibus municipal, pagando apenas uma passagem. Dentre os demais investimentos para o município, a implantação da segunda etapa da Estação de Tratamento de Esgoto de Nova Contagem, requalificação de vias urbanas, passando pela implantação das obras de pavimentação e recapeamento das vias urbanas do município, além da ampliação do sistema de esgotamento sanitário da sede municipal Integração As obras e intervenções propostas no Plano de Integração Intermodal incluem o Corredor de Integração Norte - Sul, com obra de complementação da avenida Maracanã, contornando os bairros Alvorada, Vera Cruz, Quintas Coloniais, Granja Vista Alegre e Praia, que permitirá a ligação desses bairros a região de Nova Contagem, Retiro, Darcy Ribeiro e Esmeraldas e a avenida João César de Oliveira sem ter que passar pelo Centro Histórico da cidade.
Data: 26/07/2013
Edição: 229
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Contagem é referência nacional em ginástica de trampolim

A Prefeitura de Contagem re cebeu, na terça-feira os atletas de ginástica de trampolim da cidade que tiveram uma participação destacada no campeonato brasileiro da modalidade, disputado em Itabira, no início do mês. A equipe de ginástica do município é destaque em todo o país, sempre conquistando bons resultados em competições nacionais e internacionais. O prefeito Carlin Moura parabenizou a equipe pela dedicação e bons resultados. “Sou um torcedor fanático da nossa equipe de ginástica. A modalidade combina esforço pessoal dos atletas com trabalho coletivo dos treinadores. Parabenizo atletas, treinadores e os pais pelos bons resultados”. A treinadora Cristina Trópia ressaltou a dedicação e trabalho de todos para as conquistas. “Levamos o nome de Contagem para todo o país. Nossa cidade é referência nacional em ginástica de trampolim. Para isso, trabalhamos muito. Nossos atletas treinam, diariamente, quatro horas por dia”. O secretário de Esporte e Lazer, Paulo Prado, lembrou o esforço feito pela melhoria nas condições de treinamento da equipe. “Estamos buscando parcerias e convênios com o Estado e o governo federal para melhorar a infraestrutura, com equipamentos de alto nível para nossos atletas”. Novo centro O prefeito Carlin Moura informou aos atletas e treinadores que a administração está buscando um novo local para abrigar o centro de treinamentos da equipe de ginástica de trampolim da cidade. A ideia é que o local seja referência nacional na modalidade. “Em um curto espaço de tempo teremos um local definitivo para abrigar o centro de treinamento. Estamos trabalhando arduamente nisso”. A treinadora Cristina Trópia informou que a Confederação Brasileira de Ginástica se comprometeu a apoiar a criação de um centro de referência da modalidade na cidade. “Há uma promessa da CBG em apoiar essa demanda. Inclusive em trazer para o centro equipamentos de nível internacional. Além disso, o local serviria de base de treinamentos para uma equipe internacional que vier competir nas Olimpíadas de 2016”. Campeões Contagem levou ao torneio nacional 21 atletas com idades entre nove e 13 anos. E a equipe conquistou resultados expressivos em todas as modalidades disputadas, tanto nas competições individuais, quanto coletivas. Os jovens Vitor Ferreira Camargos e João Francisco Dorim Fonseca, ambos de 12 anos, foram campeões brasileiros em 2013. Eles foram também campeões Panamericanos em 2012, no México, além de terem vencido o campeonato nacional do ano passado, em Volta Redonda. Os garotos destacaram a importância do esporte na vida deles. “Já praticamos ginástica há mais de cinco anos. Mesmo com a rotina intensa de treinamentos, gostamos muito”. Estiveram presentes na visita à prefeitura o treinador Rodrigo Bachur, que também é atleta com destaque nacional, pais e atletas, além do vice-prefeito João Guedes.
Data: 28/06/2013
Edição: 228
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Audiência discute violência contra a mulher contagense

Diante do aumento dos casos de agressões contra mulheres no município de Contagem, a Câmara Municipal sediou, no último dia 13, uma audiência pública que debateu o enfrentamento da violência contra as mulheres. O encontro foi solicitado pelas vereadoras Silvinha Dudu (PCdoB), Glória da Aposentadoria (PRTB) e Isabella Filaretti (PTB). A audiência contou com a presença do vereador Beto Diniz (PCdoB), que na ocasião representava o presidente da Câmara, Gil Antônio Diniz - Teteco (PMDB), e também dos parlamentares Jair Tropical (PCdoB) e Capitão Fontes (PSD). Além disso, os debates tiveram a participação da deputada federal Jô Moraes (PcdoB), do secretário municipal de Direitos e Cidadania, Pastor Silva, da coordenadora municipal de Políticas para as Mulheres, Diomara Dâmaso, das delegadas da Delegacia Especializada de Mulheres de Contagem, Laíse Aparecida Rodrigues e Marina Cardoso Nascimento, além da Capitão PM Deise e do Major Cléber, representando respectivamente o 18º e o 39º Batalhões de PMMG. Silvinha Dudu, que presidiu o encontro, começou explicando os motivos que levaram à solicitação da audiência. Segundo a vereadora, no mês de março foram realizados, junto com a deputada Jô Moraes e líderes comunitárias, diversos debates sobre a violência contra as mulheres na região do Ressaca e Nacional, e a audiência representava, portanto, mais um passo para a consolidação de uma campanha municipal de enfrentamento dos crimes contra as mulheres contagenses. “Em briga de marido e mulher a gente mete a colher sim!”. Com essas palavras, a deputada Jô Morais, que também é presidenta da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Violência Contra a Mulher, enfatizou a necessidade da discussão e da luta contra as agressões físicas, morais e sexuais contra o sexo feminino. “Estamos num cotidiano de violência que faz com que o estupro, por exemplo, pareça coisa comum. Mas a violência contra as mulheres é uma situação grave da qual precisamos tomar consciência”. Além disso, Jô Moraes também explicou a importância de unificar as políticas públicas e mobilizar a sociedade para tornar mais ágil e eficiente os investimentos do combate a esse tipo de violência. Para isso, a deputada sugeriu a formação de um comitê interinstitucional de enfrentamento à violência contra a mulher, envolvendo associações, lideranças, polícias civil e militar, estado e município. Desafios A Delegada Laíse Aparecida, que assumiu a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher em Contagem em fevereiro deste ano, ressaltou a dificuldade de atuação diante de uma estrutura precária. “Hoje trabalhamos atendendo prioridades, porque temos apenas uma viatura, dois escrivães e sete investigadores (...). Uma delegacia com estrutura precária, logicamente deixa a desejar. Precisamos de apoio e recursos não só do Governo Estadual, mas também do município, com a formação de redes de enfrentamento fora da esfera policial, além das redes de atendimento à saúde da mulher, etc. A delegacia não resolve tudo sozinha, somos uma rede e precisamos trabalhar juntos”, finalizou a delegada. Para Jô Morais, a CPMI da Violência Contra a Mulher já constatou que, por todo o Brasil, a grande dificuldade das autoridades na batalha contra esse tipo de violência é a falta de estrutura para as instâncias. “Em Contagem, por exemplo, temos que batalhar por uma vara especializada para atender os casos de violência contra a mulher. A segunda mobilização é a imediata colocação de uma defensora pública aqui. Temos 20 defensores e nenhuma mulher. E também devemos fortalecer o espaço “Bem- Me-Quero”, com a construção do Centro de Referência de apoio à Mulher”, concluiu a deputada. O espaço “Bem-Me-Quero” é um equipamento municipal de acolhimento de mulheres vítimas de violência. Inaugurado em 2007, ele oferece intervenção jurídica, social e psicológica a essas pessoas. De acordo com Diomara Dâmaso, Contagem já apresentou avanços com relação ao combate à violência contra as mulheres, mas ainda há muito que fazer. Dentre as várias necessidades listadas por Diomara, destacam-se a implantação do plantão 24 horas da Delegacia Especializada de Atendimento às Mulheres e a busca pelo Serviço de Responsabilização e Educação do Agressor, prestado pelo Governo do Estado em várias cidades de Minas Gerais. A audiência foi finalizada com a perspectiva da realização de outros encontros e debates sobre o tema da violência contra a mulher. Silvinha Dudu terminou o encontro dizendo que as audiências devem acontecer também dentro das comunidades, para facilitar o acesso das próprias mulheres que, muitas vezes, não podem se deslocar até a Câmara. Números Atualmente existem 2.245 inquéritos policiais em andamento na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Contagem. Lá, são atendidas cerca de dez mulheres por dia vítimas de agressão. Por mês, o número chega a 50 atendimentos. A Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher fica na Rua Manoel Teixeira de Camargos, nº 63, Eldorado.
Data: 21/06/2013
Edição: 227
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Autoridades de Segurança Pública discutem o uso de arma de fogo pela Guarda Muni

Nove mil ocorrências atendidas em 2010, quase 11 mil em 2011, 12 mil em 2012 e quase seis mil de janeiro de 2013 até agora. Estes foram alguns dos dados relativos à atuação da Guarda Municipal de Contagem (GMC) apresentados durante audiência pública realizada no plenário da Câmara Municipal nesta quarta-feira. O objetivo do encontro foi debater o uso de armas de fogo por parte da Guarda Civil Municipal de Contagem. Os números apresentados pelo Presidente da Associação dos Guardas Municipais de Contagem (AGMC), Arlindo Junio de Almeida, foram usados para reforçar a importância da GMC no combate à violência e a necessidade da instrumentalização dos Guardas para a efetiva ação em segurança pública no município. A audiência foi solicitada pela Secretaria Municipal de Defesa Social e o requerimento encaminhado à Câmara pelo vereador Beto Diniz (PCdoB). Os trabalhos foram orientados pelo secretário da pasta, José Rodrigues da Silva, que abriu a audiência explicando a importância da entidade para a sociedade. “Nossa Guarda Municipal é instrumento fundamental de segurança pública de Contagem. Não só aqui, mas no país inteiro ela se destaca por sua importância no equilíbrio da segurança. Suas atribuições dizem respeito à segurança preventiva, o que vai muito além da prerrogativa de proteção patrimonial”, enfatizou o secretário. Dentre os participantes, estavam o Comandante da Guarda Municipal de Contagem, Capitão QOR William Cesário de Souza; o vereador de Belo Horizonte e delegado Edson Moreira dos Santos; o delegado de homicídios de Contagem, Alex Freitas Machado; o presidente do Sindicato dos Guardas Municipais do Estado de Minas Gerais, Pedro Bueno; Guarda Municipal Naval, representando a Guarda Municipal Civil de São Paulo; Cabo Coelho, presidente do Centro Social dos Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Minas Gerais (CSCS); além de representantes de escolas municipais, do Sistema Prisional e outras entidades ligadas à Segurança Pública. Representando o Legislativo, os vereadores Beto Diniz, Capitão Fontes (PSD) e Rodinei (PT). Guardas Municipais dos municípios de Betim, Sete Lagoas, Ribeirão das Neves, Belo Horizonte e Três Marias também participaram do encontro. As discussões e defesas do uso de armas de fogo por parte dos Guardas Civis Municipais de Contagem, no geral, foram embasadas em dois aspectos: o primeiro diz respeito ao potencial aumento da segurança pública da cidade e o segundo à segurança pessoal dos Guardas, que atendem a ocorrências com alto grau de periculosidade sem contar com armas. De acordo com o Comandante da GMC, o armamento é necessário e já é resguardado por duas legislações municipais: a Lei Complementar nº 023/2006, que dispõe sobre a criação, a organização e a estrutura da Guarda Municipal de Contagem, e a Lei Complementar nº 089/2010, que dispõe sobre o Sistema Municipal de Defesa Social e Prevenção à Violência e sobre a organização administrativa da Secretaria Municipal de Defesa Social. O armamento, segundo William Cesário, se daria de forma gradual e, mesmo assim, “antes do uso da arma, a Guarda vai continuar a utilizar outras formas de controle e intervenção. O uso da arma se daria em situações extremas”, explicou o Comandante, garantindo que as abordagens da GMC continuariam baseadas em verbalização e uso de armas não letais. Além disso, o comandante destacou que o processo de formação de um guarda municipal é extremamente complexo, seguindo o padrão exigido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública. Já Arlindo Junio destacou que o treinamento da GMC é feito pela PMMG e pelo exército, não havendo, portanto, receios sobre a preparação dos Guardas Civis em relação à utilização de armas de fogo. “Mesmo indefesos, não estamos inoperantes. Mesmo diante de situações adversas de insegurança, estamos produzindo resultados satisfatórios”, concluiu Capitão William, listando uma série de ocorrências em que os Guardas Municipais chegaram antes da Polícia Militar e agiram sem qualquer possibilidade de defesa diante de bandidos armados. O vereador Capitão Fontes destacou que as leis precisam se adequar às mudanças e novas necessidades dos cidadãos diante do aumento da criminalidade. “Eu julgo que a nossa Guarda está apta a ser armada”, afirmou. Beto Diniz também mostrou apoio à causa, colocando-se à disposição para mais discussões sobre o tema. “A Guarda Municipal serve para proteger o patrimônio, mas o patrimônio mais importante é a vida”, finalizou. Por fim, o vereador Rodinei disse que foi perguntado se não tinha medo da Guarda Municipal armada. “Mas eu tenho medo é do bandido que não tem preparo e está armado”, respondeu, dando exemplo da operação feita recentemente pela Guarda Municipal numa escola municipal no bairro Novo Retiro, que havia sido assaltada e os Guardas alcançaram os assaltantes e recuperaram os bens roubados. Dando o exemplo da Guarda Civil Municipal de São Paulo, armada desde o início de suas operações, há 28 anos, o vereador e delegado Edson Moreira lembrou que a luta se estende também a Belo Horizonte, onde, segundo Edson, as armas já estão compradas, esperando somente a autorização para serem distribuídas aos Guardas.
Data: 17/05/2013
Edição: 226
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Prevenção motorizada amplia ações de Segurança na cidade

Para ampliar as ações de combate à criminalidade, Contagem passa a contar, a partir de agora, com o Grupo Especializado em Prevenção Motorizada (Gepmor), composto por 30 motociclistas. Esta é mais uma estratégia do comando da 2ª Região de Polícia Militar para reduzir os crimes contra o patrimônio público, por meio da antecipação, visibilidade e presença. O grupo especializado vai atuar coibindo roubos e realizando o patrulhamento ostensivo em toda a cidade. Dos 19 comandados da 2ª RPM, Contagem é o primeiro município a ter o Gepmor. O segundo será o município de Betim. O prefeito Carlin Moura participou do lançamento do grupo, na sede da 2ª RPM, no bairro Novo Eldorado, de onde o Gepmor saiu em suas motos. Ele parabenizou a PMMG e o governo estadual pela criação do grupo especializado. Segundo o prefeito, a redução dos índices de violência só é possível com as parcerias entre os órgãos de defesa, as entidades e a população. “A segurança pública é um desafio permanente”, frisou. O prefeito lembrou que neste primeiro semestre entrou em contato com as instâncias governamentais estadual e local, de comandos da Polícia Militar e chefias da Polícia Civil, no intuito de colocar a cidade como prioridade da polícia. A Prefeitura de Contagem tem realizado vários investimentos para ampliar as ações de segurança pública. A atual administração firmou convênio com o Estado para ampliação do videomonitoramento em vias públicas, com a aquisição de 92 novas câmeras. Também admitiu 70 novos guardas municipais, já aprovados no último concurso público, fortalecendo ainda mais a Guarda Municipal. “É somando forças que vamos garantir mais tranquilidade para as nossas famílias”, destacou. Patrulhamento em motos O comandante da 2ª RPM/MG, coronel José Amilton Campos, disse que o objetivo do Gepmor é reduzir os índices de criminalidade e aumentar a segurança das comunidades, do comércio e da população. Informou ainda que os policiais que compõem o Gepmor foram selecionados para exercer este patrulhamento específico. O Gepmor soma aos projetos já executados em segurança pública que são desenvolvidos em toda a cidade: Patrulha de Prevenção e Reação a Assaltos a Bancos; Grupo Especializado em Policiamento em Áreas de Risco (Gepar); Patrulha de Atendimento Comunitário e a Patrulha de Prevenção Ativa. Presentes ao evento de lançamento do Gepmor, o secretário de Defesa Social, José Rodrigues da Silva; o coordenador de Gestão do Centro Integrado de Defesa Social do município, Coronel QOR Paulo Antônio dos Santos; o comandante da Guarda Municipal de Contagem, Capitão QOR William Cesário de Souza; o chefe do 2º Departamento de Polícia Civil de Contagem, Marco Silva Luciano; a representante da 1ª Delegacia Regional de Contagem, Cinara Rocha; o vereador Cláudio Santos Fontes; os comandantes dos batalhões da PMMG sediados em Contagem, dentre outras autoridades.
Data: 03/05/2013
Edição: 225
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Nasce a Associação dos Jornais de Contagem

Foi fundada, no mês de abril a Associação dos Jornais de Contagem - Ajocon, antigo desejo dos proprietários de mídia impressa e eletrônica da cidade. A Associação nasce forte, com a adesão imediata de 12 veículos, e será presidida pelo jornalista Ciro Carpentieri, dos jornais Folha de Contagem e Folha das Gerais. Os demais integrantes da diretoria são: vice-presidente: Geraldo Evangelista (Gazeta de Contagem), 1º Secretário: Hamilton Reis (Fato), 2º Secretário: Washington Duarte (Perfil), 1º Tesoureiro: José Antônio Borba (Jornal Regional Contagem), 2º Tesoureiro: Edison Tadeu (Contagem em Ação), Conselheiros: Welber Moreira (Notícias de Contagem), Hitagyba Carneiro (Tribuna de Contagem), Flor Possidônio (Notícias de O Estado), Robson Rodrigues (Diário de Contagem On Line). Entre os propósitos da Ajocon estão o fortalecimento dos seus associados, a representação em negociações com os órgãos públicos, além da regulação da prática comercial de seus membros. A diretoria eleita aprovou também na assembleia de fundação, realizada no Clube Yucca, no Fonte Grande, um código de ética a ser cumprido pelos associados. Entre os critérios considerados para a filiação na Ajocon está a regularidade na periodicidade, a circulação na cidade e existência da publicação há mais de dois anos. Na reunião, ao serem colocados esses critérios, foi relembrada um pouco da história dos periódicos contagenses, entre eles “O Movimento”, de 1915 e as experiências da década de 1970 e 1980 representadas pelo Jornal dos Bairros e pelo Jornal da Indústria. “O jornal local é importante porque valoriza a cidade e o que ela tem a oferecer a seus habitantes. Retrata os pontos positivos e que interessam diretamente a comunidade, que normalmente só se vê retratada na mídia diária da capital através de notícias negativas. Por isso, a imprensa de Contagem precisa ser respeitada e valorizada”, aponta o presidente da Ajocon, Ciro Carpentieri
Data: 26/04/2013
Edição: 224
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
MINAS VAI A BRASÍLIA E PRESSIONA CONGRESSO

Representando os mais de 400 mil mineiros que aderiram à campanha Minas Assina + Saúde, liderada no Estado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), o presidente do Parlamento de Minas, deputado Dinis Pinheiro (PSDB), acompanhado do presidente da Comissão de Saúde, deputado Carlos Mosconi (PSDB), de parlamentares mineiros e demais lideranças, entregou nas mãos do presidente da Câmara Federal, deputado Henrique Alves (PMDB-RN), um cheque simbólico com 439.422 assinaturas. O abaixo-assinado é parte do movimento nacional Saúde + 10, que visa à apresentação de projeto de iniciativa popular que aumente em 10% os investimentos empregados pela União no setor. A entrega foi durante um ato em defesa da saúde pública, realizado na última quarta-feira, em Brasília (DF). Para Dinis Pinheiro, apesar de expressiva, a contribuição de Minas Gerais pode ser ainda maior e a intenção é que somente o Estado possa chegar ao número de um milhão de assinaturas. “Até agora, os mineiros foram muito sensíveis e abraçaram com bravura essa importante causa de todos nós, mas estamos certos de que ainda podemos mais, muito mais e vamos, sob as bênçãos do Pai celestial, redesenhar este quadro de agonia e ineficiência do nosso sistema de saúde pública, porque o Brasil justo e solidário é o que trata a saúde com carinho, com amor e com responsabilidade”, defendeu o presidente da ALMG. Ao todo, o movimento nacional já recolheu 1,25 milhão de assinaturas. Ao receber o montante das assinaturas de Minas, o presidente da Câmara, Henrique Alves, destacou que para funcionar bem, o sistema de saúde no Brasil carece de, além de boa gestão, de mais recursos para que Estados e municípios possam atender bem à população. “Entendo a saúde como a prioridade das prioridades e talvez essa seja a causa mais aguda e dramática do povo brasileiro. Contem com a nossa solidariedade e sensibilidade para que encontremos um caminho”,salientou. Alves lembrou também que foi instalada na Câmara dos Deputados, na quarta, comissão especial a fim de discutir o financiamento da saúde. O grupo terá prazo de 40 sessões para elaborar uma proposta. Caminhada A caravana de Minas, que levou o maior número de pessoas, se juntou a representantes de várias partes do País, na Catedral Metropolitana, de onde saíram marchando rumo à Esplanada dos Ministérios. Durante a caminhada, em pronunciamento, o presidente da ALMG imputou o quadro de caos e ineficácia da saúde no Brasil à má distribuição de recursos aos entes federados por parte da União. “Hoje, Estados e municípios vivem em estado de agonia, reféns de um modelo perverso e injusto. Logo a União, detentora de 70% dos recursos provenientes de tributos, está desobrigada de investir percentuais mínimos e afixados por lei. É urgente e inadiável que revertamos este quadro de verdadeira calamidade”, frisou. Caravana da Saúde A ALMG aderiu ao Movimento Nacional em Defesa da Saúde Pública há um ano, ocasião em que lançou a campanha Minas Assina + Saúde, com vistas ao recolhimento de assinaturas para o abaixo-assinado que viabilizará o projeto de lei de iniciativa popular que pretende obrigar a União a investir mais recursos na saúde pública. Desde então, a Caravana da Saúde (como ficou conhecida a interiorização do movimento em Minas) vem percorrendo várias cidades do Estado. Em 2012, foram 10 os municípios visitados e, para 2013, estão previstas visitas a mais 12 cidades. A iniciativa tem a participação de diversas entidades, como a Associação Médica Brasileira, a OAB nacional, a CNBB, a Federação das Indústrias e a Associação Mineira de Municípios, entre outras.
Data: 12/04/2013
Edição: 223
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Novidades marcam os 100 dias de governo

Redução da jornada de trabalho do quadro administrativo da educação para 30 horas; cumprimento do piso nacional para os agentes comunitários da saúde e de endemias; chamada dos 64 guardas municipais do último concurso público; início das obras do Restaurante Popular para este ano e a entrega do Kit-Escolar para os alunos dos ensinos infantil, fundamental e das creches a partir da próxima semana. Essas foram as ações imediatas que o prefeito Carlin Moura anunciou nesta quarta-feira, em evento que marcou os 100 dias de governo. O prefeito ressaltou as ações já realizadas pela atual gestão e apresentou as metas e diretrizes do governo para os próximos anos. Uma gestão baseada no Plano Estratégico de Governança sob os eixos estruturantes do Desenvolvimento, Modernização, Participação Popular e Transparência. Carlin Moura anunciou também uma reforma administrativa que será encaminhada ao legislativo, com o objetivo de modernizar a administração pública, com a criação de duas novas secretarias municipais: a Secretaria de Comunicação e Transparência e a Secretaria da Pessoa com Deficiência, Mobilidade Reduzida e Idoso, sem onerar o município. Reforma administrativa Dentre as medidas da nova reforma, também estão, o fortalecimento da Fundac (Fundação Municipal de Cultura) e da Fundação Parques e Áreas Verdes de Contagem (Conparq), que assume a limpeza da cidade. A atual Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SMDU) se transformará na Secretaria Municipal de Regulação Urbana e Habitação e será criado o Instituto Municipal de Planejamento Urbano. O prefeito falou ainda do fortalecimento das administrações regionais. Outra iniciativa anunciada, a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer incorporará a pasta de juventude, se transformando na Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude. A contabilidade da Prefeitura de Contagem será subordinada à Secretaria Municipal da Fazenda e fiscalizada pela Controladoria Geral do Município, além de passar a ter vocação preventiva. Também serão fortalecidas as ações de participação popular, com a continuidade do Gabinete Itinerante, a implantação do Planejamento Participativo e o fortalecimento do Orçamento Participativo. Carlin Moura enfatizou a importância do investimento na cidade. “O investimento é a pedra fundamental para o desenvolvimento. Precisamos buscar novos recursos para o município e resolver o entrave da dívida pública, problema da maioria das grandes cidades do país”. Modernização Em discurso, o prefeito informou os projetos prioritários da atual administração nas diversas áreas de atuação. Em relação ao tripé desenvolvimento econômico, social e urbano, Carlin Moura ressaltou os projetos de mobilidade urbana e as prioridades da atual gestão. “Já fomos a Brasília três vezes esse ano. Contagem está inserida no PAC 2, e temos uma verba de R$ 194 milhões para obras estruturantes”. No âmbito social, a prefeitura fará um grande programa habitacional, com o objetivo de entregar cerca de 598 casas até o final de 2014. Outra medida foi a retomada das obras da nova maternidade municipal com entrega prevista até o final do ano e as obras do Pronto-Socorro do JK. O prefeito anunciou ainda a reestruturação e ampliação das unidade escolares municipais e da Funec. Para o desenvolvimento econômico, a prefeitura irá elaborar o Plano de Desenvolvimento Integrado de Contagem, implantará o Cecon, o maior complexo industrial do nosso município e promoverá o fortalecimento das indústrias e empresas existentes, além da atração de novas. Identidade Visual A Prefeitura apresentou a nova logomarca da instituição. Ela representa o desenvolvimento com sustentabilidade, a modernidade, a participação e a transparência, os marcos da atual gestão. Simboliza a própria identidade da cidade, refletindo um conjunto de atributos que tem origem na história do município. A nova logo é formada na figura geométrica de um hexágono, elemento simétrico e harmônico, que transmite a sensação de estabilidade e força, incorporando também conceitos de equilíbrio e proteção. O logotipo é formado a partir de um hexágono central, que representa o coração do município, conferindo um caráter emocional à marca, expressando o orgulho dos cidadãos de Contagem por sua cidade. Este hexágono apresenta uma expansão em escala em anéis circulares. O anel na extremidade é uma representação estilizada de engrenagem. Ao mesmo tempo, sugere pessoas de mãos dadas “abraçando” uma causa, que é o futuro da cidade. As engrenagens são responsáveis por movimentar máquinas. Em Contagem, a união das pessoas é que move o município. Por isso, associa-se a cidade de Contagem a uma engrenagem fundamental para o desenvolvimento do Estado. O símbolo representa ainda o desenvolvimento de Contagem.
Data: 29/03/2013
Edição: 222
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Dengue avança sobre Contagem

O assunto principal da reunião plenária desta semana na Câmara Municipal de Contagem foi o aumento do número de casos da dengue em Minas Gerais. Alarmados com o surto da doença, os vereadores ressaltaram a necessidade de ações urgentes para o combate aos focos do mosquito transmissor em Contagem. A discussão foi iniciada pelo vereador William Barreiro (DEM), que apresentou requerimento solicitando que a Secretaria Municipal de Obras Públicas e Serviços Urbanos viabilize serviço permanente de coleta de lixo e entulho nas vilas e favelas do município. “As vilas e favelas de Contagem sofrem pela não existência de capina, varrição e recolhimento permanente de lixo. Com isso, aumenta o risco de enchente, dengue e outros males para a saúde da comunidade. Essa ação se faz necessária com urgência, em virtude ainda da epidemia de dengue que assola nossa cidade”, diz o parlamentar, em justificativa que acompanha o ofício. Para o democrata, a situação do município é mais séria do que as pessoas imaginam. “É realidade que Contagem hoje está sofrendo de calamidade com a epidemia, que está causando transtorno a todos os contagenses. Com certeza, todos nós temos algum familiar ou vizinho que já sofreu com essa doença. E a dengue é uma realidade que está matando”, disse William Barreiro. O vereador ressaltou, ainda, a necessidade de valorização dos agentes de endemias e de se envolver toda a população e as empresas na prevenção e na eliminação de possíveis criadouros do mosquito. E citou o conhecido Palácio dos Leilões, na região da Ressaca, como foco da doença, “por manter carros sucateados que acumulam água parada”, ambiente propício para a reprodução do mosquito. Diante dessa afirmação, o vereador Fredim (PRTB) pediu a palavra para falar sobre a importância de se responsabilizar os donos de terrenos pela limpeza e cuidados contra a proliferação da doença, e destacou a necessidade de o município recolher carros abandonados das vias. Além disso, revelou que encaminhará ofício à Secretaria de Saúde, pedindo a abertura dos postos de saúde também aos sábados, para atender à grande demanda da população, dentre os quais, os infectados pela doença. Os vereadores Rogério Marreco (PHS) e Alex Chiodi (PSB) também falaram sobre a necessidade de se envolver toda a sociedade nesta luta e de responsabilizar o poder público. Zé Antônio do Hospital Santa Helena (PT) e Rodinei (PT) lembraram, ainda, da urgência em dar melhores condições de trabalho para os profissionais de saúde e de melhorar o atendimento nas unidades de saúde do município. Encerrando o debate, o presidente da Câmara, vereador Teteco (PMDB), solicitou que a Comissão de Saúde do Legislativo acompanhe os desdobramentos dessa discussão e que o líder de governo, vereador Arnaldo de Oliveira (PTB), faça a interlocução com o Executivo nesse sentido. Em resposta imediata, Arnaldo anunciou que o presidente da TransCon, Agostinho da Silveira, estará na Câmara na próxima segunda-feira (25) para esclarecer a questão dos carros abandonados nas vias e parados nos pátios. O número de pacientes diagnosticados com dengue em 2013, em Minas, subiu 30% em apenas uma semana, saltando dos 37.450 registrados até o dia 21 para 48.720 até ontem. Em menos de dois meses, a quantidade de casos da doença superou em 4,36% os 46.681 notificados em 2012, segundo balanço divulgado ela Secretaria de Estado de Saúde (SES). O titular da pasta, Antônio Jorge de Souza Marques, admitiu que oito cidades vivem situação de epidemia e aponta o ressurgimento do sorotipo 4 do vírus como principal causa do aumento. Nos últimos dias, o número de óbitos causados pela dengue em todo o estado também sofreu grande acréscimo: dos seis registrados ate o dia 21, passou para 12 confirmados, quatro deles por dengue hemorrágica, o tipo mais grave da doença. O número já representa 70,6% dos 17 do ano passado. O secretário acredita que um dos motivos para a proliferação do mosquito transmissor da doença, o Aedes aegypt, foi o descuido de algumas administrações municipais. Muitas equipes de controle e vigilância do inseto teriam sido desmobilizadas entre o fim de 2012 e o início deste ano, por causa da substituição do prefeito. “Determinados municípios negligenciaram o combate ao vetor no segundo semestre do ano passado”, criticou. Marques afirma que a secretaria não planeja nenhuma medida emergencial para conter o mosquito. “Desde 2010, criamos uma ação permanente contra a dengue. Nossas ações são programáticas, estamos trabalhando o ano inteiro. Nosso maior foco é na assistência, para evitar que haja mortes”, explicou.
Data: 22/03/2013
Edição: 221
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Vereadores de Contagem defendem o fim da dupla função do motorista de ônibus

A proposição de autoria do vereador Rodinei Ferreira (PT), que deve ser colocada na pauta de votação nas próximas semanas, visa a proibir a prática no município. Segundo o texto que justifica o projeto, “o acúmulo de tarefas divide a atenção do motorista e representa mais uma ameaça à segurança dos passageiros e do trânsito em geral, além de provocar atrasos nas viagens, estimular assaltos, já que o dinheiro fica à vista e próximo à porta de entrada, aumenta o estresse do condutor, entre outros”. De acordo com uma matéria publicada na última semana em um jornal de grande circulação em Minas Gerais - e que foi muito comentada pelos vereadores na última plenária -, dos 298 coletivos gerenciados pela Autarquia Municipal de Transporte e Trânsito (Transcon), 35% (107 deles) extinguiram a figura do cobrador, deixando esta tarefa a cargo do próprio motorista. Na plenária do último dia 05 de março, o representante do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Contagem (Sittracon), Renato Correa dos Santos, utilizou a tribuna livre para defender o fim da dupla função. “A questão não é o motorista ou o cobrador, é a saúde da categoria e o fato de transportarmos vidas, que é a coisa mais preciosa, e para isto deveríamos estar equilibrados. O Código Brasileiro de Trânsito diz que você não pode atender o celular dirigindo, o motorista de ônibus não pode conversar com o passageiro, para não desviar a atenção, mas você pode cobrar, e isso é muito sério”, destacou. “Será que o cobrador vai onerar o sistema?”, questionou. Apoio à causa Vários vereadores externaram seu apoio à causa, mesmo antes do depoimento do representante do sindicato. Rodinei Ferreira, que faz ampla campanha pelo fim da dupla função nos coletivos, abriu o debate pedindo o apoio de todos os vereadores e destacando a importância de ampliar a discussão para todo o Estado. “Essa luta tem que se estender. Pedi para meu gabinete fazer inscrição na tribuna da Assembleia Legislativa, e peço para que pudéssemos entrar, assim que possível, com o projeto como iniciativa popular, pois não só Contagem, mas também a Região Metropolitana tem que dizer não à exploração do trabalhador e dizer que o nosso povo sabe dos seus deveres e de seus direitos. Pagamos uma das passagens mais caras do Brasil e temos que andar amontoados e sem segurança, e o motorista tem que cumprir dupla função ganhando a mesma coisa”, ressaltou o autor do projeto. Ex-cobradores de ônibus, os vereadores Leo Motta (PSL), Zé de Souza (PT) e Rogério Marreco (PHS) apoiaram, com propriedade, a causa. “Temos que chamar a Transcon, os usuários e os empresários que exploram o sistema, para pensar o transporte coletivo como um todo, pois queremos qualidade de vida para os trabalhadores que usam o transporte coletivo”, sugeriu o petista. “Temos que envolver todo mundo, inclusive deputados. A luta é árdua e não é um projeto que seria aprovado só no município, pois não existe empresa com linha apenas em Contagem”, disse Marreco, que é presidente da Comissão Externa de Transporte e Infraestrutura da Câmara. Outros vereadores que externaram publicamente seu apoio ao fim da dupla função e a outras iniciativas voltadas para o bem estar do usuário dos transportes coletivos foram Jair Tropical (PCdoB), Zé Antônio do Hospital Santa Helena (PT), Fredim (PRTB) e Alex Chiodi (PSB). E, concluindo a discussão do tema, o vereador Rodinei pediu que todos os parlamentares assinassem um requerimento convocando a Transcon e o DER/MG para uma audiência sobre o sistema de transporte público.
Data: 08/03/2013
Edição: 220
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Reunião discute A criação de terminal rodoviário INTERMUNICIPAL em Contagem

Com intuito de reforçar parcerias metropolitanas, o prefeito de Contagem, Carlin Moura, recebeu, no último dia 7/2, o vice-prefeito de Belo Horizonte, Délio Malheiros e o vereador de Contagem, Daniel Carvalho, ambos do PV. Na pauta, projetos de viés metropolitano para as áreas de saúde, obras, saneamento e mobilidade urbana. Foi discutida ainda a construção de um terminal rodoviário intermunicipal e interestadual que atenda aos contagenses e a outros municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). O prefeito Carlin Moura destacou a importância da criação de um terminal rodoviário e se colocou à disposição para estudar o projeto. “É uma proposta de extrema relevância para a cidade, para a qual o meu governo pretende se empenhar. Os gargalos relativos à mobilidade urbana extrapolam os limites municipais, portanto, é fundamental que façamos parcerias e que busquemos soluções comuns para a região metropolitana”, avaliou. Para o vereador Daniel Carvalho, que apresentou projeto à Câmara Municipal nesse sentido, quem reside em Contagem precisa passar por Belo Horizonte, antes de se deslocar para qualquer destino em outro estado e demais cidades mineiras. “Tal fato sempre foi um grande problema da Grande BH, pois além de sobrecarregar o município vizinho, tem gerado graves congestionamentos no trânsito local. A criação do terminal de passageiros será um grande ganho para todos de Contagem e para as cidades no entorno “, ressaltou. Parceria público-privada Para viabilizar o novo terminal rodoviário, Daniel Carvalho sugere a adoção de parceria público-privada. Pelo modelo, empresas arcariam com os custos do projeto e da obra, tendo como contrapartida o direito à exploração do terminal durante um período determinado de tempo. Após esse prazo, o terminal seria entregue ao poder público.
Data: 22/02/2013
Edição: 219
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Administradores regionais já contam com novas prioridades

O prefeito de Contagem, Carlin Moura, juntamente com o chefe de gabinete, Rodrigo Cupim, se reuniu com os oito administradores das regionais de Contagem, no último dia 11/01. Já no primeiro encontro, pediu aos administradores que priorizem os trabalhos preventivos de limpeza das vias e esgotos de suas respectivas regiões, como parte das ações do Comitê Gestor de Área de Risco (CGAR). Também orientou para estruturarem as regionais e retomarem os trabalhos cotidianos, como as sessões do Tribunal de Conciliação, além da emissão da Carteira de Trabalho e da Carteira de Identidade. Solicitou ainda a retomada dos trabalhos de fiscalização, já para o próximo final de semana, das três principais feiras da cidade que ficam nos bairros Eldorado, Amazonas e Nova Contagem. Por último, Carlin Moura orientou aos administradores regionais para que ajudem na divulgação da abertura do processo seletivo da Funec, em suas regiões. Foram nomeados para as oito regionais da cidade: Alessandro Henrique, Eldorado; José Carlos Menezes, Ressaca; Francisco Naldo, Nova Contagem; Ravilson Filho, Riacho; Gislane Andrade, Sede; Emerson Lopes, Petrolândia; Renato Barros, Nacional e Fátima Moreira (Fatinha), Industrial.
Data: 18/01/2013
Edição: 218
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Centro de Memória do Trabalhador

Prefeitura de Contagem e Direcional Engenharia assinam termo de doação para construção do Centro de Memória dos Trabalhadores e da Indústria de Contagem. Passado, presente e futuro reunidos num só lugar. Aconteceu no último dia 21 de dezembro, a cerimônia de entrega da escritura de doação do terreno do Centro de Memória dos Trabalhadores e da Indústria de Contagem e lançamento da pedra fundamental do empreendimento, que contou com a presença da prefeita Marília Campos e do governador de Minas Gerais, Antonio Augusto Anastasia. A prefeita recebeu o documento das mãos do diretor presidente da Direcional Engenharia, Ricardo Valadares Gontijo, empresa responsável pela construção, no imóvel da Avenida Marechal Castelo Branco, s/n – Cidade Industrial, onde funcionou durante duas décadas a Fábrica de Laminados de Ferro Lafersa, espaço que guarda em sua essência vestígios do desenvolvimento que a Cidade Industrial, o primeiro distrito industrial do Estado, trouxe para Minas Gerais, tornando-se o mais importante centro industrial do estado. A empresa, aberta na década de 70, funcionou até os anos 90, quando cessou sua produção. Desde então, o terreno está desativado. O memorial pretende homenagear os trabalhadores que se dedicaram ao crescimento econômico do município e por consequência, do estado de Minas Gerais. Ele será um centro de exposição que poderá abrigar, além da história da Lafersa, de todas as indústrias que fazem parte da memória contagense. O espaço cultural fará parte de um empreendimento maior que vai construir mais de duas mil unidades habitacionais, além de pontos comerciais e de serviços. A prefeita Marília Campos destacou a importância da construção deste centro exatamente na região que acolheu o primeiro distrito industrial de Minas Gerais, história da qual o empresário Ricardo Valadares Gontijo é memória viva. “Isso significa muito para nossa história – passado, presente e futuro se encontrando – especialmente por ser uma resposta positiva ao esforço que fizemos para preparar a cidade para receber novos empreendimentos, com destaque para obras como as do PAC Arrudas, do PAC Ferrugem, do PAC Barraginha, feitas em parceria com os governos Federal e Estadual e também a Prefeitura de Belo Horizonte”, realçou. Ela acrescentou que o empreendimento residencial anunciado pela Direcional Engenharia produzirá um alcance maior da ocupação do espaço urbano, fruto de um novo processo de reocupação que vem alterando o perfil das grandes cidades como Contagem. “Nosso Plano Diretor permitiu esse novo perfil, admitindo em áreas antes exclusivamente industriais, o adensamento residencial e, consequentemente, dos setores comercial e de serviços. Para as indústrias, já está em processo de licitação junto ao poder público estadual um novo distrito, o Centro Empresarial de Contagem – Cecon, em local mais apropriado da cidade que se preocupa também em ser mais sustentável na medida em que promove o desenvolvimento econômico e social”, conclui. O governador Antonio Augusto Anastasia elogiou a iniciativa da Direcional Engenharia, através de seu presidente, Ricardo Valadares Gontijo, “que com sua sensibilidade e senso de responsabilidade social lança este centro, um pavilhão destinado a atividades culturais que só pode ser aplaudido, inclusive por sua percepção histórica. Quem conhece o passado, interpreta o presente e sabe planejar o futuro”. Anastasia reconheceu mais uma vez a pujança do município, município de onde sai o gene do desenvolvimento de Minas Gerais, fazendo jus ao título de “locomotiva da economia mineira”. Ricardo Valadares Gontijo declarou-se honrado com a oportunidade de, como empresário, “ir além do construir casas, de gravar nosso nome na história da cidade para a qual temos muitos planos num futuro próximo. Ao olhar para este local, vejo arquitetura, beleza e história, que vamos ajudar a preservar” e agradeceu o apoio recebido da prefeita Marília Campos, reafirmando o compromisso com a construção de mais um sonho contagense. Após seu pronunciamento, o empresário e o arquiteto Fernando Pimenta, ao lado do governador Anastasia e da prefeita Marília Campos descerraram a placa alusiva à pedra fundamental do empreendimento. Ato contínuo, ele promoveu a entrega da escritura do terreno onde será erguido o Centro de Memória dos Trabalhadores e da Indústria de Contagem.
Data: 28/12/2012
Edição: 217
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Vereadores , prefeito e vice-prefeito eleitos EM CONTAGEM são diplomados pela Ju

A Justiça Eleitoral diplomou, no último dia 14, os novos vereadores, prefeito e vice-prefeito de Contagem, eleitos em outubro deste ano. Realizada na sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), no bairro Eldorado, a solenidade foi presidida pela Juíza do Foro Eleitoral de Contagem, Cláudia Luciene Silva Oliveira, que aproveitou a ocasião para cobrar melhores condições de trabalho para o poder Judiciário no município. “Acredito que os senhores esperavam uma solenidade com mais pompa, e a simplicidade deste local contrasta com os cargos para os quais os senhores foram eleitos. Entretanto, são nestas instalações simples e singelas, neste local pequeno e abafado, que os nossos funcionários trabalham e onde os eleitores vêm procurar seus direitos e seus documentos”, disse a jurista. “Se estas instalações não estão boas - embora sejam infinitamente superiores as da Justiça Comum - é sinal que muito há de ser feito, principalmente pelos senhores, que estão sendo diplomados e que iniciam uma nova fase na cidade”, completou Cláudia Oliveira. Logo após o discurso, os diplomas foram entregues ao prefeito Carlin Moura (PCdoB), ao vice João Guedes (PDT) e aos 20 vereadores presentes - apenas o vereador Avair Salvador (Gordo do Riachinho) se ausentou, por estar em tratamento médico. O documento reconhece a validade da eleição, e deve ser outorgado ao candidato antes de ele assumir o cargo público para qual foi eleito. Encerrando a solenidade, a juíza eleitoral cumprimentou os novos representantes do poder público. “Gostaria de parabenizar cada um dos senhores pela expressiva votação que tiveram e pela confiança que receberam dos eleitores. Acredito que os eleitores esperam dos senhores um mandato em que a transparência, a lisura e a honestidade prevaleçam. Como são os senhores que estão próximos ao povo e sabem os anseios de cada um, tenho a certeza de que não fugirão à luta”, concluiu. Sentimento de responsabilidade Após a solenidade, os eleitos ressaltaram a emoção em serem diplomados e o sentimento de responsabilidade inerente à ocasião. “A diplomação é o encerramento de uma etapa do processo eleitoral, e mostra o brilhante trabalho desempenhado pela nossa Justiça Eleitoral, que é a melhor do mundo. E é o coroamento do trabalho dos vereadores eleitos, do prefeito e vice-prefeito, que receberam o reconhecimento popular. Por isso, é um misto de emoção e responsabilidade”, destacou Carlin Moura. Tanto o vereador Arnaldo de Oliveira (PTB), que iniciará seu oitavo mandato, quanto o vereador eleito pela primeira vez Fredin (PRTB) demonstraram a mesma alegria com a diplomação. “Estar recebendo o diploma como vereador da terceira cidade de Minas - muitas vezes, a segunda -, oferecido pelos eleitores, pelos moradores da cidade, demonstrando confiança em nosso trabalho, é uma responsabilidade e uma emoção muito grande”, disse o primeiro. “A responsabilidade aumenta neste momento em que o TRE certifica o êxito alcançado nas urnas. Estou muito feliz e, de hoje em diante, tenho o compromisso de representar bem esta cidade”, completou Fredin. O atual presidente da Câmara, vereador Professor Irineu Inácio (PSDC), e o vereador Teteco (PMDB), que está cotado para assumir a presidência no próximo ano, também destacaram a importância da ocasião. “É um momento importante na vida da gente, pois este diploma carrega um simbolismo muito grande, e é o momento em que assumimos compromissos e responsabilidades com a vida da população”, disse Irineu. “Engrandece mais ainda nossa eleição e nossa luta pelo povo de Contagem. Com este diploma, estamos sendo ‘formados’ pela população”, concluiu Teteco.
Data: 21/12/2012
Edição: 216
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Contagem festeja a inauguração da decoração e luzes de Natal

Na noite do sábado, dia 24, a Praça da Glória, no bairro Eldorado, foi palco da cerimônia de inauguração da decoração e das luzes de Natal de Contagem. A festa, que contou com a presença da prefeita Marília Campos, reuniu, segundo a Guarda Municipal, cerca de seis mil pessoas. A abertura foi marcada pela apresentação da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, além de espetáculos circenses que cativaram o público como o Bloconeco de Catin e Cia. Navegante, da cidade de Mariana, com seu teatro de bonecos gigantes-anões. Em seguida, houve o grande cortejo da chegada do Papai Noel no carro do Corpo de Bombeiros. O bom velhinho recebeu de Marília Campos a chave da cidade e participou da contagem regressiva comandada pela prefeita para o acendimento das luzes, comemorada com palmas pela população. Em seu pronunciamento, Marília Campos lembrou que a decoração do fim de ano deve, além de embelezar a cidade, despertar bons sentimentos nas pessoas. “Nós caprichamos muito neste Natal com luzes por toda Contagem para que o próximo ano traga mais paz, solidariedade e prosperidade aos nossos cidadãos”, disse a prefeita. Para a costureira Cleni Maria Soares, 62 anos, a decoração de 2012 superou a todos os anos anteriores. “Há 30 anos moro próximo à Praça da Glória e ela nunca esteve tão linda, o quê muito nos comove”, declarou. A presença maciça ficou por conta das crianças. Ana Elisa Lelessi, de 11 anos, elogiou em muito todo o festejo. “Me encantei com as luzes das árvores em forma de chuva, assim como o show da orquestra”, confessou. O pequeno Tiago Carvalho, 9 anos, declarou ter ficado emocionado com tudo que viu na Praça da Glória: “achei muito legal ter conhecido a casinha do Papai Noel, nunca vi uma festa tão boa”. No próximo sábado, dia 1 de dezembro, a festa acontece na praça Tancredo Neves, a partir das 18h, com apresentação da Orquestra Jovem de Contagem, grupos teatrais e circenses.
Data: 30/11/2012
Edição: 215
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Final Revelando Contagem

O Concurso Foto- gráfico Revelando Contagem é um projeto cultural que nasceu em 2009 com o objetivo de valorizar as belas imagens da cidade de Contagem possibilitando aos participantes a oportunidade de desvendar, através das lentes, lugares inusitados e criativos. O concurso é uma realização da Prefeitura Municipal de Contagem, por meio da Coordenadoria de Cultura. O 4º Revelando Contagem superou todas as expectativas no quesito criatividade. Um dos nossos melhores resultados alcançados desde a primeira edição, em 2009, foi o desenvolvimento e a descoberta de muitos talentos. Depois do incentivo ao olhar para a cidade, nesta edição sugerimos aos participantes olhar para dentro dos “Quintais de Contagem”. Com duzentas e sessenta e sete fotos inscritas, o “Revelando Contagem” encerra sua 4ª edição com a certeza de que os objetivos foram alcançados com sucesso. A comissão foi formada por especialistas como fotógrafos profissionais, artístas plásticos e profissionais ligados à comunicação e à cultura. São eles: Rogério Silva, Marcelo Samurai, Kévia Raydan, Fernando Perdigão, Alexandra Ponsá, Robson Rodrigues, acompanhados pela coordenadora e mentora do projeto, Cristiane Teixeira. Reunidos avaliaram critérios que compreendem a criação e a estética da fotografia, e ainda como parte técnica a relação entre o tema e a foto, criatividade e qualidade. Premiação As premiações ofertadas pelo patrocinador Big Shopping foi de R$ 5.300,00. 1º lugar, R$ 2.500,00; 2º lugar, R$ 1.800,00; 3º lugar, R$ 1.000,00. Premiados 1º Prêmio: Aléxia Meireles 2º Prêmio: Wilson César Ferreira 3º Prêmio: Rafael Gonzaga dos Santos
Data: 23/11/2012
Edição: 214
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Projeto Arte NuBeco propõe intervenções artísticas nos becos do Bairro Eldorado

Os becos, que funcionam como via de acesso por pedestres às principais avenidas, ruas adjacentes e à estação do metrô de Contagem, enfrentam problemas de segurança, manutenção e limpeza. A falta de manutenção dos becos, que acabam sendo usados como sanitários a céu aberto ou depósitos de lixo e entulho, atrapalha a vida da população. Outro problema grave é a utilização desses espaços como ponto de uso de drogas. Diante de tantos problemas, é possível melhorar o cotidiano de utilização dos becos? Para a ONG Bangalô Cultural, a recitalização desses espaços é possível por meio do projeto Arte NuBeco. Criado a partir de um mapeamento colaborativo na região de Contagem, o projeto propõe melhoria urbanistica e segurança para os becos do bairro Eldorado. Em agosto, foi realizado o primeiro mutirão. O beco escolhido fica à altura do nº 1328, da Avenida João César de Oliveira, em frente ao Big Shopping. Local de passagem de muitas pessoas, o espaço recebeu uma limpeza, cujos materiais foram custeados pelos próprios moradores dos arredores. Após a remoção do lixo, as cores do grafite ocuparam os muros. As atividades seguiram embaladas pela programação artística organizada pelo Bangalô Cultural. O último mutirão aconteceu no sábado dia 20 de outubro, às 16h, no beco localizado na av. João César de Oliveira, altura do nº 400, que dá acesso Á Av. José Faria da Rocha, 269. Além da limpeza e do grafite, também foram realizadas apresentações artísticas e exposições. Para assegurar a manutenção das áreas, o Bangalô Cultural tem como proposta as “Parcerias Populares”. Isso significa dividir as funções, de modo que a Administração Pública arque com o material de construção, mão-de-obra e maquinário necessários para revitalização dos becos, ao passo que a população e comerciantes locais colaborem com a fiscalização dos benfeitores. Paralelo aos mutitões, o o Bangalô Cultural procura colaboradores para discutir estratégias que relacionem a melhoria dos espaços ao bem estar da população. O objetivo dessas conversas é viabilizar a realização de outras atividades culturais e atribuir novos significados e funções para este importante espaço público, os “becos”. Para os idealizadores do projeto, é necessária a requalificação de toda a área pública dos becos com novo desenho para as calçadas, iluminação pública, lixeiras e tratamento das empenas laterais. A proposta do grafite é possibilitar que cada beco tenha sua peculiaridade, sendo elemento identificador da quadra. Embora desde 1995 exista a Lei Municipal 2724, que dispõe sobre a nomenclatura dos becos existentes no bairro Eldorado, nenhum beco do bairro possui uma placa de identificação. Tal aspecto impossibilita as pessoas de identificarem as passagens da região pelo nome.
Data: 26/10/2012
Edição: 213
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Garota Comerciária 2012

O Concurso Garota Co- merciária é uma promoção do SINTRACC que, pelo 7º ano consecutivo, acontece em Contagem,envolvendo comerciários e comerciantes. O objetivo é eleger a mais bela comerciária do município através de um concurso que teve participação de familiares, amigos, comerciantes e comerciários. O evento aconteceu na noite de 29 de setembro no Sesc Laces Contagem/Betim, no bairro Novo Riacho e contou com a participação de 23 lindas garotas. Cada uma levando sua beleza e simpatia especial a seu modo. Foi uma tarefa difícil para os jurados eleger a garota comerciária pois entre morenas, mulatas e louras, todas elas portavam elegância e beleza. Os quesitos para eleger a felizarda da noite foram beleza de rosto, harmonia física, andamento e postura. As participantes e suas respectivas lojas Ana Clara Ferreira - Cazo Cosméticos Ariane Dutra - TRT Bianca Martinho - Lojas Rede Daniela Aparecida - Tambasa Edmara Pereira - Damiller Evillin Fontineli - O Boticário Itala Vanessa - Tennily Jane Herculano - Mega Fort Jéssica Souza - Tambasa Jokesia Cris - Super Cosméticos Katiane Ribeiro - Loja Zero Keivilane Martins - Sonho dos Pés Lidiane Santos - Mega Fort Loreny Kathleen - CEMA Naiara Camila - Elmo Calçados Nayara Kelly - Ponto da Prata Rafaela Beatriz - Magnus Supermercado Raquel Miranda - Mardelle Lingerie Raquel Tirone - TRT Scarlet Santos - Ricardo Eletro Tamires Marinho - Ponto da Prata Thais Thuany - Damyller Weslaine Queirós - Tambasa Das 23 lindas garotas que ali estavam, as três primeiras colocadas foram: 1º lugar: Thais Thuany - Damyller ; 2º lugar : Ana Clara Ferreira - Cazo Cosméticos; 3º lugar: Loreny Kathleen - CEMA Ariane Dutra da TRT Tribus, do Itaú Power, foi eleita a Garota Comerciária Simpatia 2012. A eleição ocorreu com os votos das próprias concorrentes em clima de amizade e união. Segundo o presidente do SINTRACC Ronaldo Gualberto, as garotas mereceram todo o esforço e dedicação da equipe do sindicato e parceiros pela competência e serviços prestados ao comércio e clientes de Contagem e região. Agradeceu a todos os parceiros que ajudaram a abrilhantar o evento, das garotas que foram o foco da noite e seus amigos e familiares que incentivaram, participaram e até levaram torcida organizada e em especial a Shirley Magalhães, diretora do Sintracc. Na oportunidade Ronaldo anunciou que em breve será lançado um Hotel Fazenda do trabalhador do comércio (SINTRACC) prevista para fevereiro de 2013. O evento contou com apresentações do grupo Companhia Roberto Poles (Academia de Dança Eldorado) com variadas danças de salão que prenderam a atenção do público. Encerrando a noite com um estilo bem popular houve show com o grupo Ollodum Samba, que fez o público cantar e dançar. A querida Vivian Graice Bassi Silva, supervisora de serviços do Sesc Contagem/Betim esteve entre os jurados. Vivian não mede esforços para que todos os eventos que ocorrem no Sesc, sejam muito bem organizados e agradáveis. Grupo Ollodum do Samba O grupo foi criado em 2010. A banda se formou quando o vocalista Anderson Ollodum deixou o Grupo Karikatura e convidou o amigo Hugo Vilaça para criarem um projeto de samba. Composto por sete músicos, Fabão (cavaquinho), Cézar (Violão de sete cordas), Júnior (sax), Valmir (Tantã), Jonathan (pandeiro), Lagosta (surdo). O o produtor é Leonardo Lara. Também fazem parte Hugo Vilaça e o vocalista e percurssionista Anderson Ollodum. O Ollodum Samba tem a influência dos sambas enredos das escolas de samba do Rio de Janeiro, além de Zeca Pacodinho, Martinho da Vila e João Nogueira. O grupo vem se apresentando em grandes eventos, eles tem estilo próprio além de tocarem sucessos já conhecidos na música brasileira. Já se apresentaram em disversos eventos, como casamentos, casas noturnas, eventos políticos, Diamond Mall dentre outros. Os rapazes sonham crescer ainda mais e esperam comemorar em grande estilo seus três anos que já podem ser considerados como três anos de sucesso e como resultado programam a gravação de um CD em 2013. Afirmam que precisam de apoio de patrocinadores e toda a ajuda será bem vinda. Eles são fãs de Zeca pagodinho, Mart’nália e Arlindo Cruz. Sempre executam músicas deles em seus shows, por exemplo não pode faltar as seguintes faixas: “O bem, de Arlindo Cruz; Ogum, de Zeca Pagodinho e Cabidê, de Mart’nália. E falando nos shows e apresentações da noite do Concurso Garota Comerciária, vale a pena comentar sobre os benefícios dos vairados tipos de dança de salão que hoje novamente estão tomando conta das academias e estão sendo foco para melhorar também a qualidade de vida da 3ª idade. Dança de Salão Nos últimos tempos, a dança de salão vem tomando um lugar de destaque como uma atividade física que proporciona bem-estar e melhoria na qualidade de vida aos praticantes de diversas faixas etárias. Os benefícios da prática desta atividade física, tais como melhora na coordenação motora, ritmo, memória, flexibilidade, equilíbrio, concentração, resistência e a força muscular e postura. A Dança de Salão também produz melhorias nas funções vitais do organismo como digestão, respiração e circulação, enfatizando-se o condicionamento cardio-respiratório. Trabalha harmonicamente o corpo todo, deixando-o saudável e bonito, aumentando a auto-estima. Desta forma, combate o estresse, gerando bem estar. Entretem de forma gostosa, traz desenvoltura ao praticante, favorecendo a sociabilização.
Data: 05/10/2012
Edição: 212
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Contagem ganha Centro de Referência sobre Álcool e Drogas

Mais uma importante parceria com foco no uso e abuso do álcool e outras drogas foi oficializada neste mês de setembro. Desta vez, o projeto corresponde à implantação de um Centro de Referência sobre Álcool e Outras Drogas no município, que será gerido e implementado em conjunto pela Prefeitura de Contagem, através da Secretaria de Defesa Social, e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Implantado com o objetivo de aperfeiçoar as ações de prevenção e assistência, o Centro de Referência sobre Álcool e Outras Drogas irá desenvolver atividades que possibilitem a capacitação e a formação de profissionais que atuam diretamente na abordagem e no atendimento a usuários de drogas e seus familiares. Para isso, o Centro vai oferecer cursos e atividades como seminários, e terá como missão construir metodologias para intervenção, propor indicadores e planejar ações e soluções para o município. O público-alvo das atividades será formado, prioritariamente, por profissionais da Rede SUS, agentes comunitários de saúde, profissionais da Educação e da Assistência Social, Guardas Municipais, representantes de comunidades terapêuticas, agentes do sistema judiciário, policial e do Ministério Público, enfim, segmentos que lidam diretamente com a abordagem, o atendimento e a repressão. Também faz parte deste projeto, o desenvolvimento de ferramentas de comunicação, como website, fóruns de discussão e cartilhas, que serão criadas com o intuito de divulgar a informação e torná-las perenes e institucionalizadas. A expectativa é de que sejam capacitados cerca de 300 profissionais. As atividades do Centro de Referência serão financiadas pelo Ministério da Justiça e desenvolvidas ao longo deste e do próximo ano. Para o professor adjunto do Departamento de Psiquiatria da UFMG, Dr. Frederico Garcia, que é também um dos responsáveis pelo projeto, a falta de comunicação, de padrões de encaminhamentos e o desconhecimento da atribuição dos atores envolvidos na abordagem e no atendimento do usuário de droga constituem em todas as cidades que implantou esse projeto um grave problema. “Por isso, nosso objetivo é reforçar a interação entre comunidade e universidade e construir uma rede de multiplicadores com fluxos de informação perenes que possam nos dar a possibilidade de avaliar ações e propor políticas públicas eficientes para essa questão”, explicou. Também parceiro nesse projeto, o secretário de Defesa Social de Contagem, Luiz Cláudio Teodoro, salientou que a sua secretaria e a Prefeitura têm se empenhado em buscar a coesão das ações para esse público, firmando parcerias. “Precisamos encarar o problema do uso e abuso de drogas de forma conjunta. Sabemos que erradicá-lo será difícil, mas é fundamental que haja organização e que tenhamos como referência a prevenção, o tratamento, a reinserção social e a repressão à venda/tráfico”, reiterou. Mais uma iniciativa Outro projeto em andamento no município diz respeito à elaboração de um diagnóstico sobre a realidade do uso de álcool e outras drogas. Esse projeto está sendo executado através de um convênio firmado recentemente entre a Prefeitura, também por meio da Secretaria de Defesa Social, e o Governo do Estado. “A ideia é conciliar os dois projetos de forma que esse diagnóstico subsidie as ações e atividades do Centro de Referência, e vice-versa”, informou a diretora de prevenção à violência e ações antidrogas da Secretaria Municipal de Defesa Social, Carla França. Ela também explicou que a expectativa da Secretaria de Defesa Social é de que esses dois projetos contribuam também para a elaboração de um Plano Municipal de Ações Sobre Álcool e Drogas.
Data: 28/09/2012
Edição: 211
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Candidato do PT debate com artistas e produtores os rumos da cultura em Contagem

Durval vai revolucionar as ações culturais em Contagem e criar dois grandes museus interativos no município, um dedicado à cultura negra em Minas Gerais, e o Museu do Trabalhador, em parceria com as centrais sindicais CUT, CGT e UGT. As boas novas foram anunciadas pelo candidato do PT e da coligação Contagem Segue em Frente no Encontro Setorial de Cultura, que aconteceu dia 10 no Comitê Geral Durval Prefeito, no Eldorado. Dezenas de artistas, produtores, blogueiros, gestores e amantes da cultura ouviram e debateram as propostas de Durval para a área. O vice de Durval, Leo Antunes (PSB), Cida de Jesus, da Executiva nacional do PT e candidatos da coligação marcaram presença. No encontro, Durval assegurou que, eleito, vai potencializar as ações bem sucedidas e implementar o que falta em todas as regiões de Contagem. “Nossa meta é organizar as políticas culturais de forma ainda mais descentralizada, garantindo apoio a produções e acesso a todas às manifestações dessa importante área, com enfoque todo especial na cultura popular”, afirma Durval, que assumiu a responsabilidade de construir projetos coletivos, com participação ativa dos artistas e produtores culturais de Contagem. “Cultura é um evento fundamental da vida e a arte é parte imprescindível dessa manifestação”, diz o candidato majoritário da coligação Contagem Segue em Frente. Durval comprovou, mais uma vez, que o PT tem as melhores propostas para Contagem avançar em suas conquistas também na área cultural. A meta, assegurou, é ocupar os espaços propícios a manifestações sejam elas populares ou eruditas. Durval lembrou que Marília cuidou, como nenhum outro prefeito, dos espaços públicos em Contagem. “Nas duas últimas administrações do PT mais de 100 praças foram recuperadas e iluminadas em todas as regiões da cidade. Três parques foram reconstruídos e quatro novos foram implantados. Em todas as regiões, a população pode contar com mais pistas para caminhadas, áreas de lazer e serão 50 Academias da Cidade ao ar livre. Marília reformou e construiu ginásios poliesportivos, apoiou o esporte amador e recolocou Contagem no cenário esportivo estadual e nacional. Com Marília, Contagem passou a ter mais qualidade de vida. Agora é hora de fazer muito mais. Vamos colorir esses espaços com a diversidade das nossas manifestações culturais”, anuncia Durval. Entre as várias metas para fomentar ainda mais a cultura em Contagem, Durval se compromete ainda a dar atenção especial a projetos de valorização e proteção do patrimônio cultural de Contagem por meio de fundos e leis de incentivo, favorecendo a participação da iniciativa privada nessa preservação. Para garantir a participação de todos nesse processo de avanço, ele se compromete a atualizar a lei de criação do Conselho Municipal de Cultura e de Proteção do Patrimônio Ambiental e Cultural de Contagem, dando mais dinamismo e eficiência para o conselho desenvolver suas ações. Durval anunciou, em primeira mão, que o Museu da Cultura Negra, o primeiro do gênero em Minas, berço da cultura afrobrasileira, será implantado na área da Comunidade dos Arturos, um dos mais importantes movimentos vivos da tradição negra do Brasil. “O Museu da Cultura Negra será referência para o país. Mais que um museu, será um grande centro de pesquisas, com recursos audiovisuais, teatro de arena para produções de menor porte e, o mais importante, instalado dentro de uma área histórica, que mantém viva as tradições negras do nosso país”, acentua Durval. Durval frisa que a escolha do local conta com total apoio da comunidade quilombola e não poderia ser mais oportuna. Em seu plano de governo ele frisa que o direito a diferença, seja na afirmação de identidades individuais ou coletivas, deve referenciar a formulação das políticas públicas de cultura. “Portanto, as políticas devem atender tanto a valorização, o reconhecimento e a preservação das raízes e ancestralidades das várias identidades que compõe Contagem, bem como as invenções e inovações. Articulando o popular e o erudito, o profissional e o experimental, o vivido e o acadêmico, o tradicional e o moderno. Para que assim, todos os elementos culturais que formam a cidade se sintam parte de um mesmo contexto, mas marcado pela heterogeneidade e diversidade”. Durval se compromete a concluir o processo de registro da Comunidade dos Arturos como patrimônio imaterial de Minas, em parceria com o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha), e também fazer um inventário completo das festas, celebrações, manifestações coletivas e saberes da comunidade de Contagem por meio de vídeos e entrevistas com seus participantes. O Museu do Trabalho também tem área já definida para sua implantação. Ele será implantado na antiga Lafersa, que terá a sua estrutura aproveitada. Durval adiantou que a idéia é oferecer salas multimídia, teatro com capacidade para 400 lugares, restaurante e espaço de convivência.
Data: 21/09/2012
Edição: 210
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Vereadores debatem Plano Diretor de Contagem com a Secretaria de Desenvolvimento

A Câmara de Contagem recebeu duas vezes neste mês o Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano, Isnard Monteiro Horta, e sua equipe para discutir propostas para o Plano Diretor da cidade. Criado em 1995 e revisado em 2006, o documento trata do zoneamento da cidade e determina o tamanho dos loteamentos de cada região e que tipo de construção e atividades elas podem ou não abrigar. O projeto do novo Plano Diretor foi entregue aos vereadores no final de junho deste ano pela prefeita de Contagem, Marília Campos. E as reuniões deste mês com o secretário de Desenvolvimento Urbano tiveram por objetivo debater seus principais pontos e esclarecer as questões que suscitaram dúvidas entre os parlamentares. De acordo com Isnard Monteiro, o novo projeto não traz grandes alterações, pois não cria novos zoneamentos e não altera o perímetro rural e urbano, mas faz apenas adaptações pontuais baseadas nas propostas elaboradas na Conferência de Política Urbana, encerrada no ano passado. “Essa revisão passou por um processo de discussão com a sociedade de Contagem, com a representação dos empresários e dos movimentos sociais em cada região da cidade”, destacou o secretário. Entre as principais mudanças apresentadas pelo secretário, estão a proibição de conjuntos habitacionais em áreas destinadas à atividade industrial; medidas voltadas à preservação das matas; delimitação do que deve ser preservado da parte histórica de Contagem, como prédios e quintais do Centro, deixando esse controle mais claro; e adequações às legislações federais, com a possibilidade de regularização de áreas ocupadas e a adaptação da política habitacional ao programa federal. Além disso, Isnard falou de alterações em Vargem das Flores, para melhor utilização pelo turismo, mas evitando sua degradação; e de políticas para aumentar a produtividade das áreas industriais. Importância do debate Para o presidente da Câmara, vereador Professor Irineu Inácio (PSDC), as discussões do Plano Diretor são essenciais para o desenvolvimento equilibrado do município. “É importante um debate ampliado deste projeto, de forma que a sociedade tenha conhecimento, e buscando o melhor para o município. Queremos uma cidade com sustentabilidade, que seja boa para nosso povo, que preserve nossas áreas verdes, sem perder de vista o crescimento econômico”, destacou. “Esse debate buscará um plano diretor moderno que nos contemple pelos próximos 10 ou 20 anos”. O presidente da comissão parlamentar responsável pela avaliação do projeto, vereador Gustavo Gibson (PT), que questionou alguns pontos do Plano Diretor durante a reunião, ressaltou que, por ser um projeto complexo, deve ser avaliado com cuidado. “Não vejo benefícios para a cidade em aprovar seu Plano Diretor correndo, em dois ou três meses. Estamos em um período de eleições e de interesses e cabeças conflitantes. Por isso, acredito que seria um prejuízo aprová-lo sem uma discussão mais ampla - o Legislativo precisaria de dois ou três anos para esse debate - contando com a contribuição do próximo prefeito, realizando audiências públicas e debatendo com movimentos sociais”.
Data: 24/08/2012
Edição: 209
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Band promove debate eleitoral de Contagem

Pela primeira vez, as eleições para a prefeitura de Contagem – 3º maior colégio eleitoral de Minas, atrás apenas de Belo Horizonte e Uberlândia – terão debate entre candidatos transmitido ao vivo por uma emissora de televisão aberta. A iniciativa será da Band Minas, que realiza na próxima quinta-feira, dia 23 de agosto, debate entre os candidatos Ademir Lucas (PSDB), Carlin Moura (PCdoB), Donaldo Pedroso (PSOL), Durval Ângelo (PT) e George Hilton (PRB). O debate será transmitido para cerca de 400 municípios de Minas Gerais, simultaneamente com outros debates promovidos pela Rede Bandeirantes no dia 23 em várias outras cidades do país. Os detalhes sobre o evento foram acertados na quinta-feira, dia 16 de agosto, em reunião entre os representantes dos candidatos, quando foram sorteadas as suas posições no palco. Todos os cinco candidatos enviaram representantes à reunião. De acordo com as regras do debate, também aprovadas nessa reunião, será exibida a cadeira vazia do candidato que não comparecer ao evento. O debate começa às 22 horas e será realizado na sede da TV Bandeirantes, na Avenida Raja Gabaglia nº 2.221, no bairro São Lucas. Além da TV Band Minas, a Rádio BandNews FM (89.5) – que faz parte do Grupo Bandeirantes Minas – também fará a transmissão ao vivo do evento. A apresentação do debate ficará por conta do jornalista Paulo Leite e contará com a participação dos jornalistas Teodomiro Braga (Grupo Bandeirantes Minas), Wanda Sampaio (TV Band Minas), Luiz Fernando Rocha (BandNews FM) e Juvercy Junior (Jornal Metro BH). O debate será dividido em seis blocos e começa com candidato perguntando para candidato, com direito a réplica e tréplica. No segundo os candidatos respondem a perguntas de jornalistas do Grupo Bandeirantes Minas e no terceiro os candidatos perguntam para candidatos sobre um tema sorteado pelo mediador do debate. O quarto bloco retoma as perguntas de jornalistas e no quinto os candidatos voltam a perguntar para candidatos, mas desta vez sem réplica ou tréplica, com quem pergunta e responde sorteados pelo mediador. No sexto e último bloco os candidatos fazem suas considerações finais.
Data: 17/08/2012
Edição: 208
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Durval e Lula se reencontram em sessão de foto para campanha

Durval se encontrou com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no último dia 30, em São Paulo, para participar de uma sessão de fotos com mais de cem candidatos e candidatas ao governo de municípios brasileiros que tem acima de 150 mil eleitores. Os candidatos e as candidatas petistas e de partidos coligados posaram com Lula em fotos coletivas e individuais. Além deles, também participaram do evento dirigentes nacionais do PT e de outras siglas partidárias. A sessão foi realizada em um hotel na capital paulista, num clima de muita descontração. “É uma grande alegria estar novamente ao lado desse velho companheiro de lutas e amigo do peito. Lula é mais que um líder, é hoje um ícone, a expressão máxima do PT, um partido que construímos juntos e que hoje mostra a sua força em todo o país”, declarou Durval. O presidente de honra do PT recebeu 150 candidatas e candidatos às prefeituras do país num espaço amplamente democrático, característico das instâncias petistas. Além de Durval e Patrus, estiveram presentes representantes das cidades com mais de 150 mil eleitores, além de dirigentes nacionais do PT. A prefeita de Contagem, Marília Campos, também marcou presença no encontro. Junto com Lula, foram anfitriões o candidato à prefeitura da capital São Paulo, Fernando Haddad, e o presidente nacional do PT deputado estadual por São Paulo, Rui Falcão. O secretário nacional de Comunicação do PT, deputado federal André Vargas, acompanhou a sessão com os candidatos e ressaltou que o presidente estava animado e bastante interessado nas disputas nos municípios. “Foi um momento emocionante de reencontro do nosso maior líder com aqueles que vão nos representar em mais esta disputa eleitoral. O presidente Lula está muito animado com as chances de vitórias do PT e dos aliados”, afirmou Vargas. Para Marília Campos, foi uma grande confraternização. “Além de rever nossa figura maior do PT, que quando presidente não poupou esforços para ajudar a reerguer Contagem das cinzas, a ocasião foi propícia para debater os rumos da campanha deste ano. Com o apoio de Lula e da Presidenta Dilma, temos a certeza de que Durval vai ser eleito e dar continuidade ao trabalho que vem transformando a cidade para muito melhor”, destacou Marília.
Data: 10/08/2012
Edição: 207
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Plano de Integração Intermodal de Transporte de Contagem

A prefeita Marília Campos participou, na manhã do último dia 19, no Palácio do Planalto, em Brasília, de solenidade com a presença da presidenta Dilma Rousseff, da ministra do Planejamento Mirian Belchior e do ministro das Cidades Aguinaldo Ribeiro, para o anúncio dos investimentos do PAC Mobilidade Médias Cidades que destinará um volume total de recursos da ordem de R$ 7 bilhões e deve beneficiar cerca de 75 municípios com população entre 250 mil e 700 mil habitantes (parâmetros de classificação de cidades de médio porte). Para receber os recursos, os municípios deverão inscrever seus projetos no programa dentro de um prazo estipulado pelo governo federal. Em seguida as propostas serão analisadas por técnicos da União. Vencidas essas etapas, o governo divulgará, provavelmente em novembro, as obras selecionadas, disponibilizando os recursos para os municípios em 2013. Proposta de Contagem Contagem já tem pronto e apresentará ao PAC Mobilidade Médias Cidades o Plano de Integração Intermodal de Transporte de Contagem que busca investimentos para a melhoria da qualidade dos serviços de transporte público por ônibus, por meio da integração do sistema de transportes do município com a construção de corredores de transporte para ônibus, viadutos nos principais pontos destes corredores e a integração tarifária dos sistema através do Bilhete Único para as viagens intramunicipais. Os investimentos proporcionarão menores tempos de deslocamentos, mais conforto, confiabilidade, agilidade e segurança para os usuários do transporte coletivo, além da integração tarifária que permitirá o deslocamento por todo sistema de ônibus municipal pagando apenas uma passagem, através do sistema de bilhetagemeletrônica. As obras e intervenções propostas no Plano de Integração Intermodal são as seguintes: Corredor de Integração Norte – Sul A obra de complementação da avenida Maracanã, contornando os bairros Alvorada, Vera Cruz, Quintas Coloniais, Granja Vista Alegre e Praia determinará o chamado “contorno da Sede”. Este contorno permitirá a ligação de todos esses bairros e a região de Nova Contagem, Retiro, Darcy Ribeiro e Esmeraldas a avenida João César de Oliveira sem ter que passar pelo Centro Histórico da cidade, onde o sistema viário é frágil e de baixa capacidade. A ligação das vias avenida Maracanã, avenida Carmelita Drumond Diniz, avenida Dilson de Oliveira e avenida João César de Oliveira se transformará no grande eixo de transporte da cidade, constituindo, assim, o Corredor Norte-Sul para o transporte coletivo de passageiros, o qual terá pistas exclusivas para ônibus, estações de embarque/desembarque e ciclovia, diminuindo decisivamente o tempo de deslocamento da população. Avenida Maracanã O projeto de Implantação da Avenida Maracanã contempla os problemas crescentes da motorização nos centros urbanos, que tem dificultado o desempenho na circulação viária, além de ser uma boa solução operacional. Também terá um significativo valor em termos da segurança viária e melhoria nas condições de tráfego pela interligação de todas as ruas transversais à nova via proposta. A Implantação da avenida Maracanã, com uma extensão de 4,5 km, além de propiciar a redução significativa do tráfego na área central, contribuirá para ordenação do espaço urbano formando, assim, o corredor Av. João césar de Oliveira-Av. Maracanã-MG-432 (Corredor Norte – Sul). Terminalde Integração Nova Contagem Localizado na Região de Vargem das Flores, será responsável pela integração de linhas alimentadoras provenientes dos bairros Nova Contagem, Retiro, Darcy Ribeiro, Icaivera e outros, com as linhas Troncais provenientes do Terminal Intermodal de Integração e os centros comerciais e industriais de Contagem. Corredor de Integração Ressaca-Eldorado Permitirá a ligação direta da região da Ressaca e Nacional ao Centro Industrial de Contagem (CINCO) e a Região do Bairro Eldorado. Compreende a ligação das avenidas Severino Balesteros Rodrigues, Helena de Vasconcelos Costa e Via Expressa. Viaduto de Ligação Via Expressa de Contagem-Avenida Helena de Vasconcelos Costa Local de grande congestionamento de tráfego. Localizado entre os bairros Perobas e Parque São João, caracteriza-se pela confluência de tráfego para destinos como Betim, BR 381, CINCO, bairro Eldorado, etc. Contudo, a existência de retorno no canteiro central da Via Expressa favorecendo o sentido Belo Horizonte, bem como o acesso para o Aterro Sanitário de Contagem, complicam o trânsito na região. A implantação do viaduto deverá eliminar o referido movimento de retorno, pois permitirá a ligação direta da avenida Helena de Vasconcelos com a Via Expressa, sentido Belo Horizonte, eliminando o nó formado pela transposição de faixas de tráfego e garantindo maior fluidez. Corredorde Integração Ressaca –Água Branca Permitirá a ligação direta da região da Ressaca e Nacional ao bairro Água Branca e Cidade Industrial, bem como as estações do Metrô Eldorado e Novo Eldorado, onde deverá estar localizado oTerminal Multimodal de Transporte e a Rodoviária de Contagem.Compreende a ligação das avenidas João Gomes Cardoso, Teleférico, Babita Camargos e Via Expressa de Contagem. Terminal de Integração Ressaca Em posição estratégica, será localizado entre as regiões do Ressaca e Nacional, e permitirá a interligação de um sistema de ônibus alimentador com um sistema troncal de ônibus de grande capacidade de transporte. A partir deste terminal, e pagando apenas uma tarifa, o usuário poderá optar por vários destinos da cidade. Via de Ligação Ressaca – Água Branca Trata-se da ligação das avenidas Teleférico, no bairro Água Branca e João Gomes Cardoso, na região da Ressaca. O túnel existente sob a Rodovia BR – 040 permite a sua transposição, porém com a utilização significativa de vias residenciais. Esta obra é o complemento que falta para a referida ligação, evitando-se assim os congestionamentos constantes e os longos desvios pela BR – 040. Alça do Viaduto Água Branca Compreende a construção da alça viária do viaduto da avenida Babita Camargos com Via Expressa de Contagem, pois o mesmo está incompleto. A implantação desta alça permitirá a fluidez do trânsito na região com ganhos significativos para a operação do transporte coletivo no corredor.
Data: 20/07/2012
Edição: 206
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Legislativo aprova a criação da Fundação Cultural de Contagem

Os vereadores de Contagem aprovaram em segundo turno, nesta terça-feira, o projeto do Executivo que cria a Fundação Cultural de Contagem (Fundac). A desvinculação da gestão cultural da, até então, Secretaria Municipal de Educação e Cultura era uma reivindicação antiga dos artistas, produtores e gestores culturais do município, que, com apoio do presidente da Câmara, vereador Professor Irineu Inácio da Silva (PSDC), conseguiram a criação de uma entidade autônoma para planejar e executar a política cultural, com vistas a fomentar a atividade cultural na cidade. O projeto foi entregue pela prefeita de Contagem, Marília Campos, para o presidente da Câmara no início do mês de junho. E foi colocado como prioridade para votação pelo Legislativo. "Recebi o projeto da prefeita com muita emoção, pois sou da área da educação e, desde 2004, venho lutando pela criação desta estrutura que vai cuidar da cultura no município", disse Irineu Inácio. "Agradeço à prefeita por ter se sensibilizado com a proposta, pois isso não é um presente apenas para os artistas ou para os vereadores, que sempre lutaram por isso, mas para toda a cidade, com uma fundação que vai cuidar do nosso patrimônio e da nossa história", completou o parlamentar. De acordo com a mensagem que acompanha o projeto, a Fundação tem como objetivo incentivar, difundir e promover a atividade artística, além de facilitar o acesso às fontes da cultura. "Com autonomia orçamentária, financeira e patrimonial, a Fundação vai conservar, administrar e zelar pelo patrimônio cultural e artístico de Contagem e ainda organizar, proteger e aperfeiçoar o patrimônio de seus Centros Culturais, da Casa da Cultura Nair Mendes Moreira, da Casa de Cacos de Louça e de outras instituições relacionadas", escreveu a prefeita, acrescentando que isso vai permitir também que o município mantenha escolas de arte e música e promova cursos na área. Com a nova lei, serão alterados também alguns artigos da Lei Complementar nº060, de 14 de janeiro de 2009, que trata da antiga Secretaria Municipal de Educação e Cultura. Dessa forma, ela passa a ser denominada Secretaria Municipal de Educação e "perde" as atribuições ligadas à gestão cultural. Estrutura da Fundac Integrando a administração pública indireta do Executivo Municipal, a Fundac será regida pela nova lei complementar e por seu Estatuto, que ainda será aprovado por decreto do Executivo. Seu patrimônio será constituído dos bens que adquirir, de doações que receber e dos equipamentos públicos de cultura; e suas receitas serão provenientes do orçamento do município, incentivo fiscal, remuneração de serviços prestados, renda patrimonial, subvenção de outros órgãos, doações e empréstimos. Em relação à estrutura organizacional, a Fundação compreenderá uma Administração Superior, constituída por Conselho Curador, Conselho Fiscal e a Presidência, além de outros níveis hierárquicos, como coordenadoria, diretoria e gerência. E serão abertas, inicialmente, pouco mais de 40 vagas para compor o quadro de pessoal.
Data: 22/06/2012
Edição: 205
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
CeasaMinas anuncia Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos

A CeasaMinas preparou uma agenda especial para celebrar a Semana Mundial do Meio Ambiente, entre os dias 4 e 6 de junho. Na abertura da semana, foi anunciado o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS), previsto para ser iniciado em julho. O projeto é um conjunto de ações que visam caracterizar e quantificar os resíduos gerados no entreposto. Ele parte do princípio de que é importante conhecer os resíduos produzidos para, posteriormente, adotar ações que incentivem a redução, o reaproveitamento e a reciclagem. “Os aterros sanitários estão saturados e o meio ambiente já sente os efeitos negativos dessa situação. Precisamos tomar uma atitude para reverter isso”, justifica o presidente da CeasaMinas, João Alberto Paixão Lages. Ele ressalta que o sucesso do PGRS depende da colaboração de todos os usuários. Entre as ações, estão a instalação de ecopontos, locais onde os usuários poderão entregar voluntariamente os seus resíduos para a coleta seletiva. Serão instaladas gaiolas para recolher plástico e papel e compactadores estacionários para captar matérias orgânicas. O plástico e o papel serão reciclados. A matéria orgânica compactada será levada para um local adequado. Além dos benefícios para o meio ambiente, o PGRS também vai reduzir custos. Semana Ainda no primeiro dia de atividades, o coordenador do Projeto Manuelzão, Marcos Polignano, fez uma palestra sobre a importância da conservação da água. Segundo ele, o esgoto lançado livremente nos rios é 100 vezes menos poluente do que o chorume. Como o líquido é muito produzido por restos de matéria orgânica, o PGRS da CeasaMinas foi elogiado pelo professor. “É um primeiro passo. O plano tem qualidades, como a reciclagem e a compactação do lixo. Temos que trabalhar a redução e a destinação adequada do lixo”, disse ele. No segundo dia, foi exibido o documentário “Lixo extraordinário” (Lucy Walker, 2010), indicado ao Oscar 2011. “O documentário tem tudo a ver com o momento da CeasaMinas. Depois de ver o filme, percebemos que se a gente já fizesse a separação do lixo em casa, não haveria catadores nos lixões trabalhando em condições precárias”, conta a analista de gestão ambiental da CeasaMinas, Gina Mantilla. A preocupação em ensinar a futura geração também marcou a semana. Alunos da escola pré primária da Associação dos Comerciantes (ACCeasa) plantaram árvores, como a Quaresmeira. A semana foi encerrada com a participação do Projeto Reciclarte, uma oficina que mescla arte e reciclagem. Os participantes doaram materiais recicláveis e aprenderam a fazer sabão com óleo usado, lençol com faixas usadas e porta canetas de latas. No final do dia, foram distribuídas mudas de plantas. Sustentabilidade Apesar de dedicar uma semana ao meio ambiente, a sustentabilidade pauta as ações da CeasaMinas durante todo o ano. Desde fevereiro, a empresa iniciou a regularização do uso de embalagens no acondicionamento dos produtos. Com a adoção das caixas plásticas retornáveis, há a redução do número de caixas de madeira e papelão que são descartadas. Em maio, teve início o Programa de Eficiência Energética, que vai reduzir em 40% o consumo de energia usada na iluminação do mercado, por meio da troca das lâmpadas atuais por LED. A CeasaMinas também participa da Comissão de Produção Orgânica de Minas Gerais (CPORG-MG), onde debate soluções para a produção orgânica – cuja principal característica é a responsabilidade social e ambiental. Ainda, a empresa possui a Licença de Operação Corretiva, que é a licença ambiental concedida pela Superintendência de Regularização Ambiental Metropolitana da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Supram/Fead).
Data: 08/06/2012
Edição: 204
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Bienal do Livro

O evento teve início dia 18 de maio. Os visitantes e leitores puderam conferir variadas programações culturais como vídeos educativos, jogos, shows, mostras espetáculos, contação de histórias, bate papos e autógrafos com autores, escritores, poetas e poetisas muito bem conceituados no mercado, com atrações para público de todas as idades. A Bienal aconteceu na Expominas, av. Amazonas, 6030, Bairro Gameleira, em Belo Horizonte. O evento contou com 160 expositores, 150 convidados, calcula-se que aproximadamente 46 mil alunos visitaram a bienal e um total de 250 mil visitantes no total. O estande da Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Contagem (SEDUC) foi um dos destaques da feira com diversas atrações para as crianças. Além do movimento no estande localizado no corredor J-06, a SEDUC também comemora o Prêmio Personalidades do Livro 2012, uma iniciativa da Câmara Mineira do Livro, para o Programa Além das Letras – Por uma Contagem leitora que, na contramão do cenário nacional, tem aumentado o número de leitores na cidade. Lançamento Na quarta-feira, a SEDUC promoveu o lançamento do “Caderno de Currículo da Educação Infantil de Contagem – Experiências e Saberes da Educação Infantil” , fruto do trabalho da Diretoria de Ensino Infantil e da vivência prática de pedagogos e educadores dessa fase da educação básica. “Essa é mais uma ação que pretende contribuir com a melhoria da oferta da educação infantil no município. Até 2016, temos que ser auto suficientes, com vagas para todas as crianças de zero a seis anos”, lembrou o secretário municipal de Educação e Cultura de Contagem, Lindomar Diamantino Segundo. A diretora de Educação Infantil da SEDUC, Rosalba Rita Lima, destacou que a publicação será ferramenta de trabalho e de consulta para os profissionais que atuam nesse segmento pois responde a questões básicas como o que ensinar para as crianças de zero a seis anos e como fazê-lo para formar pessoas sadias e preparadas para os desafios das outras fases do aprendizado, de acordo com o projeto político pedagógico adotado pela SEDUC “Temos que atender as necessidades e expectativas das crianças”, enfatizou. O Caderno é uma publicação inédita no Brasil e contou com a ajuda, também, de duas consultoras: Fátima Sales e Vitória Faria. Para Vitória, a SEDUC tem uma trajetória de sucesso na educação infantil que reafirma o bom resultado do programa Além das Letras - Por uma Contagem leitora, que foi premiado pela Câmara Mineira do Livro. Já Fátima lembrou que a própria experiência de levar crianças à Bienal é muito rica para a comunidade escolar. “É um momento de aprendizado que acontece fora da sala de aula”, afirmou. Da linguagem oral, passando para as brincadeiras, a música e as artes, o cuidado e as relações, o mundo social e a matemática são temas abordados pela publicação Praça Drummond O ano de 2012 marca os 110 anos de nascimento de Carlos Drummond de Andrade e os 25 de sua morte. A terceira edição da Bienal do Livro de Minas homenageia um dos maiores poetas brasileiros. A Praça Drummond de Poesia foi o ponto principal dessa homenagem, um espaço onde novos talentos da poesia mineira participaram de saraus com leituras de poemas de Drummond. Quem assumiu a curadoria dessa área especial da Bienal Minas foi o poeta, performer, editor, curador, artista visual e sonoro Wilmar Silva.
Data: 25/05/2012
Edição: 203
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
ARTUROS COMEMORAM 124 ANOS DE LIBERDADE

A comunidade ‘Ar turos’ mantém viva tradições negras do Brasil, em pleno coração da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Assim é criado um belo contraste entre os monumentos e modos urbanos e a centenária tradição negra. O grupo tem a origem ligada ao negro Artur Camilo Silvério, nascido em 1885 e sua esposa Carmelinda Maria da Silva. Arthur, hoje são Arturos (descendentes), dessa forma, a família é mantida e alimentada pela raiz inicial, o pai. Já no nome pode-se atestar a força da ancestralidade: filhos, netos e bisnetos. Desde então, são mais de 120 anos de tradição. Atualmente os Arturos constituem um agrupamento com cerca de 400 negros, que habitam uma propriedade familiar, no local denominado Domingos Pereira em Contagem. A comunidade é representada juridicamente pela Irmandade Nossa Senhora do Rosário de Contagem. O papel principal da Irmandade é cuidar da organização das festas. Foi fundada em 1972, é composta das guardas de Congo e Moçambique. A guarda de congo é responsável por abrir os caminhos nos cortejos. O moçambique é responsável por conduzir os reis e rainhas, guardar e proteger o Reinado, são os últimos no cortejo. Os capitães ditam o canto e são autoridades. Entre eles, a autoridade máxima é do capitão-mor. Embora o presidente da Irmandade seja um capitão, ele apenas assina as documentações necessárias. Os idosos decidem tudo dentro da comunidade. Conforme a tradição são muito respeitados e são considerados de valor fundamental na cultura vivenciada pelo grupo. Eles são os responsáveis pela bonita e Na Festa da Abolição da Escravatura a comunidade homenageia a resistência e a luta de seus antepassados orgulhosa comunidade negra, também são eles que transmitem os ensinamentos e a devoção a Nossa Senhora do Rosário, manifesta através do congado, herança deixada pelos pais. Os costumes são transmitidos de pai para filho, pelas conversas e contação de histórias, sendo assim, repassado o modo de ser Ar turos. O grupo expressa fundamentalmente as realizações artísticas culturais com a celebração do sagrado. A cultura negra é mantida por meio de manifestações do grupo. No Batuque, os participantes dançam descalços. No Candomblé, na tradição dos Ar turos é um ritual interno, conduzido pelos principais capitães do grupo. Nesse ritual eles estabelecem o contato com Nossa Senhora do Rosário e com os antepassados, mantendo um elo entre os vivos e mortos. Esse é um dos movimentos que destaca o culto das raízes africanas dos negros. Nos altares, entre coroas e bastões existem imagens de santos católicos, pretos velhos, São Cosme e Damião, Iemanjá e São Jorge. AS FESTAS Nas festividades até as roupas utilizadas pelo grupo conservam as tradições negras. Elas são no estilo das utilizadas na época da escravatura. Os eventos são marcados ao som dos tambores e o contato dos pés no chão. Os Arturos mantém um calendário festivo anual. As principais comemorações do grupo são: a Festa da Abolição da Escravatura. Nela, é comemorada a Lei Áurea. Este é também o momento no qual a Irmandade rememora a escravidão. A Festa de Nossa Senhora do Rosário, é considerada a comemoração mais impor tante da comunidade e representa o amor máximo da grande mãe. A tradicional Folia de Reis, em janeiro, relembra o ato bíblico dos três reis magos. É uma das mais belas manifestações deles. A impor tância desse grupo étnico, no contexto cultural, extrapolou nossas fronteiras ganhando reconhecimento internacional. Atualmente a comunidade é considerada pelos estudiosos como uma das manifestações mais genuínas da cultura negra tradicional no Brasil, pela música, roupas e encenações. Além disto, a Irmandade é um recorrente objeto de estudos acadêmicos. As festas religiosas fazem do grupo um universo à par te. Considerado um dos mais originais do Brasil, constitui, sem dúvida, grande e importante patrimônio histórico e cultural de Contagem. Todo ritual é sagrado e a fé se concretiza no vestuário, no instrumento e na dança. Como fator de aliança, a festa é o momento sublime e sacrossanto. A comemoração da Festa da Abolição conta com extensa programação aberta ao público
Data: 11/05/2012
Edição: 202
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Personalidades são homenageadas como filhos ilustres de Contagem

A noite de 19 de abril foi de festa para o Legislativo de Contagem. Oito personalidades que contribuem para o desenvolvimento do município foram adotadas como filhos ilustres de Contagem, recebendo o Título de Cidadania Honorária na Câmara. Prestigiados por mais de 200 pessoas, entre autoridades, amigos e familiares, foram homenageados o professor Baltazar Rodrigues Filho, o pastor Odílio Lucas Durval, o jornalista Fabius Alvim, o executivo Gilmar Fava Carrara, o empresário Márcio Geraldo do Carmo (Buiu), o agente de polícia Djalma Ribeiro Barbosa, o juiz coronel BM Osmar Duarte Marcelino, e o locutor de rodeios Fabrício Luís Resende (Fylé). Em seu discurso, o presidente da Câmara, vereador Professor Irineu Inácio da Silva (PSDC), destacou a importância da contribuição dos novos cidadãos honorários para Contagem, e cumprimentou os vereadores pela indicação. "Em nome do Legislativo, parabenizo os homenageados pela merecida condecoração, e agradeço pelos trabalhos desenvolvidos com determinação e afinco em prol do nosso município. Ressalto que me sinto orgulhoso em presidir esta solenidade, na qual condecoramos grandes cidadãos por todos os méritos e dedicação à nossa cidade", declarou. Falando em nome dos autores dos projetos de homenagem, o vereador Gustavo Gibson (PT) enalteceu o Título como reconhecimento público a pessoas de destaque. "Mais do que pela pompa, a nossa Casa está sendo regida hoje por um profundo sentimento de gratidão, que é o mais importante dos nossos deveres e um dos mais nobres dos nossos sentimentos", disse o parlamentar. "Ao tomar conhecimento dos currículos e acompanhar o trabalho de alguns, notamos que, apesar de exercerem atividades diferentes, todos são cidadãos abnegados e altruístas, enfim, verdadeiros contagenses". Os homenageados receberam o Título com muita alegria e agradeceram a toda a população de Contagem pela acolhida. Antes de tocar seu berrante e citar parte da letra de sua música "Para tudo", o locutor de rodeios Fylé do Barretão contou um pouco de sua história e falou da alegria em ter seu trabalho reconhecido. "É uma homenagem bonita e honrosa. Muito obrigado aos 700 mil habitantes, representados pelos vereadores, de um babuiense que a partir de hoje é também contagense". Em nome dos agraciados, o juiz coronel BM Osmar Marcelino discursou, ressaltando que o Título resgata o antigo conceito de cidadão. "Hoje, a cidade é o mundo, e a globalização esmaeceu a importância do morador da cidade moderna", destacou o jurista. "Felizmente, depois de conhecer diversos países e exercer atividades em inúmeras cidades, percebo que o valor da pessoa, com sua individualidade e com sua dedicação a uma coletividade fisicamente identificada em Contagem, ainda é reconhecido. Somos cidadãos mundiais, mas especialmente contagenses", concluiu.
Data: 20/04/2012
Edição: 201
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Lançado edital para reforma e AMPLIAÇÃO do metrô, QUE PREVÊ A LIGAÇÃO DA ESTAÇÃO

O Governo de Minas divulgou as datas previstas para a primeira etapa dos trabalhos de ampliação do metrô de Belo Horizonte e Região Metropolitana. O edital para os serviços de sondagem e topografia, necessários para realização dos projetos de modernização e ampliação da linha 1, e construção das linhas 2 e 3 já está disponível no site da Secretaria de Transportes e Obras Públicas (Setop). “A urgência destas obras cresce diariamente. Mesmo após a divulgação das datas da primeira etapa dos trabalhos, o Ministério das Cidades adiou novamente a liberação de recursos para as obras selecionadas no PAC da Mobilidade, e isso é preocupante, tendo em vista que, na prática , o início das obras pode atrasar mais uma vez. São 25 anos de espera, a expectativa é por resultados concretos que, efetivamente, possam melhorar a mobilidade urbana na capital e Região Metropolitana,” destaca a deputada estadual Luzia Ferreira. O anúncio da realização da licitação foi feito na última sexta-feira (30), após reunião entre os representantes das prefeituras de Belo Horizonte e Contagem do governo de Minas e da Trem Metropolitano S.A (Metrominas) – empresa responsável por gerenciar a expansão do metrô. Os custos dessa primeira etapa estão estimados em R$ 8,5 milhões que serão empenhados pelo governo de Minas, PBH e prefeitura de Contagem. O restante do montante, R$ 1 bilhão, deve ser destinado pela União através dos recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Mobilidade. A data prevista inicialmente pelo Ministério das Cidades para o anúncio das propostas selecionadas era o dia 31 de março. Porém, segundo o ministério, a data foi novamente adiada. A divulgação da liberação dos recursos estava programada para o final de fevereiro, mas uma nova portaria alterou a data para o último sábado. A informação agora é que o anúncio dos recursos caberá a presidente, que o fará durante visita aos municípios contemplados. Entretanto, ainda não existe data para esse roteiro nem quais serão os primeiros beneficiados pelos recursos. O secretário de Transportes e Obras Públicas e presidente do conselho da Metrominas, Carlos Melles, afirmou que a linha 1 (Vilarinho/Eldorado), terá acréscimo de cerca de 1,7 km, no sentido Contagem, e a instalação de uma nova Estação no Bairro Novo Eldorado. A linha 2, que fará ligação entre o Barreiro e o Calafate, terá seis estações. Já a linha 3, que vai ligar a Lagoinha a Savassi, terá cinco estações. Proposta para ampliação do metrô - Reforma e melhoria da linha já existente (Linha 1 – Eldorado – Vilarinho), incluindo: ampliação de estações, aquisição de novos trens, melhoria de sistemas elétricos e de comunicações,ampliação até o Novo Eldorado. - Construção da denominada Linha 2, numa primeira fase no trecho Barreiro – Calafate. - Construção da denominada Linha 3, numa primeira fase no trecho Savassi – Lagoinha. - Estudos para a criação de uma nova linha ou extensão da Linha 1 no trecho Novo Eldorado – Betim.
Data: 05/04/2012
Edição: 200
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Câmara comemora o Dia Internacional da Mulher com homenagem a notáveis figuras f

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, celebrado no dia 8 de março, o Legislativo de Contagem realizou a entrega do diploma de Mérito da Mulher Contagense a 19 mulheres de destaque no município escolhidas pelos vereadores (veja abaixo a lista das homenageadas). A cerimônia aconteceu no plenário da Câmara Municipal na noite do último dia 22. A homenagem é realizada desde o ano passado, em cumprimento à resolução de número 011/2009, de autoria do vereador Alex Chiodi (PSB). O objetivo é condecorar mulheres que contribuem para o desenvolvimento econômico e social e que engrandecem, a cada dia, a sociedade contagense. A abertura oficial do evento foi feita pelo presidente do Legislativo, vereador Professor Irineu Inácio (PSDC), que parabenizou as homenageadas da noite. "É uma alegria muito grande para esta Casa poder, hoje, homenagear mulheres que marcam o nome na história deste município". O vice-presidente da Câmara, vereador Ciro Campos (PSDB), também falou sobre a importância da data. "Se esta cidade vive em constante progressão e altivez, devemos muito ao esforço, à dedicação e ao exemplo dessas mulheres", enfatizou. Em nome de todos os vereadores, Alex Chiodi falou sobre a importância da homenagem. "Quando fui abençoado por uma inspiração divina para criar esse diploma, queríamos fazer justiça à participação de vocês, mulheres, no progresso da nossa cidade", justificou. O parlamentar destacou também os avanços das políticas públicas voltadas para as mulheres em Contagem, como a ampliação da licença-maternidade para as servidoras públicas municipais para seis meses e a reativação, no ano passado, do Conselho Municipal da Mulher. Por fim, Alex Chiodi relembrou a história e a importância da Lei Maria da Penha. "Hoje, 60% das brasileiras acham que a proteção contra a violência doméstica aumentou após a Lei", explicou o vereador. Logo após a entrega dos diplomas, o representante do Executivo na ocasião, o secretário de Governo, Hamilton Reis, destacou a importância da comemoração do dia da mulher e seu significado histórico, enfatizando a grandeza das tecelãs mortas em um incêndio criminoso em 8 de março de 1857 enquanto lutavam por melhores condições de trabalho. O secretário abordou também a necessidade de o Brasil continuar avançando nas políticas de combate à violência contra as mulheres. "Enquanto estamos aqui comemorando, ainda há mulheres sendo vítimas de violência", concluiu Hamilton. Encerrando a cerimônia, a pedagoga Maria Dolores Lima Paiva falou em nome das mulheres condecoradas. "Sinto-me duas vezes homenageada. Uma como a escolhida do vereador (Beto Diniz - PcdoB) e outra por ter sido escolhida para falar por nós, mulheres homenageadas", disse. Em suas palavras, ela ressaltou a importância do papel da mulher na sociedade, lembrando algumas que deixaram uma marca na história da cidade e do país: Marília Campos, Dilma Rousseff, Carmem Lúcia Antunes Rocha, Eliana Calmon, Maria da Penha e Leila Diniz. Lista das homenageadas Dilce Ferreira de Oliveira - Adenir Bravo Fernanda de Araújo Carvalho Figueiredo - Alessandro Henrique Fernanda Maria Dias de Araújo Lima - Alex Chiodi Carla Cristina Ferreira Malta - Arnaldo de Oliveira Neuza Maria Souza Silva - Avair Salvador - Gordo do Riachinho Márcia de Fátima Silva Rosa - Ciro Campos Silvânia Márcia de oliveira Nominato - Teteco Ângela Maria da Silva - Gustavo Gibson Conceição Natalícia - Irineu Inácio Maria Aparecida da Silva Amaral - Ivayr Soalheiro Zilda Jovercina Costa - Caxicó Lourdes Custódio - João Bosco New Texas Maria Dolores Lima Paiva - Beto Diniz Leiliane Aparecida Soalheiro Soares Silva - Kawlpter Prates Gláucia Lucas Coelho - Obelino Marques Maria Aparecida de Souza - Ravilson Filho Simone Reis Buldrini - Ricardo Faria Maria Auxiliadora de Faria - Rogério Marreco Odiméia Rodrigues Lopes da Silva - Pastor Silva
Data: 23/03/2012
Edição: 199
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
CEASAMINAS COMPLETA 38 ANOS

Há 38 anos, entrava em operação o mercado de Contagem da CeasaMinas. Naquele 28 de fevereiro de 1974, dezesseis pavilhões foram inaugurados, o que causou um grande impacto no mercado de distribuição de alimentos. Hoje, já são 42 pavilhões apenas na grande Belo Horizonte e nas próximas semanas, outro pavilhão será inaugurado. Além do crescimento da unidade de Contagem, a CeasaMinas expandiu-se para o interior do estado. A instituição está presente em Governador Valadares, Caratinga, Barbacena, Juiz de Fora e Uberlândia. O movimento anual de negócios nos seus entrepostos se aproxima do Produto Interno Bruto (PIB) de um município do porte de Uberaba, do Triângulo Mineiro, que ocupa o sétimo lugar no total das riquezas geradas em Minas Gerais. Apenas em 2011, o complexo CeasaMinas foi responsável pelo comércio de 2,8 toneladas de produtos. Essas vendas geraram mais de R$ 4,3 milhões. O número de clientes também deve ser destacado. Cerca de 16.150.000 pessoas consumiram produtos vendidos nas unidades da Ceasa no ano passado. Mais da metade desse público (8.500.000 pessoas) compraram no entreposto de Contagem. Elas adquiriram mais de 2,3 toneladas de produtos gerando uma renda de aproximadamente 3,9 milhões de reais. Uma das razões para esses resultados expressivos da CeasaMinas é a qualificação de seu corpo técnico. Prova disso é o destaque conseguido por eles nos encontros realizados pela Associação Brasileira das Centrais de Abastecimento (Abracen) em 2011. Foram quatro reuniões, além de uma audiência pública na Câmara dos Deputados onde foi debatido o projeto de lei 174/11, que vai revitalizar as Ceasas de todo o país. Houve ainda o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa das Centrais de Abastecimento Interno, que já está colaborando para o fortalecimento das ceasas. Em todos estes momentos, os técnicos da CeasaMinas e a diretoria contribuíram com ideias bem recebidas por integrantes de outras centrais de abastecimento e também por parlamentares. O próximo encontro da Abracen será nos dias 7,8 e 9 de março e já estão programadas palestras a serem ministradas por representantes da CeasaMinas. São muitos os técnicos que fazem parte dessa história e o presidente da CeasaMinas e da Abracen, João Alberto Paixão Lages, sabe de importância deles. “Cheguei aqui há 4 anos e meio e, durante esse período, aprendi muito com os funcionários que dedicaram as suas vidas a esta empresa. Agradeço a todos, do mais humilde ao mais importante, por contribuírem para a riqueza do sistema de abastecimento alimentar do Brasil”, disse o presidente. A trajetória da CeasaMinas se confunde, muitas vezes, com a de seus colaboradores. A seguir, entrevista com Matias Pereira Rocha, de 66 anos, um desses profissionais de vanguarda. Ele se dedica à Ceasa há 38 anos. O início Nasci em Carmo do Cajuru. Na minha cidade, trabalhei em pequenos comércios, até ser chamado pelo meu primo, que já era funcionário da ceasa na época, para trabalhar no entreposto de Contagem. Entrei na empresa em 28 de fevereiro de 1974, quando a ceasa iniciava suas operações. Trajetória na CeasaMinas Comecei trabalhando na ceasa como auxiliar de serviços gerais, passei pela portaria, pelo expediente, e, hoje, já tenho 33 anos de Departamento Técnico, onde trabalho com estatísticas. Aqui foi, para mim, um magistério. Esta não é nem a minha segunda casa, mas sim, a primeira, já que passo mais tempo aqui do que onde moro. Tudo que possuo consegui aqui. CeasaMinas tem novo diretor Na última terça-feira, Edilberto Silva tomou posse como diretor técnico-operacional da CeasaMinas. Ele substitui Ana Paschoal dos Anjos, que estava no cargo desde março de 2009. Edilberto destacou-se por ser um dos principais responsáveis pelas ações de responsabilidade social da central de abastecimento. Durante sua posse, Edilberto agradeceu pela confiança e ressaltou que conta com o esforço conjunto de todos os funcionários para que o resultado de sua posse seja o crescimento da empresa. Para o presidente da CeasaMinas, João Alberto Paixão Lages, o novo diretor tem tudo para fazer um excelente trabalho. João aproveitou o momento para também destacar as qualidades da agora ex-diretora Ana Paschoal, dizendo que ela é uma pessoa carinhosa e com grande sensibilidade. Ana Paschoal, por sua vez, agradeceu pelo privilégio que teve de trabalhar na CeasaMinas e conviver com os servidores da estatal. “É uma gratidão que todo dinheiro do mundo não paga”, afirmou ela.
Data: 24/02/2012
Edição: 198
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
EMBAIXADA DO ALTÍSSIMO: O SOM DA NOVA VIDA

A Embaixada do Altíssimo - Geração de Davi, é uma organização não governamental (ONG), sem fins lucrativos, que desenvolve um trabalho de amparo à crianças, adolescentes e mães que se encontravam em diversas situações de risco social como violência doméstica, abuso sexual, pedofilia e abandono. Criada há mais de 10 anos, a entidade atua para promover a integridade da união familiar, proporcionando nas pessoas acolhidas oportunidades reais para verdadeiras mudanças de vida, através do acolhimento, valorização, promoção humana e reintegração social. A instituição desenvolve diversos tipos de atividades, como palestras, aulas e oficinas, além do acompanhamento diário às atividades escolares, aulas de informática, espanhol, natação, música, ballet, teatro e artes. Atualmente, a organização funciona com o auxílio de diversos profissionais, que atuam de maneira voluntária, e se dedicam aos três projetos desenvolvidos pela ONG, a CAMEF (Casa de Amparo a Mães e Filhos) e as Casas Rosa e Azul. A Embaixada Do Altíssimo orienta e estimula o desenvolvimento do pensamento, da criatividade e da personalidade, com o intuito de formar indivíduos capazes de se guiarem por princípios éticos e morais. Para a Embaixada Do Altíssimo, a solidariedade é o principal meio de construir uma sociedade mais justa e humana. Por isso, a organização trabalha para criar caminhos e transformar vidas. Casas Rosa e Azul As Casas Rosa e Azul são projetos criados para amparar em tempo integral crianças e adolescentes que estão sem os seus pais e que se encontravam em diversos tipos de situação de risco, encaminhados geralmente pela Vara da Infância e Conselhos Tutelares. A iniciativa foi desenvolvida para transformar a vida e criar oportunidades para essas crianças e adolescentes, contribuindo também com a diminuição no índice da criminalidade, da prostituição e do abuso infantil. A Casa Rosa é o espaço das meninas e a Casa Azul ampara meninos. Ambos os espaços possuem estrutura e conforto necessários para proporcionar dignidade e estímulo para uma nova cultura de vida. CAMEF (Casa de Amparo a Mães e Filhos): A Casa de Amparo a Mães e Filhos (CAMEF) é um espaço desenvolvido para amparar em tempo integral mães e filhos que se encontravam em diversos tipos de situações de risco, como violência doméstica, abuso sexual e pedofilia. O projeto estimula a criação de novos valores e princípios, restauração da dignidade e auto-estima, estruturação da família e inserção das mães no mercado de trabalho. O Som Da Nova Vida O Som da Nova Vida é uma iniciativa da Embaixada do Altíssimo - Geração de Davi para promover a participação dos jovens e crianças que estavam em situações de risco social ao mundo da música. O objetivo da iniciativa é despertar o lado artístico e cultural desses jovens e criar um caminho novo para eles. Seja também um colaborador e vamos juntos trazer o Reino de Deus aqui na terra através do AMOR! Faça a sua doação. Ligue (31) 3393- 4567
Data: 03/02/2012
Edição: 197
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Cantora de Contagem é sucesso em Barretos

A cantora contagense Fernanda Silva, revelação da música sertaneja, acaba de voltar de uma turnê pelo Estado de São Paulo! Convidada para cantar e falar sobre sua carreira no programa Bom dia Campo, do Canal Rural, a nossa mineirinha deu um show e mostrou ao Brasil todo seu talento! Na cidade de São Paulo, Fernanda ainda gravou o programa Arena Sertaneja na TV e concedeu entrevista a rádio Terra (tradicionalíssima no meio sertanejo). Encerrados os compromissos na capital paulista, nossa cantora foi para Barretos, onde gravou quatro programas para a TV BARRETOS, deu entrevista para a Rádio Barretos e a Rádio Independentes, sendo também notícia no jornal da cidade, "O Diário de Barretos". Após falar com a imprensa, Fernanda foi aclamada no Mercado Municipal de Barretos onde fez uma belíssima apresentação e recebeu homenagens dos amigos barretenses! O sucesso foi tão grandioso que nossa cantora foi requisitada para dar uma entrevista ao site oficial da Festa do Peão de Barretos, www.independentes.com.br ! A contagense que já fez a abertura dos shows de Almir Sater e Sérgio Reis e tocou na Festa do Peão de Barretos no ano de 2011, faz questão de levar o nome de Contagem por onde vai e diz: " Me orgulho muito de minha cidade, em todas as entrevistas e shows sempre levo comigo o nome de nossa Contagem querida!" Para saber mais sobre a nossa cantora acesse www.bandafernandasilva.com.br
Data: 20/01/2012
Edição: 196
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Contagem terá investimento de R$ 1,2 bilhão em 2012

A Câmara Municipal de Contagem aprovou, no final do ano passado, o Orçamento Fiscal do Município para 2012, que indica um investimento de mais de R$ 1,26 bilhão para a cidade. Segundo a Comissão de Finanças, Orçamento e Tomada de Contas do legislativo contagense, isso representa R$ 60 milhões a mais em relação ao ano passado, no que se refere ao valor estimado para a receita e fixado para a despesa do município. O relatório da comissão destaca que o projeto de lei que dispõe sobre o orçamento atende aos comandos constitucionais e legais. Ele destina, para a Educação, 25,35% das receitas de impostos e transferências, quando o piso constitucional é de 25%; enquanto quase 30% é direcionado à área da Saúde, onde o piso é de 15%. Para o presidente da Câmara, vereador Professor Irineu Inácio da Silva (PSDC), o orçamento permitirá um investimento significativo na qualidade de vida do povo contagense. "É um bom orçamento para a cidade, para que os poderes legislativo e executivo continuem trabalhando de forma integrada pela população. Com isso, acredito que poderemos deixar muita coisa positiva para a cidade no final do nosso mandato", ressaltou o parlamentar. A prefeita de Contagem, Marília Campos, atribui o considerável investimento na cidade às parcerias e convênios firmados pela prefeitura. "Não é possível governar sem parcerias. Se Contagem tem um bilhão em investimento é porque trabalhamos com os governos estadual e federal, com o BNDES e instituições privadas", destaca a prefeita. "Além disso, minha relação com a Câmara é de perfeita harmonia, de uma convivência harmoniosa e equilibrada, com respeito à autonomia de cada um", completa. E os representantes do executivo e do legislativo concordam que o fato de Contagem ter o orçamento equilibrado é essencial para estabelecer parcerias pela administração do município. "O que mais temos feito são as parcerias. E, para firmarmos parcerias e convênios, precisamos fazer um 'para casa', que a Câmara tem ajudado muito a cumprir: estar com as contas em dia e termos as certidões positivas", disse Marília Campos. "Graças ao trabalho do executivo e do legislativo, estamos em dia com o Tribunal de Contas e com o Governo Federal, o que nos dá credibilidade", acrescenta. "É um bom recurso (apresentado no orçamento), fruto de parcerias necessárias para fazermos as obras que a cidade precisa. Isso mostra um amadurecimento político muito grande da cidade, com a Câmara e a Prefeitura fazendo sua parte e buscando a integração. E a população é que ganha com isso", conclui Irineu Inácio.
Data: 30/12/2011
Edição: 195
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Prefeita e presidente da Câmara falam sobre as perspectivas para Contagem 2012

A prefeita de Contagem, Marília Campos (PT), e o presidente da Câmara Municipal, vereador Professor Irineu Inácio da Silva (PSDC), gravaram, nesta semana, o programa especial de fim de ano da TV Câmara Contagem, fazendo o balanço de 2011 e falando sobre as perspectivas para a cidade no próximo ano. Tendo como cenário a Praça Tancredo Neves, em frente à Prefeitura, os representantes dos poderes executivo e legislativo abordaram as conquistas e desafios nas áreas de segurança pública, educação, infraestrutura, saúde, saneamento básico e habitação. De acordo com os entrevistados, Contagem teve um ano positivo, marcado por um considerável aumento da qualidade de vida da população. "Temos todos os motivos para comemorar, pois chegamos ao fim de ano com a cidade tendo gerado 10 mil empregos e com um clima de prosperidade. As pessoas estão ocupando os espaços públicos, como parques e praças, e comemorando uma cidade mais integrada e mais unida", destacou Marília. "Há um clima de harmonia na cidade, com as pessoas mais felizes e mais satisfeitas. Isso mostra que, quando os poderes se organizam e trabalham em prol da cidade, a população é beneficiada e reconhece", completou Irineu. Para os representantes do poder público, o bom momento de Contagem pode ser atribuído, em grande parte, às parcerias estabelecidas na cidade. "Não conseguimos governar sem parcerias. Se Contagem tem hoje um bilhão em investimento é porque nos esforçamos pelas parcerias com os governos estadual e federal, com o BNDES e instituições privadas", disse a prefeita. "Além disso, minha relação com a Câmara é de perfeita harmonia, de uma convivência harmoniosa e equilibrada. Ela tem seu papel, respeitamos sua autonomia, e ela respeita o papel do executivo", acrescentou. Ambos admitem que, apesar de tantos avanços, ainda há muito para ser feito pelo município em 2012. "As demandas sempre surgem, e isso é que nos motiva a trabalhar sempre mais pelo desenvolvimento da cidade", ressaltou o presidente da Câmara. "Na saúde, se o atendimento ainda não está pleno e temos muito a melhorar, temos observado avanços. Ele vem melhorando, com vários novos equipamentos públicos de saúde e, na prevenção, com as academias da cidade", exemplificou Irineu. "Investimos muito neste ano e temos que investir ainda mais", concluiu Marília Campos. Confira a entrevista completa pela TV Câmara Contagem na TV Assembléia (canal 11 da Net) entre os dias 27 de dezembro de 2011 e 02 de janeiro de 2012 das 06h30 às 07h30 e das 18h às 19h.
Data: 09/12/2011
Edição: 194
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Droganorte recebe o prêmio de Destaque Empresarial 2011

Antônio Carlos de Rezende, nascido em 29 de agosto de 1942, no pequeno arraial de Aroucas, entre Brumadinho e Bonfim MG . Membro de família humilde entre 9 irmãos transferiu-se para BH aos 3 anos de idade. O espírito de comerciante despertou precocemente, pois aos 8 anos, após as aulas, vendia de porta em porta animais em cerâmica adquiridos de um artesão vizinho. Nunca abandonando os estudos, pois sua mãe Afonsina era brava e muito exigente, sempre fazia algum trabalho para ajudar no sustento de sua família, pois a vida era difícil. E o sr. Rodolfo, seu pai , honesto, bondoso e amigo ganhava pouco em sua profissão de barbeiro. Aos 11 anos de idade surgiu a sua primeira oportunidade de emprego fixo, pois sr. Manoel Peres da Silva, dono da farmácia Gameleira, o convidou para trabalhar fazendo pequenos serviços com a condição de não abandonar os estudos. Devido ao aprendizado com sr. Manoel, não foi difícil arranjar oportunidade para trabalhar mais bem remunerado, aos 22 anos iniciou uma nova fase em sua vida, trabalhando como propagandista de laboratório farmacêutico durante 3 anos . Em 1969, já casado com sra. Dalva, “abrimos uma pequena farmácia na Cabana do Pai Tomás, perto da Cidade Industrial , dando-lhe o nome de Droganorte, nome que sempre sonhava”. O início foi difícil, mas amenizado pela ajuda de sua dedicada esposa e de seus ex-colegas de laboratório, dando-lhe crédito e prazos na compra de mercadoria. Durante 7 anos não teve um dia de folga, trabalhou domingos e feriados. Durante o tempo que trabalhou no laboratório fazia o setor de Contagem, cidade que sempre teve fascínio pois via nela um grande e promissor progresso, tanto no comércio como na indústria . Em 1976 já com a família acrescida de 2 lindos filhos, Douglas e Rony e com a ajuda desta batalhadora mulher, adquiria sua 1 farmácia no bairro Jk ao lado do pronto socorro. Sua grande afeição por Contagem não o decepcionou, a compra desta drogaria foi um grande sucesso, tanto que em menos de 1 ano, foi aberta a terceira drogaria no bairro Eldorado. Uma drogaria a qual foi também um grande sucesso . Estando as drogarias estabilizadas, com a ajuda de bons gerentes, o sr. Antônio Rezende resolveu diversificar suas atividades, iniciando um firma de montagem de lojas e principalmente farmácias onde tinha grande conhecimento, além de uma serraria em Nova Ponte para fornecimento de embalagens para as industrias. Nesta época a família já tinha crescido mais. “Fernanda, que hoje nos ajuda magnificamente na direção das drogarias”. O Rony, com 16 anos sentindo que poderia diminuir o ritmo de trabalho do seu pai, e com sangue de comerciante pulsando fortemente em suas veias, propôs que lhe entregasse a direção das drogarias. Proposta imediatamente aceita, pois além de sangue novo, sempre mostrou vocação para o comércio, tornou-se o mais jovem empreendedor do ramo, trabalhando com dedicação afinco e sabedoria, sacrificando parte da sua juventude. O sucesso da sua direção foi total. Sentindo a necessidade de uma retaguarda maior, Rony propôs lhe a abolição de seus outros negócios e voltasse para as drogarias para somar. “Mais uma proposta acertada do Rony e hoje , com a participação total da família, Rony, Douglas e Fernanda, eu e Dalva”, a Droganorte ama ser uma drogaria de Contagem. Segredos de sucesso No entender do empresário Rony de Andrade, o grande diferencial para o comércio em geral está e estará cada vez mais no atendimento e prestação de serviços com eficiência. “Temos uma equipe maravilhosa de colegas de trabalho que têm superado todas as nossas expectativas com relação à qualidade no atendimento e faturamento”, destaca, ao acrescentar que esta equipe é a principal responsável pelo sucesso da empresa Droganorte. Mas, a vontade, o arrojo e a ousadia, aliados a visão empresarial e mercadológica de Rony, são, sem dúvida, a mola propulsora do sucesso de sua empresa. A afinidade, a vivência e experiência que Rony já adquiriu no ramo farmacêutico tem trazido bons resultados. Entre os projetos para o próximo ano, está a expansão da empresa, que abrirá mais duas lojas: uma em Contagem, no bairro Santa Helena, e outra no Barreiro em BH, somando 12 unidades. O grande desafio está, segundo o empresário, em acompanhar um segmento muito dinâmico. Temos que nos adequar constantemente e atender prontamente a toda e qualquer exigência”, ressalta. Concorrência Quanto a prestação de serviços, vale destacar que a rede Droganorte possui o maior laboratório de manipulação de Contagem e está conveniada ao programa “Aqui Tem Farmácia Popular”, distribuindo medicamentos para hipertensão e diabetes gratuitamente para todos os que preenchem e cumprem as exigências do programa. “Mantemos convênios com grandes empresas, temos cartão de crédito próprio, oferecemos o maior prazo para pagamento do Estado e a garantia do menor preço sempre”, acrescenta o empresário. Na visão do diretor-presidente da Droganorte, o principal problema que as drogarias enfrentam atualmente é a concorrência com drogarias de fora do estado de Minas Gerais. “Elas compram para sua matriz com vantagens fiscais e transferem para as filiais daqui, nos obrigando a vender vários medicamentos abaixo do custo, porque o cliente da Droganorte jamais pagará mais caro”. A solução? “Que as redes de fora fossem obrigadas a comprar dentro do nosso estado, tendo que cumprir as mesmas regras que nós”, recomenda. Campanhas de amor por Contagem Há quase uma década, a Droganorte usa a frase: “Eu Amo Contagem” nos adesivos com a logomarca da empresa. Uma iniciativa que, segundo Rony de Andrade, foi inspirada em uma idéia do empresário e amigo Edilton Pires Bispo, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Contagem (CDL), e que tem sido visto por alguns como a esperança de uma grande campanha cívica para despertar (ou reacender) na população o amor e o orgulho pelo lugar onde nasceram ou vivem. “Este foi o meu objetivo; acredito que Contagem é uma cidade maravilhosa de grandes oportunidades. Rony conta que, dez anos depois de começar a trabalhar na Droganorte em Contagem, participou da fundação de uma rede de associativismo, a Associação de Farmácias e Drogarias do Estado de Minas Gerais (Rede Farma). Rede que presidiu de 1999 a 2002. Uma das realizações da sua administração foi a criação do encarte de promoções e negociações em conjunto com a indústria de medicamentos e distribuidoras. Em 2003, Rony se afastou da Rede Farma para se dedicar mais a expansão da rede de drogarias da família, atualmente com 10 lojas e cerca de 1550 funcionários.
Data: 02/12/2011
Edição: 193
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
As luzes de Natal já brilham em Contagem

Dezenas de pessoas esti veram presentes no evento que marcou a chegada do Papai Noel e abriu oficialmente as comemorações de Natal em Contagem. Visivelmente emocionada, a prefeita Marília Campos entregou a chave da cidade ao Papai Noel, durante a festa de inauguração da iluminação natalina da Praça Tancredo Neves, em frente à Prefeitura, que mais uma vez recebeu uma verdadeira multidão. Ao abraçar o bom velhinho, disse-lhe, “a festa é sua, seja bem-vindo”. Dirigindo-se às milhares de pessoas presentes, de todas as idades e de diversos locais da cidade, deu o seu abraço a cada um que ali esteve “para celebrar uma cidade melhor, para celebrar o otimismo, a esperança e a fé, para torcer por um 2012 ainda melhor para o Brasil, para uma Contagem cada vez mais desenvolvida, mais próspera. Com esse sentimento quero desejar a todos um Feliz Natal”. Antes de iniciar a contagem regressiva para o acendimento das luzes do Natal na praça, Marília Campos convidou a todos para estarem ali também no dia 31 de dezembro, a partir de 9h da noite, para participar do Réveillon na Praça e dar as boas-vindas ao ano novo, ao som do Grupo Arvoredo e das velhas marchinhas de carnaval. Surpresa, alegria, encantamento, fizeram parte da gama de sentimentos que tomou conta do público assim que a contagem chegou ao zero e as luzes foram acesas, sob aplausos e aos gritos de viva Contagem! Até os integrantes do Trio Amadeus, que se apresentou na praça na noite festiva, encerrando a série de shows iniciada com o Coral Musicanto e participação da Orquestra Jovem de Contagem, manifestaram encantamento com a praça Tancredo Neves: “a praça está bonita pelas luzes, mas está mais bonita ainda pelas pessoas que aqui estão”. Palhaços, acrobatas, enfim, atores de teatro e circo acolhiam as pessoas que chegavam e brincaram o tempo todo com os presentes. Entre eles, Gabriel Coupe, também acordeonista, do grupo Caras Pintadas. “Ótimo, aqui é um verdadeiro espaço da cidadania. As pessoas precisam realmente ocupar as praças. A iluminação ficou fantástica”, declarou entusiasmado.
Data: 25/11/2011
Edição: 192
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
2ª RPM RECEBE 311 NOVOS SOLDADOS PARA REFORÇO DO POLICIAMENTO EM DEZESSETE MUNIC

Ocorreu no Salão da Igreja Presbiteriana Central de Contagem, a apresentação de 311 novos soldados que se formaram na última turma do Curso Técnico em Segurança Pública da Corporação. Os novos soldados reforçarão o policiamento na 2ª Região de Polícia Militar de Minas Gerais (2ª RPM), que tem sob sua responsabilidade a segurança pública em dezessete municípios da região metropolitana oeste, contando com uma população estimada em mais de um milhão e oitocentos mil habitantes. Os novos militares servirão nas seguintes Unidades que integram a 2ª RPM: com sede em Contagem 18º, 39º BPMs e 1ª Companhia de Missões Especiais; no 33º BPM, em Betim; no 40º BPM com sede em Ribeirão das Neves; no 48º BPM responsável pelo policiamento da região de Ibirité; na 7ª Cia PM Ind. que executa o policiamento em Igarapé e mais 6 municípios da região. O Comandante da 2ª RPM, Cel. PM Irani Alvear Saraiva, deus boas vindas aos novos soldados e falou da satisfação em poder recebê-los para reforçar o policiamento nos municípios de abrangência da RPM. Disse ter certeza da excelente formação profissional dos policiais, que ocorreu no Centro de Ensino Técnico da Polícia Militar de Minas Gerais, local que conta com um corpo docente de alto nível. O Cel Alvear ainda reforçou aos novos policiais o quanto foi importante eles terem entrado para uma Instituição bicentenária, séria e que conta com o prestígio e o respeito da população mineira, cabendo a cada novo policial escolher a melhor forma de fazer a sua história na PM, honrando a farda, com dedicação, trabalho e honestidade. 18 º BPM reforça o policiamento com 60 Soldados recém formados no CTSP 2011 O 18 º BPM recebeu 60 soldados recém-formados do CTSP 2011. Os recém-formados foram recepcionados na unidade pelo Comandante da Unidade e Comandantes de Companhia. Eles ouviram instruções sobre as características do policiamento na área do 18º BPM e de como será a distribuição nas companhias e emprego durante o período natalino. Os novos Soldados irão reforçar o policiamento no período de operação natalina e férias seguras e fazem parte da estratégia para diminuir os índices de incidência criminal durante este período junto com outras já desenvolvidas pela unidade, e após este período, dos policiamentos e operações já desenvolvidas rotineiramente por cada Companhia. O 18º BPM e a cidade de Contagem dá as boas vindas aos novos integrantes do AUDACIOSO, com os votos que possam a cada dia agregar valor a esta unidade, que vem ao longo de seus 29 anos elevando o nome da POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS e primando pela aproximação com a população contagense dentre dos princípios da Polícia Comunitária e dos Direitos Humanos.
Data: 11/11/2011
Edição: 191
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
MOSTRA de Ciências na Funec

Segundo os alunos do 3º ano de Química Integrada, a mostra de trabalhos práticos da Funec, foi uma oportunidade de expor para a sociedade o quanto a química está presente em nosso dia-a-dia. O grupo teve como foco o perfume, por ser um produto bastante comercial com grande número de consumidores. Durante a execução do trabalho tiveram a oportunidade de extrair o óleo da madeira de sassafraz, produzindo um perfume com aroma original. Contudo, perceberam o quanto a química é importante, pois através dela é possível sintetizar substâncias semelhantes as naturais, preservando a fauna e a flora contribuindo para o meio ambiente. Além de colocarem em prática os conhecimentos adquiridos durante os três anos do curso técnico de química da Unidade Centec Funec Feira de Cultura No dia 7 de outubro a Unidade FUNEC-Riacho realizou a Feira de Cultura, Ciência e Tecnologia com o tema: Juventude Saudável, que aconteceu no turno da manhã. Os trabalhos foram apresentados de várias formas e em diversos espaços da instituição, com exposições, teatros, vídeos e demonstrações, entre outros. Nesse misto de conhecimento e descobertas, alguns alunos se vestiram a caráter, distribuíram brindes, textos e souvenires, tudo para animar e interagir com as pessoas que visitavam a feira. Para Janaina Costa, aluna da unidade, “a feira foi muito boa e bem organizada, pudemos integrar melhor com outras turmas, a comunidade e os professores. O que faltou foi tempo suficiente para extrairmos todo o conhecimento oferecido por cada grupo de estudantes e seus trabalhos.” O evento foi aberto, receptivo a toda comunidade. Professores e visitantes passaram pelas salas da escola, conhecendo e se informando sobre os diversos temas abordados pelos estudantes, entre eles, drogas, sexualidade, DST, alimentação, influência da Mídia no comportamento dos jovens e redes sociais. Após as vistas os professores avaliaram as apresentações, com vistas a qualificar os trabalhos. As feiras que a FUNEC promove são de interesse de todos: professores, comunidade e principalmente os alunos. São feitas com o objetivo de propiciar o compartilhamento de conhecimentos, a formação de vínculos e a expressão da autonomia e criatividade dos alunos. “A feira é muito importante para nossa formação, com ela podemos explorar nossa criatividade e conhecimento, além de o aprendizado acontecer de forma mais dinâmica e por isso muito mais proveitosa”. Afirma Samuel de Oliveira, também aluno da unidade Riacho. A feira é anual, e em todos os anos os temas são predefinidos pelo corpo docente e após escolhidos pelos alunos. Isso acontece para que os mesmos possam com autonomia criar mecanismos de apresentação dos trabalhos, se envolvendo e integrando melhor com o tema que gostam ou possuem curiosidade. A realização da mostra constitui uma oportunidade de ensino e aprendizagem para educadores e educandos e propicia um espaço prazeroso de interação e integração para a comunidade escolar. Além da unidade Riacho, as mostras aconteceram nas unidades, CENTEC, Xangrilá, Cruzeiro do Sul, Inconfidentes, CAIC Laguna e Ressaca. Os melhores trabalhos de cada unidade foram apresentados em uma grande mostra, no dia 29 de Outubro na unidade CENTEC, no auditório Professora Cleusa Lúcia Barra, aberto a toda comunidade escolar.. Parabéns para a equipe de professores, diretoria e alunos pelos brilhantes trabalhos.
Data: 04/11/2011
Edição: 190
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Mês do servidor, outubro terá diversas atividades voltadas para os servidores de

Em homenagem ao Dia do Servidor Público, comemorado no dia 28 de outubro, a Prefeitura de Contagem, através da Coordenadoria de Gestão de Pessoas da Secretaria Municipal de Administração, preparou programação especial para todo o mês de outubro. As atividades estão acontecendo com participação efetiva dos servidores. Foram ministradas palestras sobre Orçamento Familiar, Direitos e Deveres dos Servidores, Assuntos Previdenciários, Saúde da Mulher e, por fim, será realizada a palestra “Saúde do Homem”, na próxima sexta-feira, dia 21, no auditório da Prefeitura. As aulas de dança estão sendo realizadas todas as segundas e quartas, a partir das 17h, na Sede. Na véspera do dia do servidor, dia 27, será a tradicional festa de confraternização no Clube Arvoredo. De acordo com a coordenadora de Gestão de Pessoas, Dulce Bravo, nos últimos sete anos a Coordenadoria tem trabalhado “com o intuito de não só marcar o dia do servidor, mas dedicar o mês inteiro com atividades não só de formação, mas de promoção da saúde e recreação”. “Desde outubro de 2010, estudamos quais as principais necessidades dos servidores, de acordo com informações recebidas por meio do trabalho de gestão de pessoas, para programar as atividades deste ano. As aulas de dança foram programadas pensando no momento lúdico e de elevação da auto-estima, as palestras de saúde da mulher e do homem de acordo com os motivos de afastamento do trabalho. Percebemos também que de acordo com o número de averbamento de empréstimos consignados, o servidor precisa aprender administrar o orçamento familiar, por isso solicitamos à Caixa Econômica Federal a palestra sobre o assunto. Já em 2013, teremos um pico grande de aposentadorias no município, o que torna fundamental esclarecer sobre qual regra os servidores irão se encaixar. Tudo foi planejado de acordo com as necessidades dos servidores, o que significa um avanço no trabalho de gestão de pessoas”, afirmou. A servidora Maria de Lourdes Amaral completou 29 anos trabalhados na Prefeitura e a palestra sobre Assuntos Previdenciários veio no momento certo para esclarecer suas principais dúvidas sobre aposentadoria. “Tinha muitas dúvidas sobre a contagem do tempo de serviço e idade certa para aposentar, a palestra me ajudou a esclarecê-las, e consegui visualizar em qual regra me encaixo. Nunca tinha participado de evento semelhante em todos esses anos”, disse. Para a servidora Bernadete Aparecida Machado a palestra sobre Saúde da Mulher foi uma das melhores que participou, pois muitas dúvidas foram esclarecidas. “Faço os exames preventivos todo ano, mas pelo que a médica falou, tive ideia do quanto é importante esse acompanhamento, pois se detectados precocemente os cânceres de colo de útero e de mama são completamente curáveis. Foi excelente a iniciativa, a palestra foi muito motivadora”, disse. Saúde da Mulher: Exames Papanicolau A médica referência da Saúde da Mulher no município, Ana Paula Xavier, após ministrar a palestra sobre o tema, na última sexta-feira, dia 14, atendeu ao pedido da Coordenadoria de Gestão de Pessoas e irá encaminhar ao SUS os pedidos de exames preventivos de câncer de colo de útero, conhecido como Papanicolau, de todas as servidoras que não estão em dia com a prevenção. A servidora que deseja agendar o exame Papanicolau, deve entrar em contato com a Coordenadoria de Gestão de Pessoas pelos telefones 3352-5058 /5118, informar os dados pessoais e a referência do Posto de Saúde mais próximo de sua residência. De acordo com a médica, “o acompanhamento próximo com o ginecologista é de extrema importância para minimizar a incidência de câncer de colo de útero e de mama, reduzir a mortalidade e proporcionar o diagnóstico precoce de anormalidades”.
Data: 14/10/2011
Edição: 189
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Noite de Talentos revelou grandes estrelas da música e da dança

A noite do dia 30 de setembro, sexta-feira, ficará marcada para sempre na história do Colégio Elizabeth Kalil, responsável pela produção da Noite de Talentos, que reuniu as grandes estrelas da música e da dança entre seus alunos. O evento foi um presente do Colégio Elizabeth Kalil à população de Contagem, em comemoração ao centenário da cidade. Além dos talentos que estão dando seus primeiros passos, também se apresentou no palco da Noite de Talentos o músico Marcos Vinile, ganhador do reality show Fama, da Rede Globo. Já o público compareceu em peso e entre os presentes estavam alunos, professores, familiares e amigos; inclusive o vice-prefeito de Contagem, Agostinho da Silveira. O ingresso foi um litro de leite e as doações serão entregues às entidades Ele Clama e Embaixada do Altíssimo. Vale salientar que, durante a Noite de Talentos, o Colégio Elizabeth Kalil construiu um verdadeiro Túnel do Tempo, em homenagem ao centenário de Contagem. Nesse túnel, foram depositados vários materiais antigos, como televisão, máquina registradora e discos de vinil. Participação O palco da Noite de Talentos não ficou um só momento vazio, primeiro recebeu a Educação Infantil com a dança tema do filme “Tempos Modernos”, de Charles Chaplin. Depois foi a vez da Banda Sucateira apresentarem canções da música popular, utilizando instrumentos confeccionados pelos próprios alunos do Ensino Fundamental. Também teve a apresentação de um concerto que representou uma faculdade de música em um parque norte-americano. Tal qual acontece no filme “O som do Coração”, com a canção “Something Inside”. Para completar a noite, também se apresentaram no palco da Noite de Talentos as alunas Jéssica Saraiva, do 2° ano; Ana Catarina, do 7° ano; Elisa, do 6° ano, Natália, do 2° ano, Géssica Brito e Pâmela, do 2° ano; e Larissa e Andreza, do 9° ano. Quem arrasou nas coreográficas foram os grupos do 7° ano, com a dança “The Time of my Life”; do 8° ano e do 2° ano; e a dupla Laís e Judson, com a dança “Se Ela Dança eu Danço”.
Data: 30/09/2011
Edição: 188
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Perseverança e Dedicação: APAE-Contagem comemora 40 ANOS de solidariedade

A APAE-Contagem é uma instituição privada, de interesse público, sem fins econômicos, que funciona há 40 anos no município de Contagem e trabalha para alcançar a excelência no atendimento à pessoa com deficiência mental. E com perseverança e dedicação que a Associação de Pais e Amigos(APAE) de Contagem luta para continuar desenvolvendo o trabalho com portadores de necessidades especiais. Tem como missão promover e difundir a Inclusão da pessoa com deficiência na sociedade. Suas principais atividades são: .Atendimento clínico e pedagógico especializado de pessoas com deficiência mental; Educação Profissional de pessoas com deficiência; Formação e capacitação de profissionais (empresas, professores, etc) para atuarem com a inclusão. As ações da APAE-Contagem se desenvolvem em dois grandes Centros: Centro de Atendimento e Inclusão Social (CAIS) que são as ações diretas com as pessoas com deficiência e o acompanhamento de seus familiares e o Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre a Inclusão (NEPI). O CAIS se divide em 4 núcleos: Núcleo de “Intervenção Precoce” (NIP), “Atendimento Pedagógico e Clínico” (NAPC), “Atendimento à Família” (NAF) e “Educação profissional” (NEPRO). Nestes núcleos realiza-se o atendimento clínico, pedagógico e educação profissional às Pessoas com Deficiência, além do acompanhamento à família dos atendidos. A equipe do CAIS é composta por: psicólogos (com formação em psicanálise), fonoaudiólogas, terapêutas ocupacionais, fisioterapeutas, médicos (neurologista, psiquiatra, pediatra), enfermeira, auxiliar de enfermagem, assistentes sociais, pedagogas e professores. O Centro de Atendimentos e Inclusão Social é responsável pelo atendimento clínico, pedagógico e de educação profissional às pessoas com deficiência, além de acompanhamento à família dos atendidos. O lugar contribui para que a participação social dos portadores de necessidades especiais seja realizada com autonomia e colabora para que as outras pessoas e a sociedade convivam com diversidade, sem estigmas e preconceitos.O NEPI atende, essencialmente, à demanda externa – de profissionais, escolas, empresas e outras entidades – por cursos, palestras, consultorias, além de promover a formação continuada dos profissionais da instituição. O Núcleo de Estudos e Pesquisa em Inclusão atua na capacitação, profissionalização, clínica, indústria e empresários envolvidos com a inclusão da pessoa com deficiência. Atualmente, 359 pessoas com deficiência - desde bebês até a idade adulta - são diretamente beneficiadas através dos atendimentos clínicos, educacional especializado e de educação profissional, realizados dentro do próprio núcleo de inclusão. Desde a década de 90 a APAE-Contagem trabalha com a Educação Profissional de Pessoas com Deficiência e essa experiência trouxe à Instituição a preocupação de realizar a inclusão no trabalho, de forma significativa, para as pessoas com deficiência e para as empresas. Atender a demanda das empresas, instituições diversas e setores responsáveis pelas políticas públicas para efetivar a inclusão, representa hoje, o principal objetivo estratégico da instituição. Como fonte de geração de renda, a venda de produtos e serviços é cada vez mais importante na busca da sustentabilidade da Instituição, e para tanto, procura desenvolver novos produtos como: livros, cartões de natal, adesivos, agendas, canecas, camisetas e piorras. São vendidos também os produtos das oficinas profissionalizantes (marcenaria e floricultura), prestações de serviços (jardinagem e BASE), além dos serviços especializados em Inclusão de Pessoas com Deficiência nas empresas. Com o desenvolvimento e venda de produtos a Instituição também visa o cumprimento de sua missão: promover e difundir a inclusão. Todos os produtos são confeccionados com produções artísticas e literárias das pessoas atendidas na instituição, demonstrando assim, suas potencialidades e capacidade criativa. Além de desenvolver atividades com portadores de necessidades especiais, a APAE de Contagem realiza cursos de capacitação de profissionais que recebem crianças, jovens e adultos com algum tipo de deficiência intelectual. APAE-Contagem - Tel (31) 3393-1988 - Rua AJ, 171 – Conjunto Água Branca – Contagem. - www.apaecontagem.org.br apaecontagem@apaecontagem.org.br
Data: 16/09/2011
Edição: 187
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
POR UMA CONTAGEM CADA VEZ MELHOR

Atuando na área edu cacional, buscando através da excelência de serviços promover o desenvolvimento integral do indivíduo inserindo-o no contexto social do novo milênio. No Novos Tempos, os alunos podem reunir sua turma e participar das aulas virtuais para tirar suas dúvidas, comentar temas e matérias e podem ficar a vontade para interagirem neste ambiente de estudos. Idealizado pela educadora Maria das Graças Martins Maia de Araújo, carinhosamente chamada por Glícia, o Instituto Educacional Novos Tempos abriu suas portas em novembro de 1996, com uma proposta pedagógica inovadora, baseada em uma Educação Libertadora, que busca desenvolver em seus alunos, a afetividade, inteligência e o conhecimento. “Os projetos pedagógicos do IENT são elaborados a partir de uma combinação de diferentes metodologias já que acreditamos que as demandas educacionais contemporâneas dificilmente serão desenvolvidas na utilização de uma única. Embora a escola utilize essa combinação, sua linha de ensino tem como base os fundamentos socioconstrutivistas”, reiterou Glícia. Segundo ela, o conteúdo ministrado em sala de aula é fundamental, visto que o mercado de trabalho está cada dia mais competitivo. Contudo, explica, “é preciso que o aluno tenha uma formação integral, que compreenda também uma Educação voltada para o humano e o psicológico. Ele deve estar preparado para o Vestibular/Enem e para o mercado de trabalho, mas principalmente, deve estar preparado para a vida”, salientou. História Entre 1976 e 1996, Glícia pertenceu ao sistema Sesi-Fiemg. Por sua grande competência e dedicação foi promovida várias vezes, chegando a gerência da maior unidade do estado. Ao desligar-se do sistema, em 1996, quando se aposentou por tempo de serviço, viu-se frente à oportunidade de levar adiante sua meta: educar. Glícia, então, foi convidada e incentivada pelo presidente do Sistema Fiemg (Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais), Stefan Bogdan Salej, a construir uma empresa. Este empreendimento seria parceiro do Sesi e forneceria serviços administrativos e pedagógicos ao Ensino Fundamental. Assim, nasceu o Instituto Educacional Novos Tempos. Em seu primeiro ano de atividades, o IENT funcionou no Conjunto Assistencial Alvimar Carneiro de Rezende – SESI, no Cinco. Na época, o Instituto manteve seus recursos humanos e materiais necessários ao Ensino Fundamental da Unidade, que teve suas atividades escolares iniciadas em fevereiro de 1997 e encerradas em dezembro do mesmo ano. Já em 1998, o IENT passou a funcionar em um prédio próprio, no Centro de Contagem, oferecendo Educação Infantil e Ensino Fundamental até a 6ª série. Neste ano, foi criada a bandeira da escola e implantados cursos extracurriculares. Atualmente, o colégio oferece Educação Infantil (Maternal ao 2º período), Ensino Fundamental (1º ao 9º ano) e Ensino Médio (1ª a 3ª série); além de cursos extracurriculares como Futsal, Futebol Soçaite, Handebol, Voleibol, Xadrez, Ballet e Judô. Possui uma infra-estrutura distribuída em uma área de aproximadamente 15 mil m2, com área verde, Centro Esportivo, Centro Infantil e espaços que estimulam o desenvolvimento do aluno. O IENT se orgulha de estar em Contagem e por poder proporcionar melhor qualidade de vida a sua população através da formação acadêmica e humana de seus alunos. “Sinto-me honrada de estar em Contagem, assim como meus filhos e netos. Vamos continuar na busca do conhecimento, sempre em Contagem e fazendo de tudo para que esta cidade seja a melhor possível”, finalizou Glícia. Instituto Novos Tempos – Matrículas Abertas 2012. Av. Prefeito Gil Diniz, 373, Centro - Contagem. Telefone: (31) 3391-6097 – www.ient.com.br. Redes Sociais: youtube.com/novostempostv e twitter.com/novos_tempos.
Data: 30/08/2011
Edição: 186
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Ex-presidente Lula recebe Título de Cidadania Honorária de Contagem

O ex-presidente Luiz Inácio “Lula” da Silva se tornou oficialmente, na última quinta-feira (18), cidadão contagense. O Título de Cidadania Honorária foi entregue a Lula durante encontro estadual do PT, em Belo Horizonte, pelo presidente da Câmara de Contagem, Vereador Professor Irineu Inácio da Silva; pela prefeita Marília Campos; pelo autor da proposta, Vereador Gustavo Gibson; e pelo deputado estadual Durval Ângelo. De acordo com o presidente da Câmara, o título é um reconhecimento do Legislativo de Contagem à contribuição de Lula para o desenvolvimento da cidade no período em que foi presidente da república. “O ex-presidente é merecedor da condecoração, por tudo que fez por esta cidade quando estava no Governo, pelo carinho e consideração que demonstrou para com o povo contagense”, declarou o parlamentar. “São diversas obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), e os recursos vieram para a cidade em valor significativo, principalmente para obras na região do Industrial, de Nova Contagem, do bairro Nacional”, acrescentou o presidente do Legislativo. Em consonância com Irineu Inácio, o Vereador Gustavo Gibson destaca que a homenagem é uma forma de Contagem demonstrar gratidão pelos programas sociais desenvolvidos no município durante o Governo Lula. “Trata-se de um justo reconhecimento pelo trabalho social imenso que o ex-presidente Lula fez no país inteiro. Não podemos negar que várias vidas, principalmente de crianças, foram salvas em Contagem graças a essas ações sociais. E, como se isso não bastasse, minorou o sofrimento de camadas muito importantes de nossa população com o resgate econômico e social”, concluiu o parlamentar.
Data: 26/08/2011
Edição: 185
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Chega a Contagem o CENTRO DE ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA

O Centro de Ortope- dia e Traumatologia é uma instituição privada de saúde de médio porte que vem se destacando pelo seu comprometimento em atender seus pacientes com maior rapidez e conforto. Essa é a principal filosofia da clínica, que tem a missão de trabalhar de forma efetiva para o bom desempenho das relações em sua área de atuação. O empenho da clínica é oferecer o que há de melhor em atendimento e serviços de saúde, para não só atender às suas expectativas, mas também superá-las. Este é o compromisso e, por isso, trabalhamos continuamente. A satisfação dos clientes é o foco central da instituição. Mas o que se pretende é a alta satisfação, não apenas cumprir o papel com um bom serviço. Deve sempre ir além, prestar um excelente serviço e oferecer algo mais, oferecendo mais do que ele espera, superando sua expectativa e surpreendendo o cliente. A alta satisfação envolve todos os aspectos da relação com o cliente e requer aprimoramento deste relacionamento. O Centro de Ortopedia e Traumatologia é uma instituição cujo âmbito de ação é desenvolver cada vez mais a sua estrutura, buscando garantir a satisfação de seus clientes e alcançar a excelência no atendimento médico. O COT – Centro de Ortopedia e Traumatologia iniciou suas atividades a partir de junho do corrente ano, contando com um grupo de médicos especialistas nas diversas áreas de atuação da especialidade ortopédica, visando modernidade e agilidade do atendimento, através de corpo clínico composto de profissionais experientes que atendem em modernas e confortáveis instalações, com excelente localização na cidade de Contagem . Localizado à Avenida João César de Oliveira, a Clínica conta com amplo espaço físico, em torno de 440 metros quadrados, consultórios e salas de procedimentos, moderno serviço de imagem composto de radiologia digital para realização de exames radiológicos voltados para a especialidade, complementado por exames de tomografia computadorizada e ressonância nuclear magnética, recursos importantes no diagnóstico das doenças e traumas ortopédicos. O COT disponibilizou grande parte de sua área física para atendimento em fisioterapia e reabilitação, setor de máxima importância na recuperação dos pacientes com patologias e traumas, sobretudo após cirurgias ortopédicas visando a recuperação funcional. Os profissionais do setor de reabilitação estão capacitados para oferecer serviço de qualidade através de modernos recursos de tratamento, incluindo as reabilitações posturais (RPG e Pilates). É de suma importância para os nossos clientes o acesso às dependências da clínica durante o período de atendimento (consultas e tratamentos), o que é facilitado através do amplo estacionamento privativo, fator importante nos dias atuais no deslocamento das pessoas. O atendimento está voltado para clientes particulares e todos os convênios em atuação: Unimed, Saúde, Fundaffemg, BHTrans, Saúde Bradesco, Assufeng, Copass Saúde, Good Life, Vitae, Mediservice, Allianz Saúde, Abeb, Fundação Saúde Itaú, Fundação Lilia Possas, C E F, Notre Dame, Correios, Agros, Fundação São Francisco Xavier (Usiminas), Vitallis, Só Saúde, Gama, Medial Saúde, Gren Life, Life Empresarial, Golden Cross, Samp, Previminas, Cnem Uranus (Nuclebrás), Maritima, Vivamed, São Bernardo Saúde. Sendo que o atendimento para marcação de consultas é feito através do telefone (31) 3421-6560.
Data: 05/08/2011
Edição: 184
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
MEIO AMBIENTE RECONHECE JORNAL REGIONAL

Cerca de 140 pessoas se reuniram na manhã de quinta-feira (07) na Casa da Cultura Nair Mendes Moreira para a solenidade de entrega do terceiro Mérito Amigos da Natureza. O evento, realizado pela Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, reconheceu empresas, entidades, personalidades, instituições e órgãos da imprensa que demonstram compromisso com a preservação do meio ambiente e com o desenvolvimento sustentável de Contagem. Na ocasião, o Secretário de Meio Ambiente Jander Filaretti, ressaltou a importância de se preservar a natureza e da satisfação de realizar pela terceira vez a entrega da premiação a quem realmente se preocupa com a cidade. Jander ressaltou ainda que todas as obras realizadas na cidade possuem licenciamento ambiental, principalmente as de despoluição e tratamento de fundo de vale com recuperação de córregos. A prefeita Marília Campos parabenizou a todos os homenageados e afirmou que a preocupação da prefeitura em relação ao meio ambiente tem sido cada vez maior “Em Contagem, diversas obras de infra-estrutura estão sendo realizadas e os córregos são tratados sem degradação ambiental.” Ainda segundo a prefeita, os ambientalistas fazem parte da história de Contagem “Uma cidade sem árvore não é bonita, limpa e fresca, e Contagem, que apesar de ter tradição industrial, tem muita vida pela frente graças a vocês que tanto se preocupam com o meio ambiente”. O presidente do Partido Verde de Minas Gerais, Ronaldo Vasconcellos, que falou em nome dos homenageados, parabenizou pelo centenário de Contagem e a atual administração pela preocupação com a natureza “Nós que somos ambientalistas sentimo-nos muito satisfeitos em receber este reconhecimento que nos permite ter vontade de continuar em frente.” Ao final, os homenageados e seus convidados participaram de um coffe break e ouviram a apresentação da Orquestra de Viola de Contagem, regida pelo maestro Paulo Roberto de Brito. Estiveram presentes diversas autoridades, dentre elas, o deputado Estadual Durval Ângelo, a Secretária Municipal de Trabalho e Renda, Maria Lúcia Guedes, o Secretário de Governo, Hamilton Reis e o Vereador Gustavo Gibson. homenageados: Empresas: Biokits Indústria e Comércio Ltda.; Dental Maia Ltda; Magnetti Marelli Cofap; Marmo Importação e Exportação. Personalidades: Adriano Magalhães Chaves (Secretário Estadual de Meio Ambiente), Flávio Mayrink, Ronaldo Vasconcellos, Senador Clésio Andrade Imprensa: Diário de Contagem On Line, Jornal Regional de Contagem Entidades: Associação Comercial e Industrial de Contagem, Associação Comunitária do Bairro Riacho e Jardim Vera Cruz, Associação Orquidófila de Contagem, Câmara de Dirigentes Lojistas de Contagem, Instituto Guaycuí, Orquestra de Viola de Contagem, Serviço Social do Comércio - Sesc Laces Contagem/Betim Instituições: Colégio Sigma Serelepe, Colégio Sócrates, Escola Estadual Mario Elias de Carvalho, Escola Municipal Cândida Rosa do Espírito Santo.
Data: 15/07/2011
Edição: 183
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Meio Ambiente homenagea Jornal Regional com Mérito “Amigos da Natureza” de Conta

Comemorar a preservação do meio ambiente não é apenas no mês de junho. Foi pensando nisso que a Prefeitura Municipal de Contagem, por meio da Secretaria do Meio Ambiente, realizará no dia 07 de julho a terceira Edição do MÉRITO AMIGOS DA NATUREZA, que reconhece e incentiva empresas, entidades, personalidades, instituições e órgãos da imprensa que demonstram compromisso com a preservação do planeta e com o desenvolvimento sustentável de Contagem. O Mérito Amigos da Natureza é uma ação criada pela Secretaria Municipal do Meio ambiente no ano de 2009, para agraciar e parabenizar escolas, instituições, personalidades, empresas que contribuem, de alguma forma, com a preservação do meio ambiente de Contagem. Neste ano de 2011, o Jornal Regional Contagem será agraciado por ser um veículo de comunicação que está sempre engajado na preservação ambiental, seja através de reportagens, divulgando atividades nos parques ecológicos da cidade, seja cobrando do poder público a manutenção e preservação de nossas matas, parques e nascentes. Homenageados Estarão sendo homenageados as seguintes categorias: Empresas: Biokits Indústria e Comércio Ltda.; Dental Maia Ltda; Magnetti Marelli Cofap; Marmo Importação e Exportação. Personalidades: Adriano Magalhães Chaves (Secretário Estadual de Meio Ambiente), Flávio Mayrink, Ronaldo Vasconcellos, Senador Clésio Andrade. Imprensa: Diário de Contagem On Line, Jornal Regional Contagem. Entidade: Associação Comercial e Industrial de Contagem, Associação Comunitária do Bairro Riacho e Jardim Vera Cruz, Associação Orquidófila de Contagem, Câmara de Dirigentes Logistas de Contagem, Instituto Guaycuí, Orquestra de Viola de Contagem, Serviço Social do Comércio - Sesc Laces Contagem/Betim. Instituição: Colégio Sigma Serelepe, Colégio Sócrates, Escola Estadual Mario Elias de Carvalho, Escola Municipal Cândida Rosa do Espírito Santo. A escolha dos agraciados é feita pelo corpo técnico e de educação ambiental do município de Contagem.
Data: 17/06/2011
Edição: 180
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
ÁGUA BRANCA PREVÊ DEMANDAS E COBRA PREPARATIVOS - Projeto de Requalificação do

Novos moradores O Governo do Estado, atra- vés do Departamento de Obras Públicas DEOP, executa o Projeto de Requalificação do Córrego Ferrugem, em fase avançada. O projeto prevê a remoção de cerca de 1.500 famílias das margens do córrego, vítimas de enchentes (como aquela de 1º de janeiro de 2010) e o seu reassentamento em apartamentos, no Água Branca, que já estão sendo construídos. Áreas atingidas e novas moradias As localidades conhecidas como Vila do Canal, Esporte Clube, Madre Gertrudes, Itaú, PTO e Samag, que margeiam o córrego Ferrugem, serão atingidas pelas obras. Segundo o Governo do Estado, para as obras no Córrego Ferrugem, cerca de 1.500 famílias serão reassentadas em áreas próximas onde estão atualmente, situadas num raio máximo de dois quilômetros. “A grande preocupação é de proporcionar um impacto positivo de melhoria na vida de todos os moradores às margens dos córregos. A idéia é de proporcionar um menor impacto na comunidade afetada”, destacou João Antônio Fleury, diretor-geral do DEOP. No Água Branca, estão sendo construídos cerca de 800 apartamentos para receber as famílias. Reunião popular Dia 25 de maio, a União de Defesa Comunitária (UDC) realizou reunião com moradores a fim de informar os mesmos sobre o Projeto e levantar algumas preocupações. O presidente da UDC, Luiz Carlos de Araújo, abriu a reunião deixando claro não haver preocupação ou discriminação quanto aos novos moradores, “gente como a gente”, mas sim quanto à infra-estrutura de serviços necessária para acolhê-los e para a região, já defasada, posição aceita pelos presentes. O morador Anderson Cunha, preocupado com algumas declarações de vizinhos, lembrou a tradição hospitaleira do Água Branca, “bairro generoso e acolhedor”, bem como do saudoso Seu Teco, “figura solidária” e, propôs a participação de secretarias municipais na preparação pré-morar. Educação O morador Júlio César, do site Nossa Área, leu carta-aberta aos moradores, que recolhe informações da cartilha intitulada “Tudo o que você sempre quis saber”, publicação do DEOP sobre o projeto. A carta coloca as principais preocupações da comunidade. Quanto à Educação, é questionado se “As escolas públicas locais (cinco ao todo) têm como receber as crianças e jovens das novas famílias?”. Sobre este quesito, a líder comunitária Maria Dolores, do GETEC, lembrou que as cinco escolas públicas locais são as mesmas desde os anos 70. Informou ainda, em última mão, que quatro creches particulares foram fechadas na região, o que agravou a já deficitária oferta de educação infantil: “Atualmente, 90 crianças estão sem creche, fora a lista de espera”, informou. Segurança Compondo a mesa da reunião, o capitão Márcio, da 43º Companhia da PMMG, disse que será feito um estudo quando da chegada do novo contingente populacional. Questionado, informou que hoje a 43º CIA conta com 83 policiais e que esse número pode ser ampliado, assim como o número de viaturas, “será feito um estudo”, resguardou-se. O capitão citou parceria entre a PMMG e o Plantão Social, programa da Prefeitura de Belo Horizonte, que deu bons resultados, quando de reassentamento no Conjunto Habitacional Parque Arrudas de famílias oriundas da Vila São Paulo. Saúde e transporte A UDC questiona sobre os serviços públicos de saúde: “Os dois postos de saúde têm como atender um aumento radical da demanda diária?”. Da mesma forma, questiona sobre o incremento no sistema viário que a vinda de novas famílias acarretará para a região: “As linhas de ônibus que circulam na região, suportarão o crescimento de passageiros? Nossas vias urbanas comportam um aumento na demanda do tráfego de veículos?” Órgãos locais Além do Governo do Estado, Luiz Carlos considera importante que Prefeitura, Câmara de Vereadores e Regional Eldorado assumam o fato, que impactará a região. “A Administração Regional disse que não sabe de nada e, em momento algum, a Câmara se manifestou sobre o projeto”, alegou. Participe Foi criada uma comissão de moradores para representar a comunidade em reuniões com o poder público. Mais informações na União de Defesa Comunitária, Rua Antônio Raposo, nº 210, Jardim Bandeirantes. Telefones: (31) 8809-4678 e 87-26-4804 (operadora ‘Oi’), 8751-8075 (‘Tim’), 8737-0615 (‘Claro’). Conheça o site “Nossa Área”: www.nossaarea.com.br
Data: 03/06/2011
Edição: 179
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Empresários recebem Título de Cidadania Honorária COM grande festa EM CONTAGEM

Em noite de muita emoção, a Câmara Municipal de Contagem agraciou, com o Título de Cidadania Honorária de Contagem, sete empresários que contribuem para o desenvolvimento socioeconômico do município. Demonstrando muita alegria e imenso orgulho, Ciro Carpentieri Filho, Hélio dos Santos Pires Júnior, Márcio Bonfim, Murai Caetano de Oliveira, Raimundo Luiz Fernandes, Rony Anderson de Andrade Rezende e Urubatan Helou receberam a condecoração em uma grande festa que reuniu, no Centro de Eventos Fercar, na Cidade Industrial, seus amigos e familiares, além de muitas personalidades do município. O presidente do Legislativo de Contagem, Vereador Professor Irineu Inácio da Silva, ressaltou, em seu discurso, que a homenagem é um justo reconhecimento pela dedicação dos agraciados à cidade. “Nossos agraciados marcaram a história deste município por inúmeros fatores e pela grande participação no crescimento econômico e social de Contagem”, destacou o parlamentar. “Suas trajetórias foram marcadas por versatilidade, dinamismo e inovação, não somente no mundo dos negócios, mas, sobretudo, no espaço social e cultural, onde foram incentivadores e fomentadores, e por seu sucesso empresarial, amor ao trabalho e idealismo beneficente”, acrescentou. “Parabenizo a Câmara, na figura do Vereador Irineu, pois isso não apenas incentiva esses cidadãos a continuarem com seu excelente trabalho pela cidade, mas aumenta o compromisso dos outros para com Contagem”, disse a Prefeita Marília Campos. Durante toda a solenidade, os novos cidadãos honorários demonstraram estar sensibilizados com a homenagem e com todo o clima criado para a festa, incluindo a presença de familiares e amigos, ao som da Orquestra Jovem de Contagem. Raimundo Luiz Fernandes “Nem sei como me expressar neste momento, tamanha é a alegria, a satisfação e a emoção. Estou em Contagem desde 1980, aqui vivo, amo e tenho meus negócios, por isso, a responsabilidade só aumenta com esse Título”, disse Raimundo Luiz Fernandes, presidente da Transrefer, homenageado por iniciativa do Vereador Arnaldo de Oliveira. Rony Anderson de Andrade Rezende “Desde que comecei a trabalhar em Contagem, sempre falo que amo esta cidade, e todas as nossas publicidades são com essa conotação. E, hoje, ser recebido como filho desta cidade é uma honra muito grande, é uma festa no meu coração. Muito obrigado, Contagem”. Natural de Belo Horizonte, Rony Anderson de Andrade Rezende começou ainda garoto a sua trajetória em busca do sucesso. Dotado de grande inteligência e tino comercial, aos 14 anos, já trabalhava no bar da família, além de comercializar veículos. Aos 16 anos, este brilhante empresário, transferiu-se para a Droga Norte, que juntamente com a Droga Leste, ambas farmácias da família, necessitavam de sua presença para dar continuidade ao evidente crescimento no ramo de drogarias. Após 10 anos de muita dedicação e árduo trabalho, e já com as farmácias em crescente desenvolvimento, o nosso homenageado foi presidir durante 4 anos a Rede Farma, tendo se afastado da mesma devido ao enorme crescimento de sua rede de drogarias, atualmente com 9 lojas, com localização e infra-estrutura de ponta, além de um atendimento personalizado. Residente há vários anos em Contagem e dono de grande sensibilidade e enorme coração, Rony Anderson participa efetivamente de trabalhos sociais em nossa cidade, além de gerar empregos e renda, dando assim a sua contribuição para o engrandecimento de nosso município, sendo, portanto, merecedor de todas as honrarias deste Poder Legislativo, deixando seu nome gravado como um dos empresários mais brilhantes deste centenário. Rony foi um dos fundadores da Fundação Nacional de Mediação de Conflitos Sociais, que atua na pacificação de conflitos no município de Contagem. Hoje além de presidir o Conselho Curador, órgão mais importante, é o mantenedor da Fundação de Mediação. Está se capacitando como mediador e aprimorando suas técnicas de negociação, o que já faz com muita habilidade. Seu maior título é ser um homem íntegro, pai dedicado, grande companheiro e amigo de sua esposa. Alma fraterna e humana. Seus grandes feitos sociais não são divulgados, pois ele os guarda para si. Rony Anderson de Andrade Rezende, diretor-presidente da Droga Norte, diretor da CDL Contagem, Diretor da APAE Contagem. Agraciado por iniciativa do Vereador Professor Irineu Inácio da Silva.
Data: 20/05/2011
Edição: 178
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Destine corretamente seu lixo

Cenário Em média, cada brasileiro produz um quilo de “lixo” por dia. Os contagenses não ficam de fora desta matemática que nada soma para o meio ambiente. Uma das maneiras de resolver esse problema seria seguir o que o professor de Engenharia Sanitária da UFMG, Raphael Tobias, chama de hierarquia do lixo. Nenhuma novidade. Em ordem, isso envolve reduzir a produção, reutilizar o que for possível, reciclar e fazer a compostagem, no caso dos resíduos orgânicos. Três instrumentos vieram desenhar um novo cenário do lixo na Região Metropolitana de BH: A Política Estadual de Resíduos Sólidos (Lei 18.031), sancionada pelo Governo do Estado em 2009, a Agência Metropolitana, que terá uma diretoria específica para a gestão do lixo na região metropolitana e finalmente a Lei 12.305, de agosto de 2010, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos, que, embora apresentando lacunas, traz grandes avanços. Tudo ainda no papel. Faça você mesmo Você pode começar agora a fazer a sua parte. Agir de forma ambientalmente correta é fácil, barato, satisfatório, solidário e até rentável. Para as pessoas que querem destinar o seu “lixo” da melhor maneira possível e, com razão, queixam-se da falta de serviço público de coleta seletiva, temos algumas dicas. Há várias opções de condutas exemplares. Uma delas é fazer a coleta seletiva em casa e depois destinar o acumulado para os depósitos. Neste caso você separa os resíduos comerciais: latinhas de alumínio, pets, vidro e papelão, os mais comprados. Deposite cada tipo de resíduo em uma caixa de papelão de tamanho grande, forrada por dentro com saco próprio de lixo forte, a exceção do lixo orgânico, que não deve ser acumulado, pois atrai insetos e ratos. O lixo orgânico deve ser secado ao sol, esfarelado e utilizado como adubo em hortas e jardins, ou manejado em sistema de compostagem (pesquise sobre “compostagem artesanal”). Para quem não gosta de acumular resíduos em casa, outra opção é separá-los (alumínio, garrafas pet, vidro e papelão) em recipientes visíveis e deixá-los na lixeira da calçada um dia antes da coleta convencional, permitindo que os catadores possam identificá-los facilmente e os recolher. Saiba: diariamente passam catadores em frente a sua casa. Outra opção é entregar o lixo separado nos pontos de coleta seletiva das empresas, comércios, escolas, faculdades e do município. O Parque Ecológico do Eldorado é um destes pontos. O Parque fica na esquina entre Av. Paineiras e Av. Olímpio Garcia, no bairro Eldorado. Eletrônicos, óleo usado e pneus O despejo bruto do lixo eletrônico causa sérios danos ao meio ambiente, portanto, faz-se necessária a sua correta destinação. Em Contagem, pilhas e baterias são recolhidas em alguns pontos da cidade, como em frente à Câmara dos Vereadores, na Sede, ou na loja de classificados do Jornal EM, na Av. João César de Oliveira, 3403, s.102, no Eldorado. As agências do Santander da Sede e do Eldorado também recolhem eletrônicos. Além disso, veja se a agência dos Correios mais próxima dispõe do Programa Cata-Pilhas. Da mesma forma que os eletrônicos, o óleo vegetal deve receber destinação adequada. Em Contagem, o Híper Via Brasil recolhe óleo usado, além de garrafas pet limpas e vazias. Pneus podem ser comercializados na troca. Concessionárias e oficinas já fazem isso.
Data: 29/04/2011
Edição: 177
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Parque Ecológico prepara atividades para o Dia Mundial do Meio Ambiente

A equipe que trabalha no Parque Ecológico do Eldorado, comandada por Ricardo Carvalho, o Cadinho, está concluindo a elaboração de todo o programa de atividades para o dia 05 de junho, das 9h às 17h, para celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente. O destaque será a segunda edição do projeto Trilhas da Leitura, que se mostrou um sucesso quando realizado pela primeira vez, com a presença de um público flutuante de mais de 800 pessoas, de todas as idades. O Trilhas da Leitura, em sua apresentação oficial, consiste em “atividades multiculturais que prevêem leituras, interpretações, discussões, empréstimos e doações de livros, ampliando esforços para se dirimir os efeitos da exclusão cultural que acometem muitos indivíduos da comunidade, transformando a condição de vítimas em cidadãos plenos, tendo na leitura um direito humano fundamental” Em outras palavras, “o projeto visa recolher livros usados junto à comunidade e leva-los para o parque. Ali ficam disponíveis para leitura dos frequentadores, que podem ainda leva-los para casa, ler, devolver e, se possível, acompanhado de outro, para doar e ampliar o ciclo de leituras e doações”, explica Cadinho. O gerente do Parque Ecológico do Eldorado se mostra bastante satisfeito com os números alcançados na primeira edição do Trilhas de Leitura. “Foram doados mais de 3 mil livros entre literatura, didáticos e enciclopédias. Além disso, no dia primeiro de maio, os presentes puderam curtir ainda música gospel de qualidade: O som da nova vida, da Associação Embaixada do Altíssimo - Geração de Davi. Outro momento marcante da festa do trabalhador no Parque Ecológico ficou por conta do lançamento do livro “Lavinho, em Vamos Viver ao Ar?”, da escritora mirim Ana Clara Santos Reis, de apenas seis anos. Doações O Trilhas da Leitura nasceu da percepção do gerente do parque de que havia muitos livros jogados no coletor de lixo instalado no local. Ricardo Carvalho idealizou então uma maneira de tornar aquele lixo específico em algo útil. “Agora, além do coletor, quem quiser pode e deve chegar até a secretaria do parque e fazer a sua doação de livros. Contato também pode ser feito pelo telefone 3351-6188. Não dá para fazer coleta domiciliar de doações, mas para encontrar o melhor meio de se receber as doações”, comenta, certo de que o povo tem interesse em ler, em estudar e que a dificuldade está mesmo em adquirir livros, que são caros. Lembrando uma frase que leu em um muro da cidade há algum tempo - “Um livro fechado não é um livro, apenas um objeto” - Cadinho informa que os interessados em lançar seus livros no parque já podem entrar em contato para agendar a hora e condições, inclusive para o dia 5 de junho. Em relação a outras atividades a serem programadas, se no primeiro de maio houve exposição de fotografias e desenhos matemáticos de um casal usuário do parque, para a segunda edição os organizadores preparam apresentação teatral e muita moda de viola.
Data: 15/04/2011
Edição: 176
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Nova era energética renovável, convívio ecologicamente saudável com a natureza

O novo conceito de tecnologia para aquecimento de água com alta performace térmica, alcança temperaturas mais elevadas, mesmo com baixa incidência solar ou em regiões muito frias. A captação de energia térmica é realizada através de um conjunto de tubos de vidro de borosilicato de alta resistência com parede dupla dentro da qual existe um vácuo. A dureza deste vidro o torna extremamente resistente, para se ter uma idéia, o ponto de maleabilidade do vidro Borosilicato é de 800C. Os tubos comercializados pela Universol medem 180cm x 58 mm, o vidro é mais puro e possui 3 camadas de absorção, por estes motivos eles possuem a maior capacidade de absorção do mercado, superior a 93%. Além do mais, a Universol sempre dimensiona uma maior área de captação de energia solar por litro de água desta forma garante uma maior absorção para os dias nublados ou chuvosos, reduzindo ou quase eliminando a utilização de apoio térmico como elétricos ou a gás. A parede interna dos tubos está coberta por 3 camadas. O nitrato de alumínio é um material com excelente capacidade de absorção de calor e o cobre um ótimo condutor, tornando o processo de aquecimento de água muito mais rápido e eficiente. Devido ao vácuo existente no espaço confinado entre os dois tubos, o sistema não sofre interferência do meio externo (vento, chuva, dias nublados ou neve) e as perdas de calor são extremamente reduzidas, tornando os melhores coletores disponíveis no mercado. É indicado para projetos com exigência de altas temperaturas de calor e grandes volumes de água. A Universol é uma empresa sempre atenta às novas tecnologias e conceitos mundiais e têm a missão de levar a você os melhores produtos existentes no mercado. É a maior distribuidora de Aquecedor Solar para água de Minas Gerais, e a maior Distribuidora de Aquecedor Solar a Vácuo do Brasil. Este posicionamento foi alcançado graças ao resultado de 13 anos de muito trabalho, grandes investimentos e ações contínuas de inovações tecnológicas. Pioneira neste segmento em Minas Gerais, a Universol possui produtos de tecnologias de ponta que passam por rigorosos controles de qualidade, “pois o nosso compromisso é satisfazer e atender o consumidor final com conforto, agilidade e comodidade”. Tudo isso só é possível com uma equipe de profissionais treinados e preparados para prestar serviços altamente qualificados, fornecer equipamentos atendendo às especificações e necessidades dos seus projetos. “Trabalhamos incessantemente para crescermos e continuarmos conquistando uma maior participação no mercado com nossos parceiros, distribuidores e revendedores, oferecendo aos nossos clientes produtos de qualidade, segurança e comodidade. A visão da Universol é ser a melhor empresa em soluções de energia renovável do mundo e a missão é fornecer aquecedor solar de qualidade, energia turbo eólica e buscar soluções inovadoras para as necessidades dos clientes. Aquecedor Solar de Tubos a Vácuo O menor reservatório, de 120 Litros, pode proporcionar até 5 banhos quentes e confortáveis de duração 10 minutos cada (chuveiros com vazão de 5L/min) ocupa área com cerca de 2m2 e pesa apenas cerca de 140 kg. Com os Aquecedores Solares você economiza até 80% da energia elétrica gasta com Aquecimento de água de sua residência todos os meses. Em outras palavras, o que você investe na compra do produto volta para o seus bolso através da economia feita na conta de eletricidade. Na prática, a verdade é que o seu investimento sai de graça, porque para uso residencial, o equipamento “se paga” em período que varia entre 18 e 36 meses, depois deste período você tem Água Quente de graça por muitos anos. Aquecedor Solar Tradicional Universol O aquecedor solar é, sem sombra de dúvida, a melhor opção para aquecimento de água para banho, piscina e processos industriais por possuir uma fonte energética inesgotável, abundante e gratuita. Todos os Aquecedores Solares Tradicionais Universol podem ser instalados sem uma caixa d’gua acima do reservatório. Em sistemas tradicionais, a água circula entre os coletores e o reservatório através de um sistema natural chamado termossifão. Nesse sistema, a água dos coletores fica mais quente e, portanto, menos densa que a água no reservatório. Assim a água fria “empurra” a água quente gerando a circulação. Esses sistemas são chamados da circulação natural aquecimento em nossos vídeos: “Processo de aquecimento equipamento Tradicional”. Instalação sem quebrar a Parede O Problema: A grande maioria das residências brasileiras dispõe apenas de tubulações de água fria, normalmente em PVC. Isto deve à grande popularidade dos chuveiros e das torneiras. Até algum tempo, quando alguém optava por um sistema de aquecimento solar, era grande a dor de cabeça: quebrar as paredes e azulejos para a passagem da tubulação para água quente. A Solução: Esse deixou de ser um desafio graças aos dispositivos que facilitam e reduzem o custo da instalação de aquecedores solares em casas prontas. Além de misturadores externos para substituição dos chuveiros elétricos em vários acabamentos, a Universol também instala misturadores para pias de cozinha. Sempre com o conceito de evitar o quebra-quebra de paredes, passamos a tubulação pela parte externa do imóvel e instalamos o misturador sem precisar de quebrar paredes e na maioria das vezes, sem deixar tubos aparentes. A instalação da Universol é uma mistura de beleza e praticidade aliados ao conforto da água quente na cozinha. As instalações residenciais são realizadas em média, em apenas 1 dia. A Universol cobre qualquer orçamento em todo o Brasil.. Venha conhecer nossos produtos à Rua Avelino Camargos, 263 - B. Inconfidentes - Contagem. Fones: 2564-1312 / 3088-4099. Site: www.universoll.com.br
Data: 09/04/2011
Edição: 175
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Carlos Alberto Delfino é cidadão de Contagem

Em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à cidade de Contagem, o empresário belorizontino Carlos Alberto Delfino recebeu, no último dia 07, na Câmara Municipal, o Título de Cidadania Honorária do Município. Presidente da Fundação Centro das Indústrias das Cidades Industriais de Minas Gerais de Apoio à Educação, Cultura e Meio Ambiente (Funcici-MG), o empresário foi indicado pelo Vereador Jerson Braga (Caxicó), principalmente por causa de seus trabalhos sociais em Contagem, coordenando o Programa Mãos que Ajudam. "Este título de cidadão honorário oferecido ao Carlos Delfino não se justifica apenas pelo seu currículo, mas pela pessoa especial, justa e fiel aos seus princípios, um ser humano raro que a todo momento se preocupa com o outro", destacou o autor da proposição. "Nossa cidade se engrandece ao acolher e poder contar com uma pessoa que nos beneficia com ações em prol do bem estar social e do meio ambiente, aliado ao crescimento e desenvolvimento do município", acrescentou o Vereador Caxicó. O presidente da Câmara Municipal de Contagem, Vereador Professor Irineu Inácio da Silva, em nome de todos os vereadores, também ressaltou a importância do trabalho do empresário para a cidade, que credenciou Carlos Delfino a se tornar cidadão honorário. "Em nome deste Legislativo, parabenizo o homenageado pela merecida condecoração e agradeço-lhe pelos trabalhos desenvolvidos em favor de nosso município. Saliento a importância de seu trabalho frente à Fundação Centro das Indústrias das Cidades Industriais de Minas Gerais de Apoio à Educação, Cultura e Meio Ambiente e de seus relevantes esforços na área social em nosso município". Agradecendo a todos os presentes e, em especial, ao Vereador Caxicó, o homenageado expressou muita alegria em ser reconhecido pela Câmara Municipal. "Sinto-me em um momento muito feliz da minha vida e muito honrado. Há muitos anos, sou um defensor de Contagem, pois aqui temos muitos talentos, mão de obra qualificada e muitas pessoas boas. E, hoje, Contagem me recebe como filho, o que para mim é uma honra, pois aqui iniciei minha vida profissional", disse o empresário. "É com esse espírito de gratidão que temos a facilidade de mobilizar voluntários para agir e trabalhar pelo bem comum, para ver as pessoas felizes. E foi assim que iniciamos uma trajetória de trabalho em Contagem, com a reforma na Praça Paulo Pinheiro Chagas - juntamente com alguns empresários e cerca de 500 voluntários - e, posteriormente, com doação de cadeiras de rodas, roupas hospitalares e kits para maternidades públicas, além de reformas de escolas", concluiu Carlos Delfino, citando momentos de sua história no município. Natural de Belo Horizonte, Carlos Alberto Delfino Administrador de empresas e cursa o 7º período de Direito. Desde 1986, tem seu nome ligado às empresas IG Construções Elétricas e Macorin. Homem de inegável competência continua presente em diversas funções na gerência das áreas jurídica, fiscal, contábil e financeira, constituição, baixa e incorporação de empresas. Desde 2008, Carlos Delfino é Presidente da Fundação Centro das Indústrias das Cidades Industriais de Minas Gerais de Apoio à Educação, Cultura e Meio Ambiente, indicado pelo CIEMG – Centro das Indústrias do Estado de Minas Gerais e federação das Indústrias de Minas Gerais da qual exerce também a função de assessor executivo, membro do Comitê Gestor do Programa Minas Sustentável, Programa do sistema FIEMG. Paralelamente a esta bem sucedida vida profissional, Carlos Delfino desenvolve importante trabalho social. Foi diretor de assuntos públicos e coordenador do programa Mãos que Ajudam, gerenciando um trabalho, que hoje conta com 60 mil voluntários em todo o Brasil, 1500 deles na região metropolitana de Belo Horizonte. É também, Vice-presidente, desde 2006, da Casa DESERET, que recebe pacientes de todo o Estado para assistência médica, odontológica e psicológica. Em reconhecimento ao seu trabalho e seus inegáveis valores, Carlos Delfino já foi homenageado pela Câmara Municipal e pela Prefeitura de Belo Horizonte, pela Federação das Indústrias de Minas Gerais, Assembléia Legislativa de Minas Gerais por duas vezes e pela Planeta Ambiental.
Data: 08/04/2011
Edição: 174
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
AQUECEDOR SOLAR: VaNtagens da sua utilização - Nova era energética renovável, co

O novo conceito de tecnolo- gia para aquecimento de água com alta performace térmica, alcança temperaturas mais elevadas, mesmo com baixa incidência solar ou em regiões muito frias. A captação de energia térmica é realizada através de um conjunto de tubos de vidro de borosilicato de alta resistência com parede dupla dentro da qual existe um vácuo. A dureza deste vidro o torna extremamente resistente, para se ter uma idéia, o ponto de maleabilidade do vidro Borosilicato é de 800C. Os tubos comercializados pela Universol medem 180cm x 58 mm, o vidro é mais puro e possui 3 camadas de absorção, por estes motivos eles possuem a maior capacidade de absorção do mercado, superior a 93%. Além do mais, a Universol sempre dimensiona uma maior área de captação de energia solar por litro de água desta forma garante uma maior absorção para os dias nublados ou chuvosos, reduzindo ou quase eliminando a utilização de apoio térmico como elétricos ou a gás. A parede interna dos tubos está coberta por 3 camadas. O nitrato de alumínio é um material com excelente capacidade de absorção de calor e o cobre um ótimo condutor, tornando o processo de aquecimento de água muito mais rápido e eficiente. Devido ao vácuo existente no espaço confinado entre os dois tubos, o sistema não sofre interferência do meio externo (vento, chuva, dias nublados ou neve) e as perdas de calor são extremamente reduzidas, tornando os melhores coletores disponíveis no mercado. É indicado para projetos com exigência de altas temperaturas de calor e grandes volumes de água. A Universol é uma empresa sempre atenta às novas tecnologias e conceitos mundiais e têm a missão de levar a você os melhores produtos existentes no mercado. É a maior distribuidora de Aquecedor Solar para água de Minas Gerais, e a maior Distribuidora de Aquecedor Solar a Vácui do Brasil. Este posicionamento foi alcançado graças ao resultado de 13 anos de muito trabalho, grandes investimentos e ações contínuas de inovações tecnológicas. Pioneira neste segmento em Minas Gerais, a Universol possui produtos de tecnologias de ponta que passam por rigorosos controles de qualidade, “pois o nosso compromisso é satisfazer e atender o consumidor final com conforto, agilidade e comodidade”. Tudo isso só é possível com uma equipe de profissionais treinados e preparados para prestar serviços altamente qualificados, fornecer equipamentos atendendo às especificações e necessidades dos seus projetos. “Trabalhamos incessantemente para crescermos e continuarmos conquistando uma maior participação no mercado com nossos parceiros, distribuidores e revendedores, oferecendo aos nossos clientes produtos de qualidade, segurança e comodidade. A visão da Universol é ser a melhor empresa em soluções de energia renovável do mundo e a missão é fornecer aquecedor solar de qualidade, energia turbo eólica e buscar soluções inovadoras para as necessidades dos clientes. Aquecedor Solar de Tubos a Vácuo O menor reservatório, de 120 Litros, pode proporcionar até 5 banhos quentes e confortáveis de duração 10 minutos cada (chuveiros com vazão de 5L/min) ocupa área com cerca de 2m2 e pesa apenas cerca de 140 kg. Com os Aquecedores Solares você economiza até 80% da energia elétrica gasta com Aquecimento de água de sua residência todos os meses. Em outras palavras, o que você investe na compra do produto volta para o seus bolso através da economia feita na conta de eletricidade. Na prática, a verdade é que o seu investimento sai de graça, porque para uso residencial, o equipamento “se paga” em período que varia entre 18 e 36 meses, depois deste período você tem Água Quente de graça por muitos anos. Aquecedor Solar Tradicional Universol O aquecedor solar é, sem sombra de dúvida, a melhor opção para aquecimento de água para banho, piscina e processos industriais por possuir uma fonte energética inesgotável, abundante e gratuita. Todos os Aquecedores Solares Tradicionais Universol podem ser instalados sem uma caixa d’gua acima do reservatório. Em sistemas tradicionais, a água circula entre os coletores e o reservatório através de um sistema natural chamado termossifão. Nesse sistema, a água dos coletores fica mais quente e, portanto, menos densa que a água no reservatório. Assim a água fria “empurra” a água quente gerando a circulação. Esses sistemas são chamados da circulação natural aquecimento em nossos vídeos: “Processo de aquecimento equipamento Tradicional”. Instalação sem quebrar a Parede O Problema: A grande maioria das residências brasileiras dispõe apenas de tubulações de água fria, normalmente em PVC. Isto deve à grande popularidade dos chuveiros e das torneiras. Até algum tempo, quando alguém optava por um sistema de aquecimento solar, era grande a dor de cabeça: quebrar as paredes e azulejos para a passagem da tubulação para água quente. A Solução: Esse deixou de ser um desafio graças aos dispositivos que facilitam e reduzem o custo da instalação de aquecedores solares em casas prontas. Além de misturadores externos para substituição dos chuveiros elétricos em vários acabamentos, a Universol também instala misturadores para pias de cozinha. Sempre com o conceito de evitar o quebra-quebra de paredes, passamos a tubulação pela parte externa do imóvel e instalamos o misturador sem precisar de quebrar paredes e na maioria das vezes, sem deixar tubos aparentes. A instalação da Universol é uma mistura de beleza e praticidade aliados ao conforto da água quente na cozinha. As instalações residenciais são realizadas em média, em apenas 1 dia. A Universol cobre qualquer orçamento em todo o Brasil. Venha conhecer nossos produtos à Rua Avelino Camargos, 263 - B. Inconfidentes - Contagem. Fones: 2564-1312 / 3088-4099. Site: www.universoll.com.br
Data: 18/03/2011
Edição: 173
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
PARQUE FERNÃO DIAS PRÓXIMO

O Governador Antônio Anastasia confirmou que o Parque Fernão Dias finalmente poderá ser revitalizado e deverá ser entregue à população até agosto deste ano, mês em que a cidade de Contagem vai completar 100 anos de emancipação. O anúncio foi feito ao Secretário de Meio Ambiente de Contagem Jander Filaretti e ao Deputado Federal Antônio Roberto(PV), na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, nova sede do governo estadual. Sob gestão do Governo do Estado, o Parque Fernão Dias, localiza-se à rua Rio Comprido, no bairro Bernardo Monteiro, e fica na divisa dos municípios de Contagem e Betim. Entusiasmado com a extensa área verde, o próprio Anastasia afirmou que a revitalização do parque é muito importante para a qualidade de vida dos moradores e merece ser tratada com atenção. Segundo o Governador, é de interesse do Estado de Minas Gerais estabelecer um convênio com as prefeituras de Contagem e de Betim para que o Parque Fernão Dias seja revitalizado e entregue em perfeito estado de uso para o lazer da população. Ele ainda defendeu a importância da preservação ambiental no parque, que é formado por diversas espécies nativas da mata atlântica em um área de quase 1 milhão de m². De acordo com Jander Filaretti, o orçamento do projeto de engenharia e arquitetura para a revitalização dos espaços construídos e naturais já foi realizado por meio de medida compensatória. “Consta no projeto a revitalização da portaria do parque, do playground, das quadras esportivas, dos vestiários e do velódromo." Entre as novidades, está a construção de pistas de caminhada, um centro de educação ambiental, pista para campeonatos de skate, e lanchonetes. A revitalização do mirante, vai permitir aos visitantes uma vista mais ampliada das cidades, além de poderem contar com um estacionamento exclusivo, o que proporcionará maior comodidade para a família. Conforme Jander, a audiência também proporcionou detalhar ao governador o histórico anterior de reuniões ocorridas entre a prefeitura de Contagem, por meio da prefeita Marília Campos e do próprio secretário Jander Filaretti; a prefeitura de Betim, por meio da Prefeita Maria do Carmo Lara e do secretário de Meio Ambiente Geraldo Antunes, com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, SEDESE, desde o início do ano de 2009. Com o convênio, as cidades terão a parceria do Estado no que tange à revitalização e manutenção posterior. De acordo com o governador, a proposta é viável e será conduzida pela Secretaria de Estado da Casa Civil e Relações Institucionais, por meio da secretária Maria Coeli Simões. Histórico O Parque Fernão Dias foi inaugurado em 1980 em uma área de 984.516,20 m², com 20 quadras poliesportivas, dois campos de futebol, playground, uma pista de bicicross, velódromo, mirante, lagoa, nascentes, trilhas e uma área verde composta por eucaliptos e mata nativa. Nos períodos de 2000 e 2005, o Parque foi cedido ao município de Contagem, no entanto, atualmente, a área está sob gestão do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDESE). Infelizmente, hoje, o local encontra-se em situação de abandono, o que tem resultado em roubo de materiais elétricos, hidráulicos, bem como de partes da cerca que o delimita. Na década de 1980, quando foi inaugurado, 50 funcionários eram responsáveis pela manutenção e segurança do local. Hoje a realidade é outra, o número se limita a apenas oito.
Data: 28/02/2011
Edição: 172
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
CONTAGEM RECEBE UM DOS MAIORES CENTROS DE REPRODUÇÃO ASSISTIDA DA AMÉRICA LATINA

Contagem passa a con- tar com uma das maiores clínicas de reprodução assistida e tratamentos para infertilidade da América Latina. Com mais de 15 anos de experiência em medicina reprodutiva, e já tendo possibilitado o nascimento de cerca de 5 mil bebês, a Clínica Origen já atende em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte. A Clínica Origen foi fundada em 1995, em Belo Horizonte (MG), pelos especialistas Selmo Geber e Marcos Sampaio. Em 2000, associados ao especialista Marcelo Valle, os médicos criaram a Origen Rio de Janeiro. Atualmente, as clínicas são referências em Reprodução Humana Assistida em toda a América Latina. Com o mais avançado padrão tecnológico, o centro possui alto nível de qualidade no atendimento médico e em sua infra-estrutura física e administrativa. Seu maior diferencial é considerar o ser humano em primeiro lugar. Criar uma relação de transparência entre médicos e pacientes, na qual ambos compartilhem a responsabilidade e a satisfação por um tratamento bem sucedido. A formação de seus especialistas também é extremamente importante para a Origen. Por isso, todos os talentos da clínica participam de congressos e estágios no exterior. Também são realizados, periodicamente, grupos de estudos internos para discussão de casos e apresentações de novidades internacionais. O objetivo é fazer com que todos estejam alinhados com o que há de mais moderno e melhor em todo o mundo no setor de reprodução assistida. "Vamos ampliar o alcance dos tratamentos de reprodução humana, aumentando as chances de casais que querem ter filhos, mas não conseguem de forma espontânea", afirma Matheus Roque, médico da clínica. De acordo com ele, cerca de 15% dos casais em idade fértil apresentam algum tipo de problema relacionado à capacidade reprodutiva. TRATAMENTOS AO ALCANCE DE TODOS Com o objetivo de fornecer informação à população da cidade e seu entorno, a Origen está oferecendo, a casais que enfrentam dificuldades para ter filhos, orientações gratuitas sobre infertilidade e os tratamentos para reprodução assistida, em sua unidade em Contagem. As vagas são limitadas e o agendamento poderá ser feito através do telefone: (31)2565-6360, em horário comercial. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, infertilidade é a incapacidade de conceber após, pelo menos, um ano de tentativas, sem o uso de métodos contraceptivos. Os tratamentos, no entanto, já estão ao alcance de todos, e com resultados bastante expressivos. A fertilização in vitro (FIV) é o tratamento mais conhecido - a fecundação é feita em laboratório e os embriões formados são transferidos para o útero. "As taxas de gravidez já atingem 50% de sucesso", afirma Matheus. O médico é especialista em Reprodução Humana Assistida e membro da SBU. Como é grande a lista de fatores que levam à infertilidade, o tratamento varia de acordo com a causa. "Também podem ser utilizados, com sucesso, procedimentos e técnicas simples, como indução da ovulação e cirurgias. Muitas vezes, a orientação adequada pode ser eficaz", avalia o médico. De acordo com ele, as mulheres sofrem uma perda gradativa e natural da qualidade dos óvulos, sendo o maior impacto a partir dos 35 anos. "O fator idade pode dificultar o processo de gravidez. Por isso, não se deve demorar para buscar os tratamentos adequados", completa. A Clínica Médica Origen está situada na Rua Itália, 62 - Eldorado - (31)2565-6333
Data: 04/02/2011
Edição: 171
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
A TAÇA É NOSSA

O Frigoarnaldo é o grande campeão da Copa Itatiaia em sua 50ª edição, o maior torneio de futebol amador do Brasil. A Equipe da cidade conquistou o direito de posse definitiva do troféu com a conquista da 50º Copa Itatiaia. Jogando na Arena do Jacaré em Sete Lagoas, a equipe manteve o favoritismo das equipes da região metropolitana que já dura cinco anos consecutivos e levantou o troféu. O adversário foi o Inconfidência do bairro Concórdia, que amargou caro a derrota pelo placar magro de 1 x 0, e pela terceira vez ficou com o vice-campeonato em uma final. O jogo foi bastante disputado, com o Frigoarnaldo levando vantagem por estar acostumado a jogar em campos de maiores dimensões e gramados. A equipe contou em seu elenco com jogadores como Nivaldo DJ e Richard, ex-profissionais que já disputaram o campeonato mineiro. Pelo lado do Inconfidência o destaque foi o posicionamento da defesa que em poucas oportunidades deixou o goleiro Papagaio frente a frente com os atacantes do Frigoarnaldo. No primeiro tempo o jogo foi corrido e o Frigoarnaldo pressionou bastante a equipe do Inconfidência. Os contra-ataques eram a arma da equipe do Inconfidência que deixava na frente só o atacante Du, prova disso, o time mais defendeu que atacou. O Lance de maior perigo para o Inconfidência aconteceu aos 23 minutos de jogo, em cobrança de falta sofrida pelo atacante Juninho Concórdia na entrada da grande área. O próprio jogador bateu buscando o ângulo superior direito do goleiro Thiago, mas a bola passou perto e saiu caprichosamente. O Frigoarnaldo começou a sair mais para o jogo e perdeu diversas oportunidades. Na chance mais esclarecida do primeiro tempo, Juninho Betim chegou sozinho na área escorando cruzamento que veio da esquerda e a bola saiu a direita do goleiro Papagaio que ficou só olhando. Veio o segundo tempo e as equipes diminuíram um pouco o ritmo do jogo. Antes de fazer o seu gol, o Frigoarnaldo ainda perdeu uma grande chance aos quatorze minutos com Odair. O jogador recebeu uma bola enfiada pelo meio entre os zagueiros, mas acabou chutando por cima. Aos 37 minutos, o gol do título. Pica pau, que era pedido pela torcida, entrou no jogo e após uma roubada de bola pela ponta esquerda, o jogador foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro, encontrando os pés de Odair que só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes de Papagaio e sair para o abraço. Pelo regulamento da Copa Itatiaia, a equipe que conquista cinco edições da competição leva a taça em definitivo. O destaque dessa conquista é que dessa vez a taça será levada em definitivo para a galeria do campeão Frigoarnaldo. Como a equipe de Contagem já conquistou as edições 1989/95/97 e 2009, por direito exibirá o troféu em sua galeria em definitivo com a conquista de 2011 sendo a quinta em sua história. Ficha do jogo Motivo: Final da 50º Copa Itatiaia Local: Arena do Jacaré Público: 8.000 mil. Árbitro: Adriano Alves de Oliveira. Auxiliares: Breno Rodrigues e Douglas Almeida da Costa Cartões amarelos: Chupeta (Frigoarnaldo); Papagaio, Yan e Juninho Concórdia (Inconfidência) Cartões vermelhos: Nivaldo DJ (Frigoarnaldo); Juninho Concordia (Inconfidência) Equipes Frigoarnaldo: Thiago; Baianinho (Richard), Cocó, Marco Túlio e Sandrinho (Dudú); Edson Trator, Juninho Betim (Samuel Pompéu), Chupeta e Leozinho (Pica Pau); Odair e Nivaldo DJ. Técnico: Sérgio Santiliano.
Data: 14/01/2011
Edição: 170
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
A felicidade que se busca no Natal

É praticamente impossível não deixar de perceber que o Natal está chegando. As casas ganham uma ornamentação especial, árvores são iluminadas, jardins decorados. As pessoas se mobilizam de tal maneira que nenhuma outra celebração do ano parece igual. O comércio se desdobra em turnos de trabalho, distribui prêmios por meio de sorteios, enfim, traça estratégias para aumentar seu faturamento. Nas empresas, colaboradores brindam a chegada de mais um Natal, com festas, brincadeiras e troca de presentes... Toda essa movimentação parece revigorar nas pessoas a força de encontrar um sentido para suas vidas que, por muitas vezes, não passam de dias rotineiros, repletos de superficialidades, que se repetem por anos a fio. Entretanto, não é raro vermos pessoas tristes exatamente na noite em que a humanidade se rejubila com a graça que Deus dispensou à humanidade. Talvez, elas esperassem viver o verdadeiro significado dos votos de felicidade expressos nos cartões ou nas frases, muitas vezes, repetidas apenas automaticamente. Infelizmente, devido à necessidade de se alcançar alegrias momentâneas oferecidas pelo mundo do consumo, mal nos damos conta da grandiosidade do que Deus oferece a cada um de nós nesse tempo. A felicidade que se busca no Natal não está contida em pacotes de presente ou, simplesmente, nos votos de dias sem preocupações, crises ou sofrimentos que desejamos uns aos outros nesse período. Presente material algum poderá eliminar o vazio de nosso coração ou tirar a inquietação da nossa alma. Mas Jesus pode suprir as lacunas de nossa alma, revitalizar nossas forças, especialmente, quando nos assolam as tempestades da vida. Deus nos proporcionou esse incomparável presente há 2 mil anos e a cada Natal temos a oportunidade de nos reencontrar com essa realidade maravilhosa do Menino enviado ao mundo para nos aproximar de todas as promessas divinas do Criador. Será que não está faltando em nosso Natal o compromisso de buscarmos viver o encontro com Aquele que é a salvação de todos nós? Em nossos dias, grandes transformações continuam acontecendo na vida daquelas pessoas que se dispõem a conhecê-lo. Pois, ao vivermos uma experiência com Ele não nos encontramos com um personagem histórico que viveu há milhares de anos, mas com Alguém que vive e realiza prodígios na vida de quem O acolhe como Amigo. Não se conhece alguém que, ao assumir a participação de Jesus Cristo na sua vida, tenha sido decepcionado ou abandonado às margens do caminho; ou que, ao ter clamado por Sua ajuda, tenha sido desprezado. Neste novo tempo, em vez de permitirmos que o Menino Deus nasça numa manjedoura fria, que tal vivenciar a alegria de acolhe-Lo em nosso coração? Ele irá preencher a nossa alma e nos propor um novo caminho em direção à almejada felicidade. Abraços e votos de feliz Natal repleto de mudanças! * Dado Moura é webriting do Portal Canção Nova (www.cancaonova.com) e autor do livro “Relações Sadias, Laços Duradouros”, pela Editora Canção Nova. Twitter: @dadomoura e blog www.dadomoura.com
Data: 10/12/2010
Edição: 169
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Abertura dos festejos de natal em Contagem

As luzes de natal que en feitam Contagem foram acessas no sábado, 27 de novembro. A inauguração da decoração natalina na cidade teve início com a chegada do Papai Noel, na Praça da Glória, Bairro Eldorado, numa grande festa, que começou a partir das 19h, com apresentações de cantata natalina, orquestra e show pirotécnico. A prefeita prefeita Marília Campos e o presidente do Banco BMG, Ricardo Guimarães, participam das atividades de abertura dos festejos natalinos e da iluminação de Natal, que enfeitou as principais praças, avenidas e os patrimônios históricos de Contagem. O Papai Noel saiu do Corpo de Bombeiros, no Bairro JK, em carro aberto, acompanhado pela Mamãe Noel e mais dois duendes. O cortejo passou pelas avenidas da cidade em direção à Praça da Glória. Logo após as festividades de inauguração, as crianças puderam tirar fotos com o Papai Noel. No domingo (28), a partir das 11h, foi inaugurado a Casa do Papai Noel, montada na Praça do Iria Diniz, no Bairro Eldorado. O Papai Noel e seus ajudantes também fizeram o cortejo, saindo do Corpo de Bombeiros, até sua chegada na Casa. As crianças também puderam tirar fotos com o Papai Noel até às 15h. A Casa do Papai Noel ficará aberta ao público entre os dias 04 e 19 de dezembro, das 13h às 21h. Nela serão realizados eventos, brincadeiras, oficinas, venda de doces, além de fotos com o bom velhinho e muito mais. Neste ano, a programação de natal da Prefeitura de Contagem terá o “Show de Natal”, marcado para o dia 11 de dezembro, às 19h, na Praça da Glória, tendo como atrações o Grupo Giramundo, teatro de bonecos com a peça Auto das Pastorinhas e a apresentação do Trio Amadeus, grupo de música erudita. No dia 12 de dezembro, a partir das 11h, a Praça do Iria Diniz terá a apresentação “Natal com Jazz”, com a banda Take Five apresentando sucessos da MPB, bossa nova, blues e canções tradicionais natalinas no ritmo de jazz. Enfeites e Iluminação Mais de 1 milhão e 400 mil lâmpadas, 1.200 metros de mangueira luminosa e 6.200 ícones de natal irão deixar a cidade decorada no clima das festividades. Uma árvore de natal musical, gigante, foi instalada na Praça da Glória e um presépio na Praça Tiradentes (Regional Sede). Entre os ícones natalinos, incluem-se a iluminação de árvores, fachadas, adornos iluminados e confeccionados com material reciclado, árvores de natal nas praças das regionais, portais de natal e equipamentos para interação do público. Contagem ficará iluminada até o dia 06 de janeiro de 2011, Dia dos Santos Reis. A intenção é repetir o sucesso do ano anterior e ampliar para outros pontos da cidade o Projeto Natal Contagem. Espaços importantes como Avenida João César de Oliveira, a Praça da Glória e a Praça do Iria Diniz terão projetos especiais e serão referência do Natal da cidade, atraindo visitantes de todas as regiões e outros municípios. Cada regional também terá seu ponto de referência na iluminação natalina. Confira os espaços que serão decorados: Praça da Glória (Eldorado), Avenida João César de Oliveira (Eldorado), Praça Paulo Pinheiro Chagas (Eldorado), Praça do Iria Diniz (Eldorado), Praça Tiradentes (Sede), Igreja São Gonçalo / Espaço Popular (Sede), Centro Cultural Contagem (Sede), Praça do Rosário (Sede), Praça Carlos Luz (Riacho), Praça Marília de Dirceu (Inconfidentes), Praça do Coreto (Nova Contagem), Praça Irmã Maria Paula (Petrolândia), Praça Cel. Joaquim Antônio Rocha (Ressaca), Praça Estrela Dalva (Nacional), Praça da Cemig (Industrial), Rotatória Alvarenga Peixoto (Industrial).
Data: 06/12/2010
Edição: 168
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
SEGURADORAS x CLUBES

Em nossa região contamos com dezenas de ASSOCIAÇÕES, que visam à proteção e distribuição de prejuízos causados por danos veiculares, porém o que poucos sabem é que todas elas têm um só objetivo: promover o mutualismo que nada mais é que uma simbiose social de dependência buscando benefícios mútuos em forma associativa que tem origem comprovada por uma ata de reunião em sua fundação, onde se define os objetivos comuns de atender os indivíduos usando como instrumento da satisfação das necessidades individuais humanas (nas suas mais diversas manifestações). As associações encontram respaldo Legal no próprio DIREITO INTERNACIONAL: A Declaração Universal dos Direitos do Homem, aprovada em 10 de Dezembro de 1948 estipula na alínea 1 do Artigo 20 que: “Toda a pessoa tem direito à liberdade de reunião e de associação pacíficas.” A Convenção Européia dos Direitos do Homem, aprovada para ratificação, pela Lei nº. 65/78, de 13 de outubro, convenciona que: 1) Qualquer pessoa tem direito à liberdade de reunião pacífica e à liberdade de associação, incluindo o direito de, com outrem, fundar e filiar-se em sindicatos para a defesa dos seus interesses. 2) O exercício deste direito só pode ser objeto de restrições que, sendo previstas na lei, constituírem disposições necessárias, numa sociedade democrática, para a segurança nacional, a segurança pública, a defesa da ordem e a prevenção do crime, a proteção da saúde ou da oral, ou a proteção dos direitos e das liberdades de terceiros. No Direito Brasileiro: Estas citadas Associações encontram-se balizadas no Artigo. 53 do Código Civil Brasileiro onde está definido claramente: “Constituem-se as ASSOCIAÇÕES pela união de pessoas que se organize para fins não econômicos” Desta feita é possível aqui já entender o principio e objetivo das citadas ASSOCIAÇÕES: Devem estar regularmente registradas possuindo uma matrícula no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, (CNPJ). Deve ter seu estatuto aprovado em Assembléia Geral, convocada em edital publicado em mídia de acesso a ao território que se planeja representar. Este citado estatuto deve estar a disposição de todos os ASSOCIADOS para eventuais consultas e ou conferências. Da mesma forma eles devem atender ao Artigo 54. Do Código Civil e, assim como a ata, deve ser assinado por um advogado devidamente registrado na OAB. Depois de aceito o estatuto e a ata da reunião, assinada pelos presentes e descrito todos os responsáveis tais como presidente e secretário, eleitos pelos presentes. Este modelo de ASSOCIAÇÃO em alguns aspectos se parece com o surgimento do consórcio, pois também surgiram da necessidade de se criar grupos fechados de pessoas com um só objetivo: proporcionar o resgate de benefícios. Lembre-se que a idéia de consórcio nasceu de um grupo de funcionários do Banco do Brasil que se uniram para possibilitar a compra de bens, mediante auto-financiamento, isto por volta dos anos 60 e somente 12 anos depois é que aconteceu a primeira tentativa de disciplinar minimamente e dar ordenamento jurídico tanto à atividade de consórcios como a modalidade de fundos e sorteios, é bom saber que neste interstício sempre foi levantada a condição de ilegalidade, captação indevida de poupança ou enquadramento e atividade econômica, porém o tempo se encarregou de mostrar a grande vantagem deste tipo de operação e os benefícios proporcionados aos participantes. Conhecemos a maioria das ASSOCIAÇÕES de Belo Horizonte e Contagem e podemos afiançar a total lisura de suas atividades, pois todas elas têm um só objetivo: proporcionar aos seus ASSOCIADOS o resgate imediato e sem burocracia protelatória dos benefícios contratados. Os benefícios das ASSOCIAÇÕES não estão adstritos apenas aos proprietários de veículos vez que muitas delas oferecem por meio de convênios e parecerias entre outras vantagens para os associados: - Cotização de prejuízos causados por acidente. - Programas de Acesso a Saúde. - Auxilio Funeral. - Assistência Jurídica especializada. - Serviços de despachantes junto aos DETRAN. - Serviços Cartoriais. - Programas de prevenção a acidentes. - Campanhas de Relacionamento. - Promoção Social. - Serviços de Sindicância. - Assistência em trânsito. - Monitoramento via satélite, entre outros benefícios previamente contratados. Todo e qualquer tipo de participação por parte do ASSOCIADO está relacionado aos serviços contratados de terceiros, benéficos previstos no estatuto e taxa de administração que é a única receita fixa e permanente da ASSOCIAÇÃO. Toda ASSOCIAÇÃO deverá manter a disposição dos ASSOCIADOS, o ESTATUTO, o REGULAMENTO e as últimas atas de reuniões, bem como as devidas prestações de contas. Os requisitos para se associar são os seguintes: 1)Ser Brasileiro nato ou devidamente naturalizado. 1)Maior de 18 anos. 2) Ser Alfabetizado. 3)Não ter condenação penal em curso. 4)Ter pleno conhecimento do regulamento do ASSOCIADO. 5)Manifestar o desejo voluntário por meio de termo de adesão. 6)Apresentar cópia e originais de: CPF, RG, Comprovante de endereço atualizado. 7)Recolher a devida (se houver) taxa administrativa de adesão. Por fim é fácil entender as ASSOCIAÇÕES, e todas elas devem respeitar seus ASSOCIADOS como as razões de sua existência bem como os ASSOCIADOS devem zelar e contribuir para o crescimento constate do número de associados, pois quanto maior este número mais forte e com maior poder de negociação fica a ASSOCIAÇÃO ante seus parceiros e conveniados. “As ASSOCIAÇÕES são seguras, e de forma alguma devem ser confundidas com SEGURADORAS ou similares.”
Data: 05/11/2010
Edição: 167
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
LAR MARIA CLARA GARANTE APOIO A TERCEIRA IDADE

Dia 23/10 o Lar Maria Clara promoveu com grande sucesso o seu terceiro churrascão Solidário. O evento aconteceu no Augusttus Buffet e estava lotado. Muitos empresários de Contagem e a comunidade marcaram presença mostrando seu apoio e solidariedade. Uma ótima recepção, muita gente bonita, excelente cardápio e boa música com a dupla Pablo e Felipe e Banda fizeram a tarde muito agradável. A equipe do Lar Maria Clara está de parabéns pela organização. No final do evento foram feitos vários sorteios de brindes. A moçada e a terceira idade suaram a camisa no forró e sertanejo de Pablo e Felipe. A dupla vem fazendo muito sucesso em Contagem, enlouquecendo as fãs que ao final do show querem posar com eles para fotos e querem também autógrafos. Wellington e equipe convidam a todos a fazer uma visita ao Lar, levarem seu carinho, calor humano. O Lar carece, e muito, de doações para manter os idosos e toda a infra-estrutura que garante a eles uma velhice mais digna. Os interessados em colaborar, podem ir diretamente à entidade ou entregar suas doações à conferência vicentina mais próxima de sua casa, ou ainda contatar pelo telefone (31) 3398-7189. HISTÓRICO Maria Clara de Jesus, senhora socorrida pela SSVP e moradora de um terreno situado à Rua Joaquim Camargos, 362 centro de Contagem, doou seu lote à Sociedade e, no local, oito casas foram construídas para abrigar indivíduos socorridos pela SSVP. Em meados da década de 50, ocorreu a construção de mais algumas casas na vila, que passou a ser denominada Asilo São Vicente de Paulo. Em 1996, o asilo foi denominado Lar Maria Clara - LMC. Na administração conta com diretores voluntários membros da Sociedade de São Vicente de Paulo. O Lar está aberto à visitação nas terças e quintas feiras de 14 às 16 horas e aos sábados, domingos e feriados de 14 às 17 horas. Nesses horários vêm ao Lar os familiares, alunos das escolas públicas e particulares, empresas, amigos dos residentes e membros das Conferências São Vicente de Paulo. O LMC recebe a média mensal de 538 visitas a no máximo 30 residentes. O LMC tem residentes homens e mulheres independentes, semidependentes e dependentes. A estrutura física permite prestar assistência a 64 residentes. O Lar Maria Clara tem a função de acolher, prestar assistência aos idosos carentes. Disponibiliza aos residentes tratamentos fisioterápico, médico, de enfermagem, terapêutico ocupacional e de assistência social, além de prestação de cuidados, serviços de alimentação e lavanderia. A equipe do Lar Maria Clara é composta de funcionários contratados pela própria instituição e também cedidos ao LMC por convênio celebrado com a Prefeitura de Contagem. A equipe de trabalhadores é insuficiente para atender a todas as necessidades dos residentes, considerando que muitos destes demandam pronto atendimento em virtude da debilitação da sua saúde. Reforços são enviados para sanar a sobrecarga de trabalho da equipe, porém a insuficiência de recursos financeira da instituição inviabiliza o aumento de gastos com pessoal. O LMC também possui trabalhadores voluntários em diversas funções, como salão de beleza, cozinha, costura, enfermagem, cuidadora de idosos, faxina, portaria, administrativo, serviço de odontologia e fábrica de fraldas. A admissão dos idosos na instituição se dá após visitas domiciliares ao idoso e entrevistas com a família no Lar. A aprovação do pedido de admissão só se efetiva, se o idoso manifestar desejo de vir para a instituição. A última avaliação do idoso é feita pela geriatra e não havendo impedimento clínico a admissão ocorre. A principal fonte mantenedora do Lar Maria Clara é a Sociedade São Vicente de Paulo, mas recursos financeiros advém ainda de promoções diversas como rifas, jantares, bailes, doações de campanhas de instituições de ensino, repasse das aposentadorias/pensões dos residentes e contribuições sistemáticas de parceiros da instituição. A implementação de políticas públicas centradas nos indivíduos acima de 60 anos impôs às instituições de longa permanência a necessidade de reorganização da prestação de serviços e de adequação das estruturas físicas às demandas legais. Outras carências assumem importância no panorama institucional como abastecimento de gás da instituição (04 cilindros mês), aquisição ou revisão de   equipamentos, reestruturar atividades de lazer e convívio social externas às dependências do LMC, além de assegurar o atendimento de necessidades básicas de materiais de limpeza e higiene pessoal. Persistem necessidades de manutenção, e ou substituição dos mobiliários dos escritórios, dormitórios e refeitórios. Diante de todo o exposto sabemos que a instituição tem construído uma bela história, tem avançado na prestação de serviços e não perde de vista as novas metas. As dificuldades nos impulsionam a buscar a construção de novas parcerias. O Lar Maria Clara agradece pela escolha da instituição para visita, oportunidade de convivência e rica troca de experiências. O LMC continua à disposição para diretores, professores, alunos, empresários, voluntários, vicentinos enfim a todos que se interessarem.
Data: 22/10/2010
Edição: 166
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Paula Fernandes é Cidadã de Contagem

A Câmara Municipal de Contagem recebeu no último dia 15 de setembro a presença ilustre da cantora e compositora Paula Fernandes para receber o título de Cidadã Honorária de Contagem. A cantora, natural de Sete Lagoas, morou em Contagem e começou a sua carreira cantando nos bares e shoppings da cidade e hoje em dia é um sucesso no país inteiro com suas belas composições e melodias, tendo, inclusive músicas de sua autoria no repertório de novelas da Globo. Paula Fernandes, que não tinha preparado nenhum discurso para a ocasião se justificou e agradeceu a homenagem feita pela Câmara: “não preparei nenhum discurso, porque queria sentir o momento e a partir daí, fazer algum comentário, mas não imaginava que seria algo assim tão bonito”, disse a cantora emocionada e agradecida. Depois da cerimônia, Paula se dirigiu à recepção da Câmara onde acontecia um coquetel e participou de uma sessão de fotos e autógrafos com fãs. Paula gravou seu primeiro CD quando tinha 10 anos, quando já se apresentava em espetáculos e festas de Sete Lagoas, sua terra natal. Com essa idade já era talentosa e além de Sete Lagoas ela se apresentava em cidades vizinhas em programas de rádio e televisão. Seu trabalho começou a ser divulgado e aos 12 anos ela mudou-se para São Paulo e foi contratada por uma companhia de rodeios onde cantava a música Ave Maria. Viajando e se apresentando por todo o Brasil, trabalhou com a companhia por cinco anos e com isso foi ganhando experiência e enriquecendo a vida artística com bom domínio de palco e repertório. Nessa época sua carreira cresceu e foi um período muito importante para Paula. Seu primeiro CD aos dez anos teve o seu nome Paula Fernandes, já o segundo foi “Ana Rayo” com repertório Pop Sertanejo. Depois disso o cantor e produtor musical Marcus Viana que a conheceu através de um programa de televisão a apresentou ao diretor global Jaime Monjardim. Marcus abraçou o trabalho de Paula, então ela gravou a música “Ave Maria Natureza” uma versão da Ave Maria, de Shubert. Marcus Viana já era conhecido por criar trilhas sonoras de produções como as novelas O Clone, A Casa das Sete Mulheres e Pantanal. Paula Fernandes diz que nasceu para cantar que esse é seu dom e que as trilhas de novelas foram importantíssimas para seu trabalho. Conta ainda que com 12 anos lançou “Canções do Vento Sul” com participações do Grupo Sagrado Coração da Terra e do cantor Sérgio Reis que elogiou muito a sua voz. Nesse álbum a cantora já mostrava diversidade artística como country sertanejo de raiz, MPB, música pop e world music. Com Canções do Vento Sul, ela concorreu com grandes nomes da música, quando foi indicada ao prêmio TIM de Música Brasileira de 2006, na categoria de melhor cantora popular onde ficou super contente com a indicação. Ainda em 2006, lançou em dezembro o álbum “Dust in the Wind” além de uma versão para a música “Dust in the wind” do Kansas, incluída na trilha sonora da novela Páginas da Vida. Foi contratada pela Universal Music em 2008 pelo seu CD “Pássaro de Fogo” onde o destaque era a trilha da personagem santinha da novela Paraíso da Rede Globo a música “Jeito de Mato”, este contrato lhe abriu muitas outras portas. A dupla Vitor e Leo são uns dos grandes nomes que cantam composições de Paula, uma delas é “Meu eu em você” um grande sucesso. São 18 anos de uma carreira brilhante e ela acredita que vem muita coisa daqui para frente. Paula diz “que canta porque ama e não por fama e dinheiro. Sempre amei cantar e o sucesso é o resultado da dedicação ao trabalho”. Finaliza dizendo que “em muitos momentos enfrentei obstáculos, mas hoje a música é a minha vida e que quando acreditamos no sonho ele se realiza. Eu me sinto uma vitoriosa”, conta Paula. Mesmo sendo uma cantora de sucesso Paula Fernandes é de uma simplicidade exemplar. Ela mostra agora sua nova música no MSN Vídeo. A cantora atualmente faz sucesso com o tema da Novela Escrito nas Estrela “Navegar em mim”.
Data: 30/09/2010
Edição: 165
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
APAE-CONTAGEM: 39 ANOS PROMOVENDO A INCLUSÃO

A APAE-Contagem é uma instituição privada, de interesse público, sem fins econômicos, que funciona há 39 anos no município de Contagem e trabalha para alcançar a excelência no atendimento à pessoa com deficiência mental. Tem como missão promover e difundir a Inclusão da pessoa com deficiência na sociedade. Suas principais atividades são: .Atendimento clínico e pedagógico especializado de pessoas com deficiência mental; · Educação Profissional de pessoas com deficiência; · Formação e capacitação de profissionais (empresas, professores, etc) para atuarem com a inclusão. As ações da APAE-Contagem se desenvolvem em dois grandes Centros: Centro de Atendimento e Inclusão Social (CAIS) que são as ações diretas com as pessoas com deficiência e o acompanhamento de seus familiares e o Núcleo de Estudos e Pesquisa sobre a Inclusão (NEPI). O CAIS se divide em 4 núcleos: Núcleo de “Intervenção Precoce” (NIP), “Atendimento Pedagógico e Clínico” (NAPC), “Atendimento à Família” (NAF) e “Educação profissional” (NEPRO). Nestes núcleos realiza-se o atendimento clínico, pedagógico e educação profissional às Pessoas com Deficiência, além do acompanhamento à família dos atendidos. A equipe do CAIS é composta por: psicólogos (com formação em psicanálise), fonoaudiólogas, terapêutas ocupacionais, fisioterapeutas, médicos (neurologista, psiquiatra, pediatra), enfermeira, auxiliar de enfermagem, assistentes sociais, pedagogas e professores. O NEPI atende, essencialmente, à demanda externa – de profissionais, escolas, empresas e outras entidades – por cursos, palestras, consultorias, além de promover a formação continuada dos profissionais da instituição. Desde a década de 90 a APAE-Contagem trabalha com a Educação Profissional de Pessoas com Deficiência e essa experiência trouxe à Instituição a preocupação de realizar a inclusão no trabalho, de forma significativa, para as pessoas com deficiência e para as empresas. Atender a demanda das empresas, instituições diversas e setores responsáveis pelas políticas públicas para efetivar a inclusão, representa hoje, o principal objetivo estratégico da instituição. Como fonte de geração de renda, a venda de produtos e serviços é cada vez mais importante na busca da sustentabilidade da Instituição, e para tanto, procura desenvolver novos produtos como: livros, cartões de natal, adesivos, agendas, canecas, camisetas e piorras. São vendidos também os produtos das oficinas profissionalizantes (marcenaria e floricultura), prestações de serviços (jardinagem e BASE), além dos serviços especializados em Inclusão de Pessoas com Deficiência nas empresas. Com o desenvolvimento e venda de produtos a Instituição também visa o cumprimento de sua missão: promover e difundir a inclusão. Todos os produtos são confeccionados com produções artísticas e literárias das pessoas atendidas na instituição, demonstrando assim, suas potencialidades e capacidade criativa. Através da parceria com o designer Porfírio Valladares, novos produtos foram elaborados, utilizando os desenhos para aplicação em jogos americanos em polipropileno e descanso de panela e bandejas em MDF, camisas, agendas, ecobag em brim leve. Além disso, existe a produção de móveis com um produto encontrado em Contagem: a taboa – (Typha domingensis) que é uma planta hidrófita (aquática) típica de brejos, manguezais, várzeas e outros espelhos de águas, abundante nesta região. O designer Porfírio Valladares projetou uma chaise utilizando a tecelagem com taboa produzida na APAE-Contagem. A chaise estará em exposição na Casa Cor 2010. Essa parceria entre Casa Cor, APAE-Contagem e Porfírio Valladares é uma ação social responsável que contribui para a manutenção da APAE para que alcance sua missão de demonstrar a capacidade criativa e produtiva das pessoas com deficiência mental bem como a inclusão das mesmas tanto na escola, quanto no trabalho e na sociedade. Visite a exposição na Loja Casa Cor e conheça os produtos. Até 05 de outubro, nos seguintes horários: Terça a sexta: de 14:00 as 22:00hs / Sábado: de 13:00 as 22:00hs / Domingo: 12:00 as 19:00hs. Av. João Pinheiro, 580 – Bairro de Lourdes – BH - MG. APAE-Contagem - Tel (31) 3393-1988 - Rua AJ, 171 – Conjunto Água Branca – Contagem. - www.apaecontagem.org.br apaecontagem@apaecontagem.org.br
Data: 14/09/2010
Edição: 164
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
GRUPO DE VALORIZAÇÃO HUMANA: HÁ 20 ANOS ACREDITANDO NA VIDA

Data: 27/08/2010
Edição: 163
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
REVELANDO CONTAGEM PREMIA FOTOS VENCEDORAS

O coquetel de premia- ção do 2º Revelando Contagem, aconteceu no dia 05 de agosto no Centro Cultural. Este é um projeto cultural que pode possibilitar a ampliação do processo de desenvolvimento do indivíduo, levando-o para além das fronteiras imaginárias e tradicionais experimentadas no meio social em que vivemos. Os eventos culturais em geral são espaços previlegiados para a troca de idéias e experiências. Desta forma, a fotografia, sobretudo possibilita ao indivíduo a discussão e a reflexão da realidade, não deixando de lado o sonho e a imaginação. Este concurso teve como objetivo proporcionar aos indivíduos a troca de diversos olhares sobre a cidade de Contagem, viabilizando com criatividade e amor a memória da cidade. O público teve a oportunidade de votar na foto que considerou melhor, sendo este voto total responsável pela classificação do vencedor “voto popular”, sem intermédio de jurados. Esteve em exposição no Centro Cultural de Contagem, as 50 fotos classificadas do 2º Revelando Contagem para apreciação e votação popular até dia 3 de agosto de 2010. Os três primeiros colocados passaram pelo crivo da comissão julgadora na primeira semana da exposição. O concurso é uma realização da Prefeitura, através da Secretaria de Educação e Cultura por meio da Coordenadoria de Cultura. Conforme o regulamento do concurso, o júri técnico dos três primeiros lugares baseou sua escolha nos critérios de originalidade e criatividade, qualidade da fotografia e relação foto e título. As premiações foram: 1º lugar, R$ 1.500,00; 2º lugar, R$ 800,00; 3º, R$ 500,00 e Voto Popular, R$ 600,00. O concurso teve início em maio e foi voltado para amadores e profissionais. Para o 3º Revelando Contagem terá uma segunda categoria que será a de fotos de Celular, e uma outra novidade será o envio das fotografias por meio da internet. A comissão julgadora foi composta de cinco integrantes, acompanhados pela mentora do projeto Cristiane Teixeira (Fotógrafa há mais de 10 anos). Foram eles: Ronaldo Leandro (Gerente de Fotografia da Assessoria de Comunicação da Prefeitura), Raphael Fraga (Coordenador de cursos da Escola de Imagem de Belo Horizonte, Fabius Alvim (Colunista e Fotógrafo), Elderth Teza (Fotógrafo) e Robson Rodrigues (Fotógrafo, Jornalista e Editor do Jornal Diário de Contagem on-line.
Data: 17/08/2010
Edição: 162
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
XXIII FESTIVAL DA JUVENTUDE

Teve início na noite de sexta (30/07) no pátio da igreja Cristo Salvador, na rua Rio Doce, Novo Riacho, a realização do XXIII Festival da Juventude de Contagem. O evento é uma realização do Grupo Criarte e Paróquia Cristo Salvador com o apóio do Sesc Minas, Coordenadoria de Cultura e alguns parceiros. Foi uma noite de muito sucesso e grandes revelações. O Festival vem melhorando a cada ano, revelando grandes talentos de Contagem e cidades vizinhas. São três dias de muita cultura e entretenimento. No sábado (31/07) aconteceu a eliminatória e no domingo 04/08 a final. Foram 29 apresentações, 14 bandas com músicas inéditas, 8 consagradas, 5 voz e instrumento e 6 poesias. O sábado contou com a participação especial da cantora Adriene Martins. Os três primeiros lugares, como prêmio farão participação na gravação de um CD do XXIII Festival. Na sexta se apresentaram as bandas The Pravados (música inédita - Quando a noite Acabar); Refúgio (Musica inédita - Amor, amar também é perdoar); Trindade Infinita (Música Inédita - Trindade Infinita); Trindade Infinita (Música Consagrada - Deus Imenso); Outros Planos (Música Inédita - Vilas, guerra e sonhos); Danny Brizza (Música Inédita - Biografia); Danny Brizza(Música Consagrada - Me Adora); Grupo João Vitor e Renan(Música Inédita - Xot do Cotidiano); Anjos e Gotas (Música Consagrada - Do seu Lado); Amigos pela Fé (Música Inédita - Noites Longas). A mesa dos jurados foi composta por: Edir José(Professor de música e empresário de informática), Vanessa Maraiza (Jornalista e Musicista), Cipriano Eustáquio(Professor de Música). O DJ Ace esteve marcando presença. O apresentador da noite, da equipe do Sesc foi Marco Antônio, que sabe como animar o público. Na noite de sexta-feira aconteceu a entrega da premiação do concurso “Garotas do Festival 2010”. O organizador do evento Helinho, Padre Luiz da Paróquia Cristo Salvador e os Gêmeos Maquiadores Alex e Aless Fenini, entregaram os prêmios às vencedoras. O começo de tudo Segundo o Padre Ferreira, tudo começou quando um grupo de jovens reagiram contra os enlatados culturais do “1º Rock ‘in Rio, de janeiro de 1985”. Na verdade foi um grito pela liberdade, pela criatividade e contra massificação cultural que os grandes shows promovem. Era janeiro de 1985. Sirla, catequista de perseverança do Monte Castelo. Ir. Francis, Belga, dos Missionários dos Operários (MO) e da Juventude Operaria Católica (JOC), Jurandir, adolescente de Circulo Bíblico Divino Espírito Santo, Pe. Ferreira e outras pessoas da comunidade... Uma pequena caixa de som (daquelas de um microfone só). O pátio era barro só, porque não era calçado. “Improvisamos uma lona preta de plástico para proteger o som. Ainda não havia um palanque no meio do pátio. Com toda coragem avisamos em todas as celebrações que após a Missa das 19h30 do Novo Riacho, haveria o ‘Rock in Riacho’! Havia no convite uma boa dose de ironia. Mas a chuva espantou o povo e ficaram só os organizadores. Debaixo da chuva, cantávamos o nosso grito de protesto e de esperança: ‘Lá em cima está o Rock in Rio, cá em baixo está o Rock in Riacho!. A semente estava lançada! O grito ficou no ar. O sonho ficou nos corações! E nas rodas de bate-papo, sempre sai à idéia de se fazer algo não para os jovens, mas com os jovens do Bairro. Era um sonho muito alto e parecia estarmos nas nuvens! Mas o que nos alimentava nesta busca era a certeza que crescia dentro de cada um de nós de que os jovens trabalhadores e pobres tem muitos talentos musicais e artísticos. O que lhes faltava era oportunidade. O que lhes faltava era apoio e incentivo. Mas, era preciso sair do plano das idéias e das teorias e partir para a ação! E foi assim que das rodas da informalidade a palavra se fez ação, com a realização do 1º Festival da Juventude da Paróquia Cristo Salvador, no ano de 1987. Agora são 23 anos de muita luta, e muita garra, muita dedicação, de muita criatividade. Ao longo destes 22 anos muitos talentos foram descobertos e revelados. Verdadeiros artistas que hoje são profissionais, tiveram sua primeira oportunidade no Festival da juventude. Foram muitos os obstáculos internos e externos, mas todos foram vencidos e superados. O festival foi crescendo aos poucos e se tornou enorme. Curiosamente a equipe organizadora e de apóio foi muito pequena. E isto foi sempre um desafio para a continuidade da realização do Festival. Mas o que era muito bonito é a fidelidade aos princípios e aos ideais fundantes do Festival. As tentações e ameaças de desvio e descaracterizações estavam sempre presentes e voltavam todos os anos. Mas o Festival conseguiu manter sua autonomia frente aos políticos. Nunca dependeu deles! O Festival seguiu sua linha de gratuidade (nunca buscou lucro)! Manteve o espírito de criatividade e o apóio e incentivo aos talentos originais e escondidos no meio dos jovens. Nunca aceitou copiar dos outros. A ordem era criar! O Festival nasceu na Paróquia, mas nunca foi só dos católicos. Todos podiam participar desde que seguissem as regras da originalidade e da criatividade. O Festival é da Juventude. Mas nunca excluiu os adultos que quisessem participar. É delicado citar nomes, ao longo destes 23 anos foram tantas as pessoas anônimas que ajudaram o Festival, pessoas humildes que atendiam nossos apelos e traziam milho de pipoca, refrigerantes, latas de óleos, etc., mas, sinto a necessidade de citar alguns nomes, e tenho a certeza que ninguém vai ser contra. Temos que citar os nomes de Alexandre Gomes, de Viviane Aragão e Hebert. E seria injusto não agradecer a Deus pelo esforço do nosso querido Helinho, que não deixou a peteca cair. E tenho certeza que todos concordam que o coração e a cabeça de tudo sempre foi nosso querido Pe. Luiz que abraçou essa causa bem antes de ser ordenado Padre. Nunca abandonou a causa. E não faltaram motivos para isso! Com a força de Deus prevaleceu à força das idéias e a garra, a importância de se lutar para colocá-los em prática! Com isso aprendemos que o Espírito Santo de Deus sopra quando quer e onde quer! Quem tem ouvido para ouvir que ouça. Dizia Jesus... Cantar: quando o Espírito de Deus soprou, o mundo inteiro se iluminou...” relatou Padre Ferreira. Edição 2010 Este ano o primeiro lugar para a categoria poesia foi para Lecy Pereira de Souza, com a poesia Trecho Ermo; segundo colocado, Vinícius Fernandes Cardoso da Academia de Letras de Contagem, com a poesia Luciano e Luciana; terceiro lugar, Nely, atriz do Sesc Santa Quitéria, com a poesia Pela Estrada. Fizeram parte do corpo de jurados Demétrius Nolasco Valadão (professor da Língua Portuguesa), Cesarina Cipriana Nolasco Valadão (Professora do Ensino Fundamental e Médio). O jovem Alex Marconi em seu segundo ano no festival, conseguiu novamente o primeiro lugar na categoria voz e instrumento, com música inédita Amor de Primavera. Na categoria Música Consagrada, o primeiro ficou com a Banda Plano Traçado com a música Meu Erro. Primeiro lugar com Música Inédita, João Vitor e Renan, com a música Xot Cotidiano. Estiveram à frente do festival, a equipe do SESC, que deram aquela força. São eles: César Augusto, Rafael Fortunato, Hilton Marra, Maria Cristina do UNIMOS, Pedro Henrique e o apresentador Marco Antônio. O brilho do festival também depende desta grande parceria, SESC e CRIARTE. O conhecido e carismático músico Aprígio Queiroz (Maluco) este ano foi terceiro lugar na categoria Voz e Instrumento com a música “Amor Virtual”. Mais detalhes no site do jornal.
Data: 03/08/2010
Edição: 161
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
LIA DO VAGÃO GANHARÁ LIVRO COM SUAS HISTÓRIAS

Estava fazendo a cobertura de um concurso de beleza no Clube Yucca e advinhem quem estava lá compondo a mesa de jurados? Ela, a Lia do Vagão. Fiquei conhecendo-a. Fizemos amizade. A convidei para um café em minha casa e ela aceitou. No dia seguinte ao desfile, lá estava ela e tivemos uma longa conversa. O tempo passou tão rápido diante das fascinantes histórias de Lia e eu queria saber mais. Assim sendo foi a vez da Lia do Vagão me convidar para conhecer a casa dela e no dia seguinte pela manhã lá estava eu. Cheguei em sua casa, adentrei e mergulhei de corpo e alma em sua história. Seu estilo de vida. Fiz belas fotos e uma amizade ainda maior. Simples, bondosa, alegre, feliz, muito versátil e criativa. Essa é a Lia do Vagão ou Mariá Vitória de Oliveira, seu verdadeiro nome. Lia é capixaba e tem 69 anos. Moradora de Contagem desde os 22 anos, mas é conhecida nacionalmente pela sua forma de viver. Ela se considera mineira e contagense de coração. Há 40 anos Lia realizou o sonho de ter no fundo de seu quintal um vagão de trem. Não foi fácil para ela comprar um dos vagões da central que estava desativado na estação do Horto em Belo Horizonte. Depois da compra, ela morou no vagão durante vinte anos. Lia teve uma infância difícil e foi separada da mãe para morar com parentes onde teve uma experiência árdua, mas ainda assim alega ter aprendido com as maldades que sofrera e que não traz mágoa em seu coração. Na juventude, sendo uma moça muito bela, Lia teve a oportunidade de trabalhar em um salão de beleza onde era manicure, cabelereira e também maquiava celebridades da socialite e misses. Mais tarde voltou a morar com a mãe, e como o mundo dá voltas quem foi deparar-se com ela tempo depois? A prima rica de sua mãe e também madrinha, aquela que parecia não ter coração só que pobre e acometida de um câncer. Lia conta que nessa altura já tinha dado a volta por cima e a recebeu em grande estilo, dando o famoso tapa de luvas. A mãe adotiva, faleceu em 2008. Hoje Lia mora em uma casa de alvenaria construída por ela, mas o vagão ainda continua no fundo do seu quintal e sua casa é visitada por muitos alunos de escolas, personalidades e muitos veêm de longe para conhecer de perto seu estilo de vida, tão diferente e despojado. Lia construíu em uma árvore da entrada de sua casa uma casinha de bonecas e é a grande atração das crianças, dentre tantas outras atrações de sua casa. Quando Lia foi morar no bairro Parque Recreio, por lá só havia mato, teve que abrir rua para trazer o seu vagão. Foi uma das primeiras moradoras da região. Coleciona peças antigas e por sinal de muito bom gosto. O vagão dela traz e guarda muitas recordações. Nele também ela guarda muitas das suas antiguidades. Ela é amante da natureza, trabalha dando oficinas de arte com materiais recicláveis, cipós, tocos e sucatas. Em suas oficinas e nas visitas que recebe, ela ensina as crianças a amar a natureza e os animais, a cuidar bem do meio ambiente. Em seu quintal ela ainda conserva uma cisterna (poço fundo com água) e várias espécies de plantas e flores. Todos os dias cuida de muitos micos que moram na frondosa árvore de sua casa e até conversa com eles, que comem frutas em suas mãos. Segundo ela, sua história já ultrapssou fronteira e só na Globo já apareceu três vezes. Em 1970 participou do programa Fantástico. Também já apareceu nas telas de cinema e foi tema de vários documentários. A casa de Lia e seu vagão são pontos turísticos do bairro Parque Recreio, localizados à Rua Lisboa, 150. Já foi homenageada pela prefeita Marília Campos em seu gabinete. Muita gente famosa já visitou seu lar. A falecida personagem do Sítio do Pica Pau Amarelo, Tia Anastácia, o ex jogador Nelinho, Felício Brand, executivos, empresários, dentre outros. Tem vontade de reformar seu vagão e até sente saudade de voltar a morar nele. O vagão está desbotado e até enferrujado em algumas partes pela ação do tempo. Sua vontade de morar em um vagão e sua paixão por ele começou quando jovem ela morava perto da estação central, certo dia avistou em um canto da Rede Ferroviária Federal alguns vagões desativados e lá estava ele . Foi uma luta conseguir a liberação da compra do vagão junto a RFFSA, pois achavam que era uma idéia maluca. Lia não se casou e quando perguntam à ela sobre marido, mostra o vagão e diz: “tá aí o meu marido”. Conta também que seu primeiro beijo foi com o primo da atriz Tônia Carreiro. Hoje com seus 69 anos, está terminando de produzir um livro que traz a sua biografia. A escritora Celina Coelho é quem está trabalhando no projeto. As duas se tornaram grandes amigas e passaram dias e dias juntas produzindo o tão esperado exemplar que já está em fase final. Ela relata com brilho nos olhos que ama morar em Contagem. Realiza no local festas interessantes como as de cigana e halloween. Versátil, canta, dança, pinta, escreve, faz arte e é até contadora de histórias. Se considera feliz e bem resolvida e acha que tudo isso é porque ama muito o próximo. A personagem já foi homenageada até em uma capa de agenda de estudantes do município. Sua Casa não tem portas e nem janelas de vidro ou madeira, só cortinas com cipós naturais que ela construiu com as próprias mãos. Conta que levou dois anos para ficar pronta. Não tem muro de alvenaria só um portão de madeira, com cercas verdes vivas. Lançamento: A escritora Celina Coelho quer que a vida de Lia se torne ainda mais conhecida e por issso se dedica muito a sua biografia. Segundo Lia o lançamento de seu livro será no seu aniversário de 70 anos com uma noite de autógrafos, onde pretende comemorar com a vizinhança e todos os amigos no início de 2011 e espera que possa fazer o lançamento no dia 07/01, data do seu aniversário. Cada pessoa que visita a casa de Lia leva como doação um quilo de alimento. Muitos levam cestas básicas e com isto já são 480 famílias cadastradas, que Lia ajuda com a distribuição dos alimentos. Visita ilustre Mais uma visita famosa que Lia receberá em breve será a apresentadora Ana maria Braga, Segundo ela já está agendada, mas porém aguarda definição da data. Viagem Está programada também a sua participação no Programa do Jô, que ela está aguardando com bastante ansiedade e já conta até com patrocínio para a viagem. Sonho O grande sonho de Lia do Vagão é participar do Big Brother Brasil. “Como é bom as pessoas descobrirem nossas qualidades em vida e que nós podemos assistir ao vivo e a cores todos os agradecimentos. Me sinto especial neste instante. Depois de 40 anos de luta e sacrifícios, receber este retorno me emociona. Não há felicidade e sim momentos felizes. É um sonho que se torna realidade, é muito gratificante sempre irei agradecer a vocês, meus verdadeiros amigos e admiradores. Que Deus abençoe a todos. Beijos... beijão da Lia do Vagão”.
Data: 02/07/2010
Edição: 160
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
INDICAÇÃO DO VEREADOR JOÃO BOSCO/NEW TEXAS VIRA LEI

O Vereador João Bosco/New Texas apresentou na Câmara Municipal de Contagem, indicação à TRANSCON reivindicando a implantação do cartão eletrônico de gratuidade do idoso na cidade de Contagem no transporte coletivo regular e suplementar e no dia 22 de junho foi aprovado em definitivo, através do Projeto de Lei de sua autoria e de outros Vereadores, a implantação do cartão ainda este ano. O cartão eletrônico, dará o direito ao idoso, deficientes, gestantes e usuários especiais, de ultrapassar a roleta e em respeito aos usuários em geral será reservado à eles na parte traseira do veículo, apenas 10% dos bancos. O cartão assegura a dignidade dos idosos com o embarque sem discriminação e sem constrangimentos, gerando qualidade de vida, satisfação e saúde em decorrência da diminuição do estresse e do aumento do conforto dos deslocamentos, não só para os idosos, mas para todos os usuários do transporte coletivo. O cartão eletrônico para a melhor idade é antes de tudo um exemplo de política de inclusão social, que a Prefeitura de Contagem tem feito tão bem e que visando esta conquista para os idosos estará fazendo justiça como em várias capitais e cidades de todo o Brasil que já contam com este benefício. Algumas cidades que já operam com o cartão eletrônico de gratuidade do idoso são Belo Horizonte, em implantação, Rio de Janeiro, Curitiba, Joinville, São Paulo, Jundiaí, Ribeirão Preto, Guarulhos, Salvador, Vitória, Teresina e em todo o Estado de Tocantins. Em seu discurso o Vereador João Bosco ressaltou: “Fizemos uma grande movimentação para conscientização dos idosos quanto ao seu direito à implantação do cartão e recolhemos através de um grande abaixo assinado com aproximadamente 3 mil assinaturas para sensibilizar a Prefeita Marília Campos. Estamos felizes com a determinação da TRANSCON em acatar a nossa Lei e viabilizar o mais rápido possível o cartão eletrônico da gratuidade.”
Data: 25/06/2010
Edição: 159
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
A MÚSICA VENCEU!

O visível crescimento da implementação de políticas públicas de cultura em nossa cidade faz com que o poder público e a população sejam cada vez mais exigentes e busquem novos parceiros que possam somar conosco. Nessa busca tivemos a honrosa aproximação da Fundação Arcelor Mittal Brasil, com todas as empresas do grupo com sede em Contagem. Com o patrocínio dessas empresas, sensíveis quanto à sua responsabilidade social e com a abertura das portas da Escola Municipal Profª Júlia Kubitschek de Oliveira, 120 crianças da rede pública terão, talvez, a grande chance de suas vidas. Serão formadas pela Fundação Bachiana Filarmônica de musicalização. A Fundação é fruto do trabalho do grande maestro João Carlos Martins. A festa está só começando. Com aulas de teoria musical e aulas práticas, as crianças formarão uma orquestra que se apresentará no final do curso para toda a cidade. E depois, cabe a cada uma levar adiante esta grande oportunidade. Contagem, esta cidade respira cultura! O Maestro João Carlos Martins apresentou no Cine Teatro de Contagem no dia 18 de junho, acompanhado pela orquestra de Câmara em concerto que marcou a parceria entre Arcelor Mittal e a Fundação Bachiana Filarmônica de musicalização. No repertório a orquestra apresentou uma pequena História da dança na Música, passando pelos compositores antigos como Bach, Mozart, Brahms e Tchaikovsky até os mais recentes como Carlos Gardel e Adoniram Barbosa. No final do concerto, o maestro João Carlos Martins dividiu os seus momentos de glória ao piano interpretando Bach e Morricone e como atração especial, convidou ao palco o Tenor Jean Willian. Os músicos de Contagem ficaram encantados com a apresentação do maestro e da orquestra e foi muito assediado para dar autógrafos e tirar fotos. João Carlos Martins em 1982 foi tema de uma reportagem de segunda página inteira do New York Times, tendo diversas vezes recebido artigos de fins de semana deste mesmo jornal. Também foi capa do Washington Post, levando música clássica para as primeiras páginas dos jornais nos EUA, enchendo de orgulho o nosso país. Ele teve sua vida registrada em dois documentários europeus vencedores de festivais internacionais. Hoje continua levando a sua arte à todos aqueles que tenham oportunidade de ouví-lo, assumindo a sua responsabilidade social no Brasil. Após uma carreira meteórica como pianista com mais de mil apresentações no exterior, deixou como legado a gravação completa da obra de J.S.Bach para teclado. Considerado um de seus maiores interpretes do século XX - apesar das inúmeras adversidades, acabou por abandonar o piano definitivamente no ano de 2003. Em 2004 iniciou uma nova carreira aos 63 anos como maestro, transformando-se no músico clássico brasileiro mais requisitado pelo Brasil afora, seja com a sua Bachiana Filarmônica ou com a sua Bachiana Jovem. No ano 2008 e 2009, realizou 2 concertos históricos no Carnegie Hall de Nova York para 2.800 pessoas, se apresentou inúmeras vezes nos principais teatros nacionais, e levou a música clássica para 350 mil brasileiros em recintos fechados e para mais de um milhão em concertos públicos ao ar livre. O seu trabalho social de musicalização para crianças, ao lado da Fundação Bachiana, está tendo reconhecimento não só no Brasil como também no exterior, e sua determinação e poder de superação são exemplos para todos. Esse é João Carlos Martins que costuma dizer: “Esses são os primeiros passos de um projeto que fará diferença para a nossa juventude”.
Data: 04/06/2010
Edição: 158
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Semana da Indústria 2010

A Prefeitura de Contagem, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedecon) e do Centro Industrial de Contagem (Cinco), realiza de 24 a 28 de maio, as comemorações da Semana da Indústria 2010. A abertura oficial ocorreu no dia 24 de maio com palestra magna do presidente da Fiemg, Robson Andrade, que na oportunidade recebeu o título de cidadão honorário de Contagem juntamente com o presidente do Ciemg, Olavo Machado Júnior. O Vice-Presidente da República, José Alencar Gomes da Silva, também homenageado, ausente por problemas de saúde, foi representado na solenidade pelo seu irmão Antônio Gomes da Silva. A prefeita Marília Campos comemorou o momento favorável que vive a economia brasileira e os seus reflexos em Contagem. “Essa Semana da Indústria que nós estamos comemorando, certamente é motivo de celebração porque nós temos hoje um país que reduziu a pobreza, um país com índice de crescimento da economia que é destaque internacionalmente, com crescimento do nível de emprego. E Contagem está muito sintonizada com todas estas políticas, combinando desenvolvimento econômico com desenvolvimento social — só nos últimos três meses a cidade criou mais de 5 mil empregos com carteira assinada. Então, a gente abre essa Semana da Indústria num clima de otimismo, de esperança e de muito trabalho, para, através das políticas de cooperação entre os poderes públicos e os empresários, transformar o Brasil”. Marília Campos parabenizou o vice-presidente José Alencar pelo título de cidadão honorário de Contagem e presenteou o representante do homenageado com mudas de plantas características da Cidade. A prefeita também felicitou os empresários Robson Andrade e Olavo Machado Junior pela cidadania honorária. “É motivo de orgulho para Contagem ter vocês, empresários sediados em Contagem, presidindo a CNI e a FIEMG. Certamente isso projeta a nossa cidade além das fronteiras do Estado e em um momento muito especial, já que estamos criando mais um Centro Empresarial/Industrial para atrair novos empreendimentos de grande porte para nossa cidade”, afirmou. O secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Leonardo Antunes, fez um balanço das medidas tomadas pela Prefeitura durante a crise econômica global do ano passado que refletem de forma positiva neste momento. Segundo Antunes, o convênio firmado com a Caixa Econômica Federal disponibilizando R$ 1 bilhão em linhas de financiamento, permitiu às empresas a possibilidade de crédito para que pudessem manter os empregos e continuar operando durante o período mais agudo da crise. Antunes destacou também que junto com a Secretaria da Fazenda foi implementado um programa de resgate das empresas que estavam inadimplentes com o município. “Isso possibilitou às empresas a isenção de até 100 por cento de juros e multas e às habilitou para participarem de licitações e do convênio com a Caixa”. O secretário ressaltou o protocolo de intenções assinado pela prefeita Marília Campos com o setor privado para a criação do Novo Centro Empresarial de Contagem. “Nós consolidamos Contagem para se perpetuar na condição de abrigar novos empreendimentos”, considerou.
Data: 21/05/2010
Edição: 157
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Câmara entrega Título de Cidadania Honorária a Amarildo de Oliveira

O Poder Legislativo entregou o Título de Cidadania Honorária ao Dr. Amarildo de Oliveira, no último dia 12, quarta-feira, no Plenário Vereador José Custódio. O projeto originário da homenagem (Resolução nº 018/2009) é de autoria dos vereadores Kawlpter Prates e Obelino Marques. Em nome do Legislativo, o vereador Obelino Marques parabenizou Amarildo pelo Título de Cidadania Honorária. “Você não só engrandece a nossa cidade como é um lutador para a melhoria da qualidade de vida em Contagem. Vários foram os impasses e os desafios por você enfrentados. Nada mais justo do que esta homenagem. Parabéns”, declarou o parlamentar. Amarildo agradeceu a homenagem e destacou a importância do referido Título em sua vida. “É uma alegria grande estar há 44 anos participando do crescimento da cidade. Esse é um momento de muita alegria para mim. Agora o compromisso é ainda maior, pois também me sinto nascido em Contagem. Esta cidade me acolhe de braços abertos e eu quero retribuir a este município. É uma honra muito grande receber este Título”, disse Amarildo de Oliveira. O evento contou com a presença da população, além de diversas autoridades políticas, religiosas e empresariais. O homenageado Natural da pequena cidade mineira de Baldim, próximo a Sete Lagoas, veio para Contagem com a família aos 4 anos de idade. É o quarto de uma família de nove irmãos. Foi servente de pedreiro, engraxate, vendedor de picolé e de doce de amendoim. Aos 14 anos teve o primeiro emprego com carteira assinada, na Fayal S.A. Nos finais de semana era também baleiro. Em seguida foi escriturário no Bradesco e em dez anos de banco se tornou gerente e assessor da Diretoria Regional. Ao cursar Direito na PUC Minas foi, por duas vezes, da direção do Diretório Acadêmico Milton Campos. No inicio da década de 1980, participou ativamente da fundação do PT em Contagem, onde foi secretário geral e por diversas vezes membro do diretório. Depois de participar das mobilizações pelas Diretas Já, pela Constituinte e pela Anistia, se engajou na Comissão Pastoral de Direitos Humanos, da qual foi coordenador, e pela qual foi posteriormente indicado para presidir o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança de Contagem. Professor da PUC Minas Contagem, foi Procurador Geral da Câmara Municipal de Santa Luzia, e assessor jurídico da Câmara Municipal de Contagem e da Fundação Artístico Cultural de Betim – Funarbe. Atuou ainda na Apromiv - Associação de Amparo a Infância e ao Idoso em Betim e foi advogado do Sindicato dos Metalúrgicos de Santa Luzia e do Sindicato dos Aeroviários de Minas Gerais. Em 2005, foi Assessor Especial de Políticas Públicas, no início do primeiro Governo Marília Campos em Contagem. Deixou o cargo para dirigir a CeasaMinas, tendo permanecido durante dois anos e cinco meses à frente da presidência. Em sua gestão na CeasaMinas foi construído o maior Banco de Alimentos da América Latina, estabelecido um novo marco regulatório para os comerciantes do entreposto e implantado um Plano de Cargos e Salários que valorizou os servidores daquela estatal federal. Em parceria com a Prefeitura de Contagem, fez a passarela em frente à entrada principal, na BR 040, atendendo a uma reivindicação de mais de 30 anos da comunidade do entorno.
Data: 14/05/2010
Edição: 156
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
MINHA MÃE!

Oh! Mãe, minha mãe, quantas vezes orou por mim, quantas vezes você chorou por mim Oh! Minha mãe, fiel mãe, quantos sustos você levou por mim, quantas noites você não dormiu por mim. Oh! Minha mãe, quanto você lutou por mim, quantos conselhos que eu nunca fiz questão de ouvir. Quantas tristezas te causei. Quantas vezes eu abria a porta do quarto e lá estava Orando por seus filhos e netos. Oh! Minha doce mãe, os teus sofrimentos nunca a fez perder ou abandonar os seus filhos. Oh! Mãe, você nos ensinou o evangelho, nos ensinou o amor, a justiça, a mansidão, a humildade. Nos ensinou a sermos boas pessoas. Minha mãe, querida mãe que dorme aguardando a volta de Jesus. Você não sabe mãe, mas nos encontramos para vivermos por toda a eternidade. Foi preciso perdê-la para que eu crescesse, para que eu sentisse Deus dentro de mim. Foi preciso minha mãe, perdê-la para sentir o chamado de Jesus e aceitá-lo para revê-la e estar junto com você; dar-te o abraço e os beijos que nunca te dei como deveriam ser dados. Te agradeço minha mãe por ser o que sou. Te amo, como sempre te amei! Até breve minha mãe! Procuro seguir teu exemplo, orar sempre e sempre pelos meus filhos. Lembrem-se filhos: “Todas as flores deste mundo, não farão nenhuma diferença no dia do funeral de suas mães”. Dona Ida
Data: 04/05/2010
Edição: 155
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Prefeita de Contagem recebe prêmio em Brasília

A prefeita Marília Campos recebeu dia 24 do presidente Lula, em Brasília, certificado e troféu que comprovam a contribuição do projeto “Juventude Fazendo Gênero”, realizado pelo Consórcio das Mulheres das Gerais, da qual a prefeita é presidenta. O projeto é uma das 20 práticas vencedoras pela sua contribuição de projeto social para o Prêmio Objetivos do Milênio 2010. O Consórcio das Mulheres das Gerais é uma parceria entre as cidades de Contagem, Belo Horizonte, Betim e Sabará. Criado em 2008, para o fortalecimento das políticas públicas para as mulheres na região metropolitana de Belo Horizonte. Com o projeto piloto “Juventude Fazendo Gênero” o Consórcio buscou valorizar e fortalecer a perspectiva dos jovens nas comunidades escolhidas pelos quatro municípios, propiciar a sensibilização na temática de gênero e apropriação dos espaços urbanos e naturais ocupados. Implantado há um ano, o projeto atende 120 jovens de 13 a 24 anos dos quatro municípios. Projeto reduz violência doméstica O projeto piloto, ‘Juventude Fazendo Gênero (JFG), foi um dos métodos preventivos do Consórcio para reduzir violência doméstica na região metropolitana. As oficinas, que ocorreram em cada município começando em Janeiro de 2008, juntou 72 jovens e 33 ajudantes de 18 instituições, além de uma organização de sociedade civil, para explorar temas como gênero, raça, identidade, e liderança da juventude. Público alvo Jovens na faixa etária de 13 à 24 anos das escolas inseridas nas comunidades escolhidas dos quatro municípios do Consórcio com a participação especial de mulheres e que são: moradores de comunidades identificadas como vulneráveis e com alto índice de violência de gênero; frequentam escolas públicas municipais; estejam envolvidos no Programa Agente Jovem; jovens que tenham interesse de se envolver como voluntários Objetivos das iniciativas com os jovens: - valorizar e fortalecer a perspectiva dos jovens nas comundiades escolhidas pelos quatro municípios e incluir esta perspectiva na elaboração de projetos de intervenção comunitária, através de ações articuladas e compartilhladas com os municípios do Consóricio. - Propiciar a sensibilização na temática de gênero (especialmente violência de gênero) e apropiação dos espaços urbanos e naturais ocupados, por meio da investigação e identificação individual e coletiva dos recuros presentes nas comunidades dos jovens; - fortalecer a ação conjunta dos municípios que participam do Consórcio, e especificamente, as Coordenadorias e Conselhos Municipais dos Direitos da Mulher, coordenadorias ou conselhos municipais da Juventude, secretarias municipais de Educação e o Programa Agente Jovem, propiciando a capacitação institucional e assim garantindo a sustentabilidade das iniciativas e por último disseminar as aprendizagens, conhecimentos gerados e resultados atingidos em outras regiões metropolitanas brasileiras e no Estdo de Minas Gerais.
Data: 26/03/2010
Edição: 154
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
“Preparamos profissionais capazes de transformar o mundo através da Beleza”

A indústria da beleza fechou 2009 com crescimento de 15% sobre o ano anterior.  Prova de que esse mercado se manteve praticamente imune a crise. Para 2010, a previsão é de um crescimento real ainda entre 10% e 12%. Dos serviços oferecidos pelos salões de beleza, a venda de cosméticos, no segmento de beleza é um dos mais promissores para quem quer mudar de vida e ter seu próprio negócio. “O mercado de trabalho na área da beleza oferece inúmeras oportunidades, mas sofre com a carência de mão de obra qualificada. A maioria dos trabalhadores deste ramo aprenderam de maneira informal, não tem certificação, usam produtos de forma inadequada provocando até a queda de cabelos, não seguem padrões de higiene e assepsia regulamentados pela Anvisa” comenta Erilda do salão Lis Blanc. Visando a crescente demanda de mão de obra na área da beleza foi criado Instituto Embelleze – Formação Profissional, que hoje possuem 270 unidades em todo o país e já formou mais de 250.000 profissionais na arte de embelezar. O Instituto Embelleze – Formação Profissional oferece cursos de cabeleireiro profissional, manicure/pedicuri, depilação, design de sobrancelha, penteado e muitos outros. O aluno matriculado no curso de cabeleireiro tem a possibilidade de começar a trabalhar no 3º mês de aula. Já tendo um retorno financeiro do investimento feito no curso, explica Adriana Pasqualini Coordenadora Pedagógica do Instituto Embelleze Contagem. O certificado é reconhecido em todo território nacional, material didático personalizado e desenvolvido dentro das técnicas mais modernas do mercado, com aulas interativas de audio e vídeo. Os instrutores são altamente qualificados, além de uma estrutura moderna e em formato de salão o que retrata o ambiente de trabalho do profissional da beleza. A Supervisora Comercial Sara Mendes explica que o curso de cabeleireiro Academy Hair vai do básico ao avançado, passando por técnicas de atendimento ao cliente, gestão de salão, cortes, estudo dos cabelos, coloração e mechas, penteados, técnicas de transformação e escova, com aulas teóricas e práticas. O pagamento dos cursos é parcelado e acessível a todos. A grande missão do Instituto Embelleze é difundir o conhecimento, formar profissionais capacitados na arte de embelezar. Prepará-los para transformar o mundo, através da beleza, num magnífico espetáculo ao alcance do todos. O Instituto Embelleze Contagem está localizado na Av. João Cesar de Oliveira, 3051 - 2º andar, próximo a Praça Íria Diniz ou maiores informações pelo telefone (31) 3391-4533.
Data: 04/03/2010
Edição: 153
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
ERRO DE IDENTIFICAÇÃO LEVA ESCRITOR CONTAGENSE PARA TRÁS DAS GRADES

ERRO DE IDENTIFICAÇÃO LEVA ESCRITOR CONTAGENSE PARA TRÁS DAS GRADES Documentos furtados O caso trata-se de erro de identificação de criminoso. O contagense Eli Ferreira de Noronha Júnior, no dia 20 de dezembro de 2003, às 15 horas e 30 minutos, teve seus documentos pessoais furtados e a quantia de cem reais, quando tentava locar um imóvel de sua mãe, sendo surpreendido pelo ladrão, que se dizia interessado na locação. Após o furto, Eli acionou a polícia e registrou Boletim de Ocorrência (BO 938335). Sete anos depois do furto, no dia 11 de janeiro de 2010, Eli Júnior envolveu-se num acidente automotivo com um motoqueiro, que sofreu algumas lesões, demandando BO. Ao fazer o registro do acidente, como de praxe, o nome dos acidentados foi consultado no sistema da Secretaria de Segurança Pública (SSP-MG), quando Eli Júnior foi surpreendido com dois mandados de prisão em seu nome. Primeiro mandaDo de prisão O primeiro mandado de prisão é originário da Comarca de Itapecerica-MG, processo de número 033505.001850-6, onde o criminoso praticou roubo em uma farmácia na cidade vizinha de Camacho, sendo detido na estrada com o dinheiro do roubo, medicamentos e um veículo furtado. O criminoso apresentou a carteira de identidade de Eli Júnior e uma CNH adulterada com a foto dele próprio (!). Embora conste nos autos desde a fase policial o endereço de Eli Júnior em Contagem, bem como seu telefone existente há muitos anos, sequer houve uma ligação para este, objetivando confirmar o endereço do criminoso, o que esclareceria tudo já naquela ocasião, identificando quem é quem. O endereço fornecido pelo criminoso é da cidade de Mário Campos, totalmente diferente do endereço de Eli Júnior, em Contagem. As assinaturas postadas pelo criminoso nos autos também são diferentes da identidade de Eli Júnior. Advogado O inquérito policial foi parar na Justiça, razão da emissão do mandado de recaptura contra Eli Júnior. Uma vez preso, a família de Eli Júnior acionou o advogado Telismar Silva de Araújo (OAB 60269), amigo da família. Telismar, por sua vez, pediu a revogação da prisão, que foi deferida no dia seguinte, estando o alvará de soltura aguardando a revogação do outro mandado de prisão. Segundo mandaDo de prisão O segundo mandado de prisão é originário da 4ª Vara Criminal de BH, processo número 2005.38.00.010030-5, onde o mesmo criminoso, nos mesmos moldes, foi preso em flagrante portando moeda nacional falsa. O criminoso apresentou os mesmos documentos do processo anterior, e, como no processo anterior forneceu o mesmo endereço falso e também tinha o número de telefone e endereço de Eli Júnior, dados que também não foram certificados pela Polícia Federal, “pois do contrário tudo teria sido resolvido”, argumenta Telismar. O criminoso ficou recolhido 122 dias, quando teve relaxada sua prisão e nunca mais foi localizado, razão pela qual a Justiça haver decretado sua prisão preventiva. O criminoso foi defendido por um advogado (que não advoga atualmente) que forneceu declaração que a pessoa defendida não é o Eli Júnior. O verdadeiro criminoso foi condenado a cumprir 03 anos de reclusão, mas a Defensoria Pública apelou para o TRF1º. O processo O processo estava na 4º Turma para o desembargador federal Mário César Ribeiro despachar, que, por sua vez, nomeou desembargador de Divinópolis para despachar, o que levou o processo para aquela cidade. Como se não bastasse, o desembargador e o seu assessor de Divinópolis estavam de férias, o que dificultou ainda mais a localização do processo, e, somente após muito esforço e sensibilização de servidores, o advogado de Eli Júnior, Telismar da Silva Araújo, conseguiu no dia 14 de janeiro último, tirar cópia do processo para tentar soltar Eli Júnior. No dia 18 de janeiro último, Telismar entrou com habeas corpus no Supremo Tribunal de Justiça e no mesmo dia entrou com pedido de revogação da prisão, relaxamento e liberdade provisória junto ao TRF 1º. Mesmo com a soltura de Eli Júnior, no dia 28 de janeiro último, depois de esforço hercúleo do advogado, o processo ainda não foi resolvido. Como explicou Eli Júnior para a reportagem, na sua casa, no bairro Novo Riacho, “o processo deverá voltar para a origem para que seja identificado o verdadeiro criminoso”, só aí seu nome ficará limpo. Do contrário, se o processo for simplesmente arquivado, Eli Júnior correrá o risco de ser novamente preso. Indignação e vergonha Somente no dia 28 de janeiro último, após 17 dias preso, Eli Júnior foi solto da Penitenciária de Segurança Máxima Nelson Hungria. Ele havia feito um périplo, tendo sido preso no dia 11 de janeiro, quando foi levado para a Delegacia 6º Seccional, na cidade industrial de Contagem, seguindo depois para o CERESP Contagem, onde ficou detido do dia 12 até o dia 18 de janeiro, e finalmente levado para a Penitenciária Nelson Hungria, onde ficou do dia 19 até o dia 28 de janeiro, quando foi solto a uma e meia da madrugada. Eli Júnior se diz indignado com a confusão formada pelas autoridades: “E se eu não tivesse quem me defender? Certamente iria cumprir uma pena de 03 anos. Fui solto graças a um dos melhores advogados de Minas Gerais!” Durante o tempo em que Eli Júnior esteve preso, sua mãe, namorada e parentes ficaram em contínua e cansativa vigília. Questionado, Eli Júnior, que loca modestos imóveis de sua família no Novo Riacho, disse que os gastos com advogado e custeios deverão ficar entre 20 a 30 mil reais: “Só com xerox já foram quinhentos”, diz ele, para quem o grande prejuízo foi moral: “Fui vítima da incompetência, a mim só restou a vergonha!”
Data: 10/02/2010
Edição: 152
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Governador sanciona lei que obriga operadoras de telefonia móvel a fornecer loca

A lei nº 18721, que obri-ga as operadoras de telefonia móvel a informar, imediatamente, a localização de aparelhos celulares, a partir da solicitação de autoridades policiais, foi publicada nesta no Diário Oficial. De acordo com o autor da proposta, deputado Délio Malheiros (PV), a nova regra facilitará a localização de vítimas de crimes, como sequestro relâmpago, e de acidentes automobilísticos, entre outras aplicações. “Basta que o celular esteja ligado para que as ERBs - como são chamadas as torres de telefonia móvel - para que seja feita sua localização aproximada. Por meio da triangulação desses dados, é possível traçar o caminho de alguém que esteja sendo sequestrado, por exemplo”, explica. Délio Malheiros conta que a ideia do projeto surgiu quando entrou em um shopping e, imediatamente recebeu uma mensagem o convidando para conhecer a loja de sua operadora naquele centro comercial. “Percebi que essa tecnologia poderia ser utilizado a favor da sociedade”, completa. Durante audiência pública realizada na Assembleia para discutir a aplicação da lei, autoridades policiais foram unânimes em aprovar a iniciativa. “Tivemos a informação que a PM sempre recorre às operadoras para localizar celulares, mas a demora torna o pedido inócuo. Houve caso em que a informação só foi entregue 40 dias depois. Com a lei, as autoridades policiais terão uma nova arma contra a criminalidade”, afirma o deputado. Malheiros também ressalta a preocupação com a segurança na troca de informações entre a Polícia Militar e as operadoras de telefonia. “O projeto garante o sigilo de informações e do conteúdo das ligações telefônicas do aparelho da vítima”, reitera.
Data: 08/01/2010
Edição: 151
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Edição de Natal 2009

EDUCAR É MAIS QUE ENSINAR, É ENVOLVER-SE!
Data: 21/12/2009
Edição: 150
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
Família contagense: a gente se vê por aqui!

Data: 04/12/2009
Edição: 149
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
SEU SONHO NA MEDIDA CERTA

Móveis planejados são uma ótima opção para quem, deseja que tudo seja feito sob medida. Além da garantia de qualidade, os móveis planejados também são conhecidos por sua funcionalidade, tecnologia e elegância. A Vitória Armários vem de uma administração dinâmica e idônea, consolidando no mercado mineiro e nacional. Há 8 anos no mercado, a Vitória Armários reinaugurou seu Show Roon. As as mudanças foram feitas para alinhar o empreendimento com o posicionamento proposto e adotado. “Na área da arquitetura e decoração estar atualizado é extremamente importante”, explica Jean e complementa: “Queremos mostrar os diferenciais para o nosso público, que é exigente e aprecia o design”. As transformações ocorreram porque acreditamos na qualidade do produto que representamos e na força desta parceria de sucesso. Continuaremos trabalhando para fidelizar antigos clientes e conquistar novos”. Os produtos, incluem móveis e complementos para ambientes personalizados, direcionados para residências, empresas Vitória Armários possui uma linha completa de móveis planejados para cozinhas, dormitórios, closets, home theaters, home offices, áreas de serviço e banheiros. A marca é dirigida a um público que busca uma boa relação entre custo e benefício, com foco em projetos com design moderno e que aliem a praticidade e o bom gosto. A Vitória Armários tem um comprometimento total com seus clientes que vai muito além de produzir móveis planejados de qualidade. Na Vitória Armários, você vai encontrar produtos com design diferenciado, resultado da permanente busca da empresa de interiores. As coleções da Vitória Armários são o resultado da constante busca de seus profissionais por inovação e conforto. A empresa combina o que existe de mais recente na tecnologia mundial em fabricação de móveis com a beleza vinda de novas tendências em decoração e design de interiores. Visite o nosso Show Room tudo em até 10 vezes, comprove a qualidade, bom gosto e requinte que é o nosso forte! Aguardamos sua vista na Avenida Dr. João Augusto da Fonseca Silva, 120, no bairro Eldorado. Fones: (31) 3352-7265 / 3392-1244
Data: 17/11/2009
Edição: 148
Abrir Jornal

Visualizar Jornal
Clique aqui
 
CONTAGEM COMEMORA 98 ANOS

Edição comemorativa aos 98 anos de Contagem
Data: 01/09/2009
Edição: 145
Abrir Jornal